domingo, 13 de agosto de 2017

Ah, vá lavar uma louça !! E não esqueça das panelas...


O Apartment therapy é um daqueles sites de casas maneiras espalhados pelo mundo... e quando vi essa foto fiquem bem satisfeita..., até postei no meu IG.


Porque outro dia estava vendo um vídeo de uma menina lá de fora, ela estava ensinando um prato e uma das panelas dela estava igual essa da foto, pois se vocês vissem o tanto de comentários maldosos com respeito ás panelas da moça, chegava a parecer que ela tinha uma falha séria de caráter...

Até de porca ela foi chamada ( se bem, que não concordo em sempre que alguém quer dizer que o o outro é sujinho é porco... porco é um animal muito limpinho, srrsrs)

Daí me peguei pensando que estamos vivendo num mundo muito louco. As pessoas ficam caçando "defeitos " para poderem te atacar.

Se você fala sobre a cultura da magreza :

- Ahhh, mas é porque você é gorda... tá falando isso porque não consegue ser magra...

Se você fala sobre a ditadura de beleza e sobre o exagero das intervenções cirúrgicas :

-Ahhh, mas é porque você não tem dinheiro pra fazer, senão faria igual... ou 

- Só porque você é feia, fica atacando quem quer ficar linda...

Ou seja, estamos vivendo num mundo onde falar o que você pensa sobre certos assuntos te torna instantaneamente um invejoso e recalcado...

Essa onda de que a nossa casa tem que ser perfeita, que tudo tem que ficar brilhando, é uma das que me irrita bastante, e não pense que minha casinha não vive nos trinques.

Mas a casa não é minha prioridade. E não pode ser um fogão tinindo, ou uma pia sem louça que me faça uma mulher especial.

Ainnnn, mas quem disse isso ?

Quem tem a pachorra de criticar alguém por suas panelas ariadas ou não !

Gente, que vazio é esse que as pessoas tem ?

É sério que tem alguém que passe o dia lustrando, polindo, ariando, passando, lavando ?

Outro dia fui na aba explorar do IG e me senti num mundo paralelo... muitos IGs que só falavam sobre isso. Só fotos de mulheres polindo, lustrando, arrumando armários...

E talvez sejam essas que vão num video bacanudo como o da gringa com a panela "craquenta" e dizem toda uma série de insultos.

Mas pense comigo : A menina tá produzindo conteúdo, ela domina aquela receita. O que tem demais uma panela sem brilho ? (ou uma dúzia delas ?)

E o pior, eram mulheres que estavam nos comentários malhando a menina.

Ou seja, se as pessoas não estão dentro do meu padrão, que se dane se ela é uma menina batalhadora, lutando pelo seu espaço num mundo como o Youtube, bora malhar ela, afinal ela deveria se conformar e ariar panelas, é o que tem pra mim e é o que "TEM" que ter pra ela também.

Mas graças a Deus, as minhas amigas não pensam assim !!!

Espia os comentários baphônicos de mulheres que são mais que meros detalhes...



É por causa desses comentários que eu me vi num mundo paralelo quando abri a aba explorar.

As mulheres que convivo não são assim, nós ariamos panelas ? Sim, (mas não todas, rsrsrsrs) mas nossa vida não é isso .

Temos tantas coisas melhores pra fazer, inclusive deitar de pernas pro ar , como a @sandsampaio... em pleno século 21, não dá pra ficar seguindo padrões como uma manada. Tem gente que deixa de viver, só pra ter  a casa brilhando.

Ou deixa de viver porque não tem um corpo adequado, não tem uma beleza extraordinária...

Pare. Apenas pare !! E comece deixando algumas panelas sem ariar, pra te mostrar que nem tudo pode ser perfeito !!!


Bjus 1000  

26 comentários:

  1. Higiene é muito bom, asseio, limpeza, organização, mas neurose não. como eu te disse no facebook: eu tenho HORROR de gente q diz: minhas panelas brilham como um espelho. ah, vá! eu tenho uma dúzia de espelhos em casa. quando a panela fica horrorosa, lixo.

    ResponderExcluir
  2. Pepa, você me representa!!!!!
    Sou chatinha com a casa e a cozinha, mas não me mato por ela, tento fazer o meu melhor, mas não fico com meus braços doendo pra deixar algo brilhando, até porque a idade tá chegando e a tendinite atacando...mas, tem pessoas que só se importam em criticar as outras, e isso tem sido muito comum nas redes sociais, infelizmente.

