quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

O medo que habita em nós.

Oi Girls and boys, Vi, escrevendo..

Queridas e queridos sempre convivi com o medo, tanta intimidade com ele, que as vezes chego ficar depressiva.
Quando a gente é criança somos guiadas por emoções, sensações e para ajudar nessa "receita" tinha uma avó, que falava que todo mundo era o bicho papão.

Pinterest
Tinha medo de dormir e ter pesadelos, tinha medo de ficar acordada e ver sei lá oquê.
Tinha medo do escuro, tinha medo de ver algo sobrenatural..
Existe algo sobrenatural?

Existe, mas, eu não vi..kkkkkkkk

Meu amigo Shakespeare. (amigo imaginário) dizia: Há mais coisas entre o céu e a terra do que pode imaginar nossa vã filosofia.

Estava certíssimo, pois a ciência, não conseguiu explicar tudo, e nem o padre Quevedo.

Existem muitos tipos de medo.

Pinterest
Outro dia assistia um vídeo de um americano explicando porque o Trump se elegeu presidente, ele estava no meio de uma discussão com pessoas que protestavam contra o Trump.

Achei muito interessante a explicação, ele disse, vocês não deixaram nós reclamarmos do Obama, nós não podíamos reclamar de nada, que éramos massacrados por vocês, ficamos calados por medo, mas nas urnas não precisamos ter medo, podemos expressar nossa insatisfação.

Outro vídeo interessante que assisti, foi de um politico dizendo que não podiam deixar o politico adversário dele (e das ideias dele), falar, tinham que fazer ele se calar.

Esse politico adversário tem conquistado muitos adeptos, porque muitas pessoas, assim como ele, são obrigadas a se silenciar, não podem expressar sua opinião, então surge um elo invisível entre os oprimidos (censurados), a tal solidariedade.

Pinterest
Vou dar minha opinião honesta, tem coisa que parece seita religiosa, esse negócio de adorar politico, ficar defendendo politico de esquerda ou de direita dá nos nervos, até eu já estava pegando um avião para votar nos EUA.

Tem gente que fica orgulhosa quando sabe que alguém tem medo dela, ela se sente poderosa.

Mas o medo não é sinônimo de covardia, o medo muitas vezes serve de estimulo para construir pessoas mais fortes e mais resistentes.

Pinterest

O medo pode ser perigoso, todos animais acuados, com medo, atacam.

Com uma sociedade tão violenta é quase impossível dizer que não tem medo de nada.

Somos assediados pelo medo, e muitas vezes isso causa stress emocional que existem pessoas que precisam de ajuda médica e até tomar remédios para ter uma melhora na qualidade de vida.

E você, tem medo?
Do que você tem medo?

Vou me despedindo de vocês
Obrigada pelo carinho e Atenção ..
 muitos beijos ..
Meu carinho para vocês:
Pinterest

Tchau,Vi

20 comentários:

  1. Lindo texto,Vi!

    Todos temos mesos...Os da infância ficaram pra trás..Os do presente, bem reais, piores muitas vezes: da insegurança, dor rumos que o país está vivendo e também do poder nas mãos de loucos como vivemos aqui e lá!!

    bjs, lindo dia!chica

    ResponderExcluir
  2. Oi bom dia meninas bom para explicar vou contar uma pequena história real.
    Eu hoje em dia só tenho um medo da morte das pessoas que amo pois perdi minha mãe com dois anos de idade e desde está data perdi muitas pessoas que amava e ainda amo e sinto falta.
    Mas com a morte dela fui criada por uma tia e com ela e a vida aprendi que tinha que ser forte vencer na vida e para isto não tinha lugar para medos tinha que seguir em frente e com 16 anos ela morreu e meu mundo desabou.
    Aí tive que ser mais forte ainda é os poucos medos que tinha sumiram. Só continua o medo dá perda por morte das pessoas que amo beijos Eliane Lima

    ResponderExcluir
  3. Bela matéria, nunca tinha pensado assim, ainda não conheci alguém sem medo.
    Aqui minhas filhas tem medo de bichinhos voadores, bichos de luz...e lá no mato tem muitooo...medos bobos. Medo eu tinha do meu pai....kkk era mto enérgico, mas passou.
    Meus medos, tomar choque,(pavor) explicando uma vez com 13 anos fui a escola debaixo de um temporal , caiu uma faísca de raio nos fios de alta tenção e alguns fios sobre a minha sombrinha fiquei desacordada.
    Hoje em dia temo pelos assaltos!

    Mas a plaquinha ficou mto legal! bjsss

    ResponderExcluir
  4. OI, Vi! Tenho medo da falta de limite das pessoas, em todas as suas nuances...
    Beijos, Ana

    ResponderExcluir
  5. Medo? Muitos. Medo de nao dar conta das coisas, medo de tocar o telefone e ser uma noticia ruim....

    ResponderExcluir
  6. Oi Vi,tive e tenhontantos medos! Mas agora, qdo percebo que o medo está passando dos limites, oro e coloco nas poderosas mãos de Deus e me aquietou. Só Ele pode nos dar paz, porque já vivi tantos medos que tinha e , graças a Deus, consegui superar! É a vida, né? Bjão. ❤��❤

    ResponderExcluir
  7. Oi Vi!! Fui ua criança muito medrosa: tinha medo de espíritos, medo de estranhos, medo de ficar sozinha. Hj tenho medo da violência, de assaltos, mas nada que me impeça de viver!!!

