quinta-feira, 27 de outubro de 2016

Haters, como surgiram?

Oi girls and boys, Vi, escrevendo ..

Queridas e queridos existe uma expressão no meio virtual para se referir a pessoas que fazem comentários maldosos, perseguem pessoas falando coisas horríveis, muitas das vezes inventando calúnias, falando meias verdades e muitas vezes destruindo a outra pessoa.

São os haters que significa entre outras coisas negativas: os odiadores, os que odeiam, claro que tem os que procuram amenizar a expressão para infelizes.

Se bem que uma coisa puxa a outra, todo que odeia é infeliz e é invejoso também.



Muitas vezes somos levados acreditar que os haters surgiram recentemente, fruto da modernidade.
Mas não, o primeiro hater conhecido foi Caim.

Isso mesmo, o Caim da bíblia.

Minha mãe afirmava que  a humanidade sempre foi violenta, pois no começo eram 4 pessoas e uma delas assassinou o irmão (crime bárbaro), poderíamos dizer que 25% da população lá no inicio já era violenta.

O que levou Caim matar o irmão?
O que leva um hater perseguir alguém virtualmente, infernizar a vida do outro?

Inveja é um dos motivos.




Caim invejava a intimidade espiritual que Abel tinha com Deus.

Para exemplificar o que era essa intimidade, imagine quem tem um marido ou esposa, atencioso, dedicado, que faz tudo para agradar, procura até adivinhar seus pensamentos e imagine quem tem a infelicidade de ter um cônjuge que não dá atenção, pouco se importa com o bem estar do parceiro; nos dois casos existe um casamento, mas só no primeiro existe intimidade.

Obviamente que Deus se agradava de Abel e Caim invés de mudar seu comportamento, porque mudança envolve esforço pessoal, preferia invejar o irmão.



Deus viu o sentimento ruim que Caim nutria em seu coração, tanto que o aconselhou: seu desejo será contra ti, cabe a ti domina-lo.

Caim não dominou seu sentimento ruim, mas deu vazão e odiou tão profundamente o irmão que o assassinou.

Dia desses vi um anúncio lá no Face de tintura de cabelo, cujas as protagonistas eram Ivete Sangalo e Sabrina Sato, era sobre um concurso, como tinham poucas informações fui ler os comentários.

E li tantos comentários de ódio, sobre as artistas, sobre a tintura, sobre as pessoas que ousavam defender os artistas, que preferi esconder aquela publicação para não me contaminar com aquele ódio todo.




Teve o caso da Paula Fernandes com o Bocelli, creio que a gosto musical é algo pessoal, podemos gostar ou não de um artista, mas devemos sempre limitar nosso comportamento no que é moralmente correto, incitar o ódio, alimentar sentimentos de ódio não é moralmente correto.

Certos comportamentos visto por alguém imparcial, leva a pensar o quanto quem faz tais comentários é invejoso e cruel.

E deixa eu dizer uma realidade, muitos homens adoram a Paula Fernandes, faz parte do fetiche masculino (mesmo que eles neguem, para não arrumarem confusão com as mulheres) assim como adoravam a Gretchen, que nunca foi uma cantora, mas fez sucesso tremendo na década de 80.



O pior de tudo isso, é que o ódio contamina, se a gente começa ficar muito tempo vendo aqueles comentários cheios de ódio, não demora muito para nós estarmos fazendo comentários maldosos e sentindo prazer em ter tal comportamento, até porque logo aparece alguém para elogiar a coragem do hater, para maldade sempre arrumamos companheiros e elogios.

O hater não é corajoso, é um covarde, não lutou para vencer a si mesmo, dominando o lado "negro da força", mas deu vazão ao que existe pior dentro dele, porque era mais facil; perdeu a batalha antes de lutar, é um derrotado.



Devemos tomar o conselho que Deus deu a Caim, para nós, e dominar nossos desejos maus para podermos viver feliz e em paz.

Obs: Recentemente o Twiter que está á venda, perdeu alguns compradores em potencial e teve queda das ações, por causa dos haters, ter uma marca associada a uma mídia social que permite comentários de ódio não dá lucro.