    ResponderExcluir
  3. A casa fica, meu filho cresce, eu envelheço, meu marido tb. Se eu tirar pó, ataca asma, se eu fizer esforço ataca as dores do corpo, aí vem remédio q ataca a gastrite, que ataca o diabetes. Vou ser feliz com minha família. A internet, infelizmente, é uma porta para pessoas ignorantes no sentido de falta de conhecimento e total falta de educação falarem o que quiserem, usando apenas o teclado e ás mãos, não passando pelo cérebro

    ResponderExcluir
  4. Concordo com tudo o que disse. Gosto da minha casa faxinada kkk. Mas se não deu pra fazer? Não Morro por isso não, já morri, kkk. Mas hoje minha prioridades são outras

    ResponderExcluir
  5. Que alívio, né? Ai, Pepa, gente como a gente!!!
    Agora, vê se vou deixar de bater aquele papo com meus netos, enquanto levo um ao futsal e outra ao curso de inglês, ou quando apenas deitamos na cama para cosquinhas, beijos, fofocas, assistir a séries, essas coisas, para ariar panelas? Nunca, nunquinha!!!
    Li, no comentário de alguém em uma página por aí, que a pessoa limpava o porcelanato branco de sua casa... três vezes ao dia!!! Como? Não vive?
    Deus abençoa a essas criaturas tão impecáveis!!! E abençoa a nós também!!!
    Bjsssssssssssssssssss, quérida!!!

    ResponderExcluir
  6. Eu sou uma otima dona de casa, mas dai a ter as panelas brilhando, é demais. Primeiro porque sou alergica a palha de aço e não uso mesmo, depois porque acho que tem coisa mais importante que isso na vida. Foi-se o tempo em que tudo tinha que ser perfeito para eu me sentir bem. Agora me sinto bem e sei que minha casa está sempre limpa, roupa lavada (e bem) e comida feitinha na hora. O tempo está indo rápido demais e tenho que pensar nas minhas amigas da net rsrsrs. A vida não se resume em só limpar, se resume em viver. Vamos lá gente, se a moça ensinou uma receita legal, aproveite e vá cuidar de sua vida. Bjus a todas.

    ResponderExcluir
  7. Adorei! Verdade, verdadeira...
    Faço aqui em casa o que posso no tempo que e vontade que me é permitido...e só!
    Não tenho costume de ariar e confesso que as vezes fico com uma leve vergonha de colocar as panelas na mesa kkkkkk. Paciencia!
    Beijos meninas...estou aqui lendo seus posts com minha mãe e ela está amando os assuntos!
    CamomilaRosa

    ResponderExcluir
  8. Eu tenho uma casa limpa arrumada e organizada, como dizia minha mãe não fico com vergonha de receber ninguém em minha casa,graças a um conselho que recebi a anos atrás do pediatra do meu filho, que me disse assim,( mãe poeira assentada não dá alergia e a limpeza Deus amou mas a sujeira nunca matou ninguém), mandei a neura embora e vivo feliz, há e quanto o brilho das panelas rsrsr comprei panelas de inox é um brilho só rsrsrsrs...

    ResponderExcluir
  9. Se alguem vier em casa e achar que minhas panelinhas de 26 anos (ganhei no casamento), estao sem brilho e sei la mais o que, que vá brigar com meu marido, ele é que lava a louça....

    ResponderExcluir
  10. Adorei seu post... mas confesso: eu areio as panelas!!! Elas brilham, mas são cheias de "catapora" porque não seco louça. Eu fico perdida quando seco louça. Fico zonza do ir e vir.. então eu deixo e no outro dia guardo.
    Areio as panelas porque minha mãe me ensinou assim, então não consigo fazer de outro jeito... mas penso que, se ela estivesse viva, iria "morrer" ao ver suas panelinhas todas com a famosa "catapora". rsrsrs
    Já a casa, estou em uma fase em que me perdi, não saio do lugar... preciso urgente me reencontrar!!

    ResponderExcluir
  11. Vou começar a semana me achando mais normal que nunca! Coisa boa ler idéias como essas, tanto do post quanto dos comentários! O quanto as pessoas andam cuidando a cara das panelas dos outros é algo que muito me preocupa (e me enoja): sempre acho que tão catando sujeira nos outros pra disfarçar a própria. Gosto daqui! me sinto entre gente franca, que cuida de si e expressa o seu melhor, ponto!

