10 de agosto de 2021

Pinturas da Pandemia


Quem nessa pandemia (que dura uma eternidade) não se viu tentado a mudar alguma parede da casa ?

Principalmente quem realmente ficou recluso e as paredes eram a única coisa que os olhos alcançavam.

No começo, eu vi muita gente falando que as pessoas estavam exagerando nas modificações, que era cafona, brega (e hoje em dia "crinje", rsrsrs) mas eu acho que era uma forma de extravasar esse sentimento ruim que estamos carregando.

Claro, no começo quando as pessoas ainda estavam "desinformadas" e achamos que quarentena durava -quarenta dias- foi um auê, todo mundo fazendo pão, pintando parede, inventando mil e uma utilidade para tudo o que antes passava despercebido.

Mas a quarentena já vai para dois anos e o máximo que nossos olhos alcançam são o mercado e a farmácia (os meus pelo menos só vão nesses lugares #saudades25demarço).

Confesso que no começo fiquei meio que em transe. Zero criatividade, zero vontade de mexer em qualquer coisa. Até porque a coisa tava tão horrorosa (não que estejamos muito melhores hoje, mas já brota uma esperança com as pessoas sendo vacinadas) que meu pensamento era :
-Nem vou mexer muito, vai que eu me acidento e preciso ir para o pronto-sococrro ? Sim, eu pensava desse jeito, me julgue .


Mas é claro que não escapei de fazer umas mudancinhas aqui e acolá.

Pintei esse portal bem na entrada de casa. Um nada de tinta e deu um upgrade de renovação.

Eu gostei bastante e estou querendo fazer uma intervenção mais ousada no meu quarto, mas confesso que ainda não estou com a capacidade criativa no meu melhor momento.

E você ? Fez muitas intervenções, ou ficou mais quietinho, só esperando essa pandemia passar para recomeçar a vida ?


Bjus 1000

Lia

7 comentários:

  1. Gurias, essa pandemia nos fez fazer de tudo...Imagino vocês que, normalmente já fazem... Linda pintura,ficou tri! E estamos ainda esperando o fim dessa pandemia, de verdade... beijos, linda semana,chica

    ResponderExcluir
  2. Elogiável a sua pintura da quarentena. Um trabalho sublime sem dúvida alguma.
    .
    Feliz semana. Cumprimentos
    .
    Pensamentos e Devaneios Poéticos
    .

    ResponderExcluir
  3. Por aqui foi exatamente assim que as coisas ocorreram, no começo muitas ideias e depois o desanimo foi pegando...A única coisa que terminei foi um banco, que por sinal ficou feio, mas serve para sentar. Comecei um robozinho de madeira que sempre que abro o armário me fala: -Ei, quando vai me terminar?!
    Em novembro até fui na zona cerealista, estou esperando a 2ª dose para ir de novo, dependendo de como a coisa estiver...
    Também tive e tenho medo de ter que ir à hospital e até na UBS, exames de rotina tudo atrasado por aqui, pegar ônibus só para ir na casa da minha mãe (ainda sem abraços, com máscara e trocando de roupa qdo chego).
    Estamos neuróticas? :D

    Ficou bem bacana esse hall, deu um ar de pousada aconchegante!
    Abraço, Pepa!

    ResponderExcluir
  4. Quem não inventou alguma mudança em casa, ou pelo menos tentou.
    Também pensei como tu, vai que eu precise ir para um pronto socorro..me aquietei, mas fiquei
    nas agulhas, tricô crochê, arranjos. Agora estou tentando melhorar o visual do meu ap.
    Mas bem devagar, sem pressa, ainda temos tempo até tudo voltar ao normal de fato....louca para sair do casulo, viajar, botar os bichos para fora!
    desejo :pisar na água do mar.
    Achei lindo, e esses corações de madeira? minha paixão.

    Bjsss

    ResponderExcluir
  5. Lia,
    Eu entrei no olho do furacão quando começou a coisa. Espanha, vizinha da Italia, nem te conto.No trabalho em 3 dias nos mandaram teletrabalhar.Eu improvisei no quarto do filho mais velho que tava vazio imaginando ficar me casa 15 dias...rsrs...Que ingênua. Depois como a coisa não ia,continuei teletrabalhando por mais de um ano,tive que reformar o quarto inteiro e adaptar. Mas no começo dei um baixão total, como se tivesse anestesiada, acho que nem raciocínio tinha muito. Natal passado eu tava com espírito de Grinch. Esse ano que estou animado a mexer e voltar uns projetinhos, mas ainda lenta que só.Besitos e tenha uma semana abençoada

    ResponderExcluir
  6. Me perdi um tanto nesse tempo. Pararam as aulas de costura, as encomendas ficaram escassas e com falta de material, medo inicial de sair e encontrar o vírus ali na esquina.
    Agora vacinada, hora de cuidar da saúde e ir recomeçando passo a passo.
    Tempo doido, tempo de se perder e se achar, valorizar o básico e o carinho das amigas!
    Suas pinturas adoçam os olhos e dão comichão nas mãos, adoro!
    Beijinhos

    ResponderExcluir

Se você soubesse o quanto nos deixa feliz com suas palavras ,falaria mooooito mais !!!

Se você deixou um comentário e nós ainda não respondemos, não fique chateado, ás vezes demora, mas a gente chega lá !!!
Bjus 1000.

Subir