Vou me despedindo de vocês
Obrigada pelo carinho e Atenção ..

 muitos beijos ..
Meu carinho para vocês:

Tchau,Vi

16 comentários:

  1. Vi você é uma bênção, fala de uma maneira tão leve de temas tão pesados. Seu texto explica claramente e melhor coloca em palavras o que sentimos mas as vezes não conseguimos dizer. Dom de Deus! Amei

    ResponderExcluir
  2. Oi Vi muito interessante o post gostei, beijokas pra ti e pra Pepa!

    ResponderExcluir
  3. Adorei seu texto. Pior que existem pessoas capazes de defender esses haters. Está na moda negar a existência do mal, enxergando só o bem nas pessoas. Para isso alegam que quem comporta-se dessa maneira não deve ser criticado - precisa ser compreendido, perdoado e amado.

    ResponderExcluir
  4. Oi Vi!
    Amei o post. Eu fico muito indignada com esse tipo de comportamento e mais ainda em ver que tanta gente que se diz do "bem" compartilha essas idiotices. Vai entender isso né?
    Bjssss e uma linda tarde p/vcs

    ResponderExcluir
  5. Olá Vi! Realmente, o retrospecto que você fez me levou a refletir. Hoje, principalmente nas redes sociais a intolerância impera. Quanto a ocultar publicações que destilam ou incitam o ódio alheio, também faço isto.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Olá Vi! Realmente, o retrospecto que você fez me levou a refletir. Hoje, principalmente nas redes sociais a intolerância impera. Quanto a ocultar publicações que destilam ou incitam o ódio alheio, também faço isto.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Concordando e refletindo...
    Beijão Vi!!

    ResponderExcluir
  8. Oi boa noite adorei o texto beijos Eliane Lima.

    ResponderExcluir
  9. Espetáculo de texto! Sabe Vi, ultimamente ando me policiando no seguinte sentido: tenho algo bom para falar de determinada pessoa? Se sim, falo, elogio. Se não, calo a boca. Acho que estou me sentindo bem melhor. Pra que falar dos outros, daquilo que não concordamos? As vezes esculhambar? É isso mesmo que vc disse, inveja. E das brabas. Um bj minhas lindas.

    ResponderExcluir
  10. Sempre fico "passada" ao ler ou ouvir comentários destrutivos ou pejorativos porque realmente me admira saber que existem pessoas com tempo ocioso a ponto de 'gastá-lo' com esse tipo de comportamento. Tempo é algo que eu não tenho. Por isso meu tempo é valoroso demais e jamais usaria para produzir algo negativo - seja crítica, seja o que for.

    ResponderExcluir
  11. Amo o seus textos, sempre muito bons. Incrível que não se pode criar mais nada né?
    Tudo se copia, rsrs. Neste caso infelizmente, crime entre irmãos, lembrando que os inimigos podem estar dentro das nossas casa. A inveja, o que falar dela? O próprio Deus foi invejado também. Um Anjo o invejou, e levou um terço do céu com ele. Precisamos nos policiar para não nos deixar levar por ela.
    Deus abençoe ricamente. Bjus. Rose.

    ResponderExcluir
  12. Isso é uma tremenda verdade, seja na vida real ou virtual existe gente pra hatear a vida a vida alheia com o único propósito de destruir humilhar e ter prazer em ver o outro inferiorizado...AS PESSOAS SÃO CRUÉIS...por essas e outras que eu sou temerosa nesse mundo virtual,por isso que no meu bloguinho procuro ter cuidado e tento não me expor muito e devo confessar que morro de medo de gravar video para o youtube e virar alvo desses desgraçados... eu tenho esse desejo de ter meu canal e tals mas como bem disse Deus...."o teu desejo pode se virar contra ti" hehehehe.... amei o post, como sempre né? hahah

    ResponderExcluir
  13. Eu não "hate" vocês. Pelo contrário. Gosto muito! Bjinho meninas.

    ResponderExcluir
  14. Valeu Vi.......informação das boas.....amei......pois era ignorante no assunto.......agora não mais.......bjks.

    ResponderExcluir
  15. Nossa, nunca tinha pensado dessa maneira, 25% da humanidade violenta e invejosa ainda no começo de tudo...Caim morreu ,mas é triste saber que muitos herdaram a maldade e a inveja do seu coração....

    ResponderExcluir

Se você soubesse o quanto nos deixa feliz com suas palavras ,falaria mooooito mais !!!

Se você deixou um comentário e nós ainda não respondemos, não fique chateado, ás vezes demora, mas a gente chega lá !!!
Bjus 1000.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Voltar ao topo