    ResponderExcluir
  12. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  13. hahahaha, como sempre, adorei ler por aqui :)
    ando meio "xatiada" com minha casa, pois não consigo mais dar atenção pra ela, como gostaria... mas NUNCA fui extrema com nada disso
    bora viveeeeer!
    bjooooo

    ResponderExcluir
  14. Sempre ouvi dizer que panela velha que é a boa. Precisa ver a frigideira que minha irmã faz delícias. Parece uma baleia cheia de cracas kkkk
    Francamente, ela tem que ser limoa, limpa significa higiene, as reluzentes ou não cozinham nada ou tem uma escrava para lustrar.
    Bj

    ResponderExcluir
  15. Pepa
    O dia mais triste, qye muito me traumatizou, terrível foi quando uma empregada pegou uma panela q eu deixei ficar preta por fora
    (foi há muito tempo). Foi um trabalho árduo deixá -lá assim. Minha sogra tinha uma bem velha.
    Mas, Lia, o bife ficava divino!!!
    Como o da minha sogra.
    Até hoje meu marido ri da minha cara!
    Sou cuidadosa. Gosto de limpeza.
    Mas acho que quem se preocupa com demais com todos esses pontos que você comentou. Vejo pessoas qud deveriam dar mais beijo na boca! rsrsrs
    Esses críticos de plantão são verdadeiras idiotas.
    Infelizes.
    Que é feliz não vive nas redes sociais a se fazer de maravilhosa.
    Quem é bom__ o é!
    Ah, vá!

    ResponderExcluir
  16. Perfeitamente assim.
    Polida tem que ser nossa alma. Brilhando tem que ser os olhos de quem amamos.
    Então, que a falta de polimento seja nas panelas e não nas pessoas.
    Beijos e 👏👏👏👏👏 pra vocês.

    ResponderExcluir
  17. Ah... Sou avessa à convenções, à regras...
    As pessoas criticam por tudo! Senhor! Infelizmente, estamos vivendo num mundo hipócrita. Onde a sociedade impõe regras e ela mesma não as cumpre. Va entender! Vamos parar de ariar panelas e viver! Bjs pra vcs

    ResponderExcluir
  18. Eu super me identifico com as postagens de vocês, sempre carregados de verdade, simplicidade e vida de verdade. Eu vivia me cobrando para ter uma casa impecável de limpa, principalmente quando minha filha nasceu, mas aos poucos eu fui ficando cada vez mais frustrada por não conseguir dar conta de tudo, parecia que carregava o mundo nas minhas costas sozinha, não foi nada fácil... Até que aos pouco eu tive que enxergar a realidade e aceitar que não sou perfeita, que tenho trabalhar as prioridade e saber os meus limites... Enfim, depois disso as coisas ficaram um pouco mais leves, ainda me cobro, acho que é normal, mas não fico naquela paranoia de perfeição. :D

    ResponderExcluir
  19. Amei o post! Já fui mais dura comigo mesma em relação a limpeza, gosto de tudo arrumadinho e limpinho, mas aprendi como manter minha casa assim sem me matar. Tudo na vida tem que ser dosado. Minhas panelas? sem brilho nenhum rsrs...elas foram feitas para cozinhar, quem tem que brilhar sou eu, tenho que estar bem, bonita e alegre para cuidar da minha família. Bjs e ótima semana.

    ResponderExcluir
  20. Que texto show, adorei. Meninas vocês arrasam, e como outras disseram acima vocês passam a nossa realidade sem mimimimi.
    Eu estou casada há quase 10 anos, mas somente vim a ser dona de casa há 4 anos, pois antes sempre tive quem me ajudasse por conta de uma carga horária de trabalho de no mínimo 12 horas. Mas aí tudo mudou ou melhor tive que mudar, e posso te dizer que ficou muito muito melhor. Tenho 2 filhos pequenos (6 e 4 anos ) e no inicio recolhia brinquedos pela casa o dia inteiro e ainda tive que ouvir que minha casa era uma bagunça que parecia um playground, ficava estressada e triste pois nunca dava conta de tudo e as críticas sempre me abalavam demais, até que um dia em que estava em um daqueles dias kkkkk ao receber mais uma crítica sobre os brinquedos respondi que se a pessoa vinha a minha casa para reparar os brinquedos espalhados que fosse melhor não vir pois com duas crianças pequenas em apartamento era inevitável tê-los pela casa e quanto as outras rotinas e não iria deixar brincar com eles ou de sair com meu marido e filhos porque não havia lavado a louça do café da manhã,ou porque era o "dia de lavar roupas" afff tem mesmo que existir um dia para cada coisa? rotina sempre é bom, ela nos ajuda ainda mais com crianças pequenas, mas ela foi feita para nos ajudar e não para nos aprisionar. A vida passa muito rápido.
    Hoje me cobro menos pois entendi que nunca atingirei as metas dos outros, a minha está ok pois sei que estou dando o meu melhor e sinceramente é isso o que importa, tenho uma pessoa que faz uma faxina daquelas 1 vez por mês e eu vou mantendo, os meninos já tem suas tarefas e dentre elas está guardar os brinquedos e arrumar suas camas ao levantarem ( isso eu aprendi quando criança também) trabalho fora 2 vezes por semana e nesses dias o marido dá conta da rotina deles, confesso que ele só executa o que está no roteiro, mas como tem um poster que anda rolando por aí FEITO É MELHOR QUE PERFEITO,adoroooooo pois muitas vezes impedimos as pessoas de fazer algo por achar que não está do nosso jeito e eles se fazem disso para não fazer, mas é aí que está a graça, permita-se. Chega de sofrer pelas panelas não areadas, pela louça na pia, pelo chão não encerado ( será que ainda existe kkkk quem se lembra das enceradeiras???) das roupas que hoje decidimos não mais passar ( minha mãe passava tudoooooo) Parafraseando a Vi, Bem vou ficando por aqui, muito obrigada por compartilhar suas ideias.

