21 de outubro de 2021

O Selo e a cultura.

 

Queridas e queridos com a internet o volume de correspondências entre pessoas físicas diminuíram cerca de 70%, eu acho que é bem mais.


Com isso, os selos que vinham colados nos envelopes também estão se tornando raridade.


Os selos traziam informação e cultura.

O primeiro selo surgiu na Inglaterra em 1840 e no Brasil, o Olho de Boi, foi lançado em 1843.


Eu acho comunicação por cartas mais emocionante e cultural, porque existe a possibilidade de chegar até nós, uma correspondência com algum selo de outro país, ou algum selo especial para guardarmos com carinho.


Mas ainda podemos adquirir selos, os Correios continua lançando, no CorreiosNet Shopping podemos ver os lançamentos deste ano, dos anos anteriores, os comemorativos e podemos efetuar a compra se desejarmos.


E você gosta de receber cartas, coleciona selos?


Tchau,Vi

5 comentários:

  1. Lembrei dio meu pai que adorava selos. E as cartas está raríssimas.Aqui, correio chega apenas pra trazer contas. Até as compras on line, são feitas por outro tipo de serviço e sem selos... beijos, adorei as flores! chica

    ResponderExcluir
  2. Um dia, perto de uma lixeira - era criança - encontrei uma caixa com mais de 2 000 selos. Passados mais de um ano, entrei com o meu pai numa mercearia e ouvi uma mulher, que chorava enquanto falava com a senhora da mercearia ( em Alcochete ) a dizer que o marido estava doente porque tinha extraviado a sua caixa de selos. Eu tinha 11 anos. Perguntei à senhora como era a caixa. Ela disse-me como era. Fui a casa e no dia seguinte fui à loja entregar a caixa com os selos à senhora e ao marido que estava presente. Comnpraram-me um chocolate que era coisa que eu pouco ( ou nada ) comia, lol. Lembrei-me agora apenas isso.
    .
    Saudações poéticas.
    .
    Pensamentos e Devaneios Poéticos
    .

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Receber uma carta era um gosto, uma alegria!
    Eu vivo nas ilhas dos Açores, há décadas atrás eram muitas as famílias que emigravam para a América do norte e Canadá à procura de uma vida melhor.
    Então havia muito o hábito da correspondência por carta com os familiares que ficavam cá. Principalnente pelo Natal enviavam postais a desejar boas festas e feliz ano novo, com dollas.
    Ainda hoje em dia, tenho uma amiga de infância que todos os anos pelo Natal envia-me um postal, foto da família dela e notas de dinheiro também, é um gesto de carinho que sinto que ela tem por mim.

    Gostei muito desta publicação!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  4. Para quem faz coleção é uma preciosidade! :)

    -
    Tu, eu, e a nossa cumplicidade (da mana)
    -
    Beijos, e uma excelente noite :)
    .
    https://duasirmasmaduras.blogspot.com/
    .
    Apresento-vos um blogue da minha mana mais nova que se iniciou na escrita. Blogue onde também escrevo, para ela. Visitem, sigam e linkem. Obrigada

    ResponderExcluir
  5. Eu sempre fui de escrever muitas cartas, o jeito para se comunicar com meus parentes.
    Adorava.
    Cheguei a colecionar selos que depois de um tempo foi doado.
    Ainda tenho algumas bem guardadas do marido quando viajava e ficava meses ausente,
    e algumas da minha mamis.

    Adorei seu carinho e recado no meu blog, mas me chamou de Chica kkkkkkk
    Abraços e belo fim de semana!

    ResponderExcluir

Se você soubesse o quanto nos deixa feliz com suas palavras ,falaria mooooito mais !!!

Se você deixou um comentário e nós ainda não respondemos, não fique chateado, ás vezes demora, mas a gente chega lá !!!
Bjus 1000.

Subir