    ResponderExcluir
  8. Tenho medo(s)... Não vai dar pra listar aqui porque vai ficar muito extenso kkkk. Mas é verdade, eu particularmente, tenho medo de (quase)tudo. Medo de dirigir, medo de sofre, medo, medo, medo. Até certo ponto é saudável, mas tem certos medos que são doentios. Boa sexta!! Beijos

    ResponderExcluir
  9. Olá, sou eu a Marisilda Nietto, desde criança eu tenho um sonho, estou sozinha, perdida, um lugar escuro e assustador, sinto uma dor, uma tristeza, solidão e geralmente acordo chorando. Concluo, que o meu maior medo é ficar sozinha, aquela solidão que existe em nós, que mesmo numa multidão a teu lado, você se sente completamente só. Tenho problemas, minha depressão foi diagnosticada Distimia, essa "doença" faz com que você se afaste das pessoas, você cria empecilio com tudo. Meus sonhos começaram e serem constantes, fico muito mal, então concluo que o meu maior medo é o abandono. Beijos, I love you and Lia!

    ResponderExcluir
  10. Boa pergunta, Vi. Qual é o meu medo?
    Resposta:..........

    ResponderExcluir
  11. Oieeeeee
    Eu também tenho medos bobos. Como canta o Lenine "o medo é uma casa aonde ninguém vai"
    Da serie medos absurdos elenco o medo/pânico /pavor de cobras. Nao consigo sequer pensar sem ter um mal estar. Seguido pelo medo de ficar doente, paralisada sem conseguir me mexer/comunicar, medo da impotência, (tipo o Stephen Hawking) mas e um medo, "que dá medo,do medo,que dá."
    Dos medos controláveis,não tem como não citar a violência, principalmente contra os queridos mais próximos.
    Mas aprendi com o meu filhote que meu instinto de preservação e tão forte, que o medo vira coragem para enfrentar o desafio mais difícil se for pelo bem de quem amamos.
    Excelente texto.
    Bjs

    ResponderExcluir
  12. Oi Vi, bt!
    Minha mãe tinha um medo inexplicável de relâmpagos e trovoadas e esse medo acabou passando p/mim. Um dia na hora que eu estava saindo do trabalho começou a relampejar e eu não tive coragem de ir embora, fiquei esperando o temporal passar p/poder sair. Como a garagem do banco em que eu trabalhava era subterrânea, o portão cedeu e água entrou de uma vez só. Resultado:
    O meu carro ficou totalmente encoberto e batendo direto no carro do outro gerente, foi preciso o servente ficar só de sunga (kk, vdd), mergulhar e amarrar uma corda em cada carro. Dali em diante eu perdi o medo dos relâmpagos e das trovoadas. Vc acredita nisso? kkkk
    Nota:
    Eu perdi o medo, mas respeito!
    Bjsss e um belo FDS p/vcs

    ResponderExcluir
  13. Oi Vi, acredito que no fundo todos nós temos medo de alguma coisa. E compartilho com todas que já tive medo de muitas coisas quando criança. Tinha um medo imenso de barata,kkkk. Tinha medo de minha mãe morrer e eu que sou filha única ficar sozinha. Hoje, já não tenho medo de baratas e de nenhum outro bicho. Depois que me tornei mãe, mato qualquer bicho que possa fazer mal à minha família embora eu ainda tenha pena de matar. O medo de perder minha mãe agora já não faz mais sentido. Infelizmente minha mãe faleceu à oito meses e hoje tenho 45 anos e preciso ser forte porque tenho meus filhos que dependem de mim. Meu medo maior hoje em dia é com a violência da cidade e o desemprego. Meus filhos ainda caminham para construir o futuro deles e almejo muito que no futuro consigam um emprego que lhes dê um alicerce na vida financeira.
    Tem novidade lá no meu blog !
    Tudo de bom para você e a Pepa, bjssss

    ResponderExcluir
  14. Oi Vi! Quando menina tinha medo de vampiro, lobisomem e barata.
    Não acho que as pessoas não têm liberdade de expressão, a não ser em algumas ditaduras ainda restantes. O problema é que os gritos na maioria são vazios, de uma insatisfação que a gente não sabe de onde vem e arruma um "grito de guerra" e vai tomando força do coletivo, mas sem fundamento ou reflexão, apenas papagaios repetindo um jargão qualquer criado por oportunistas piores ainda do que os reclamados. Enquanto não vermos os humanos como iguais em necessidades o mundo continuará nessa decadência, cada vez mais violência.
    Tenho medo justamente de censura, ninguém precisa me ouvir ou compreender, mas preciso gritar. Tenho medo de não andar e ser dependente mais fisicamente do que financeiramente. E continuo com medo de baratas.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  15. Olá meninas vim deixar um carinho bjkas

    ResponderExcluir
  16. Oi Vi! Excelente post. Todos temos medo, cada qual representado por passagens da infância ou situações vividas no presente. Eu também tenho meus medos, quem não os tem? Entre todos os meu medos o que mais me aflige é a perda de pessoas que amo. Bjs

    ResponderExcluir
  17. Oi Vi, nossa eu tenho medo de tanta coisa... rsrsrs
    Concordo com você, essa coisa de ficar morrendo por causa de político, defendendo com unhas e dentes, afff, me irrita!
    Ainda sobre os medos, com tanto índice de violência meus maiores medos são de gente viva viu... gente viva e maldosa! Rsrsr
    Beijinhos meninas, fiquem com Deus.

    ResponderExcluir
  18. Nossa, eu poderia escrever um livro sobre esta questão delicada.
    O medo dos donos, dos pais, dos amigos, do motorista doido, do que não sabemos, do "superiores". Tem gente que tem medo por ser inseguro, outros por necessidades, outros porque lidam com pessoas opressoras, e como tem pessoas assim por serem infelizes consigo mesmas.

    Beijão.

    ResponderExcluir

Se você soubesse o quanto nos deixa feliz com suas palavras ,falaria mooooito mais !!!

Se você deixou um comentário e nós ainda não respondemos, não fique chateado, ás