    ResponderExcluir
  21. Se minha vida resumisse em panelas ariadas eu tô na roça..rsrs.
    Beijuuss..adorei a postagem

    ResponderExcluir
  22. Oi Lia, bt!
    Tem gente que a língua fica coçando se não malhar alguém. É triste, mas é verdade e dá até pena pq isso parece ser uma doença né?
    Bjsss e bjsss p/Vi

    ResponderExcluir
  23. Por um mundo com menos panelas ariadas e mais vidas reluzentes! Partiu brilhar, purpurinar,refletir alegrias, respeito ao próximo, compaixão, solidariedade...

    ResponderExcluir
  24. Novamente: Você fala e eu me identifico tanto...
    Sabe, fico pensando se é verdade aquelas fotos que elas colocam no instagram! kkkkkkk Não será um pedacinho do armário arrumado e o restante está uma zona total??? Porque não é possível que a pessoa tenha como realização pessoal a pia "plim" e o fogão "plim" e o armário "plim"... Affffff!!!!!! Esse "plim" me irrita um pouco... rsrsrs
    Minha casa é arrumada, mas como você disse, não é o foco da minha vida, não dá pra viver e ter como meta a panela areada e o banheiro lavado todo dia... A vida é mais que isso!
    Foi muito bom ler sua postagem, porque senão a gente fica se sentindo em outro mundo e algumas vezes dá até um medinho, tipo: Ai meu Deus elas são tão Amélias, será que sou "meia boca"? kkkkk E o seu post faz com que cheguemos a conclusão de que: Não somos "meia boca", somos normais!!!!
    Beijinhos meninas, fiquem com Deus!

    ResponderExcluir
  25. Pepa, eu vi um monte de comentários aí pra cima gigantes, muita gente desabafando, então me senti encorajada e vou me abrir também: Dizem que eu tenho mania de limpeza e realmente eu devo ter, confesso. Eu consigo ver manchinhas e sujeiras, encardidos e crostinhas que ninguém mais vê e isso me faz sofrer. Eu sofro duas vezes, sofro porque não consigo limpar e sofro porque não consigo falar pra minha funcionária limpar. Consequência: aos finais de semana e nas minhas férias eu me mato de tanto trabalhar, limpar e desencardir; deixo de dar atenção ao meus filhos e maridos. Outro dia meu marido disse que ia mandar fazer uma sala vitrine pra mim... Aff eu não gosto de ser assim, queria ser mais relax.
    Mas fiquei muito feliz com o seu post, porque, mesmo a contra gosto, eu me identifiquei com aquelas panelas encardidinhas, semelhantes às minhas. Também fico incomodada com aquelas panelas branquinhas, que parecem quem nunca foram usadas.
    ai, falei demais, né!?
    bjk

    ResponderExcluir
  26. Concordo plenamente com vc. Aliás, amo seus textos. Resumo do que penso: limpeza sim, obsessão nunca! Bjs

    ResponderExcluir

Se você soubesse o quanto nos deixa feliz com suas palavras ,falaria mooooito mais !!!

Se você deixou um comentário e nós ainda não respondemos, não fique chateado, ás vezes demora, mas a gente chega lá !!!
Bjus 1000.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Voltar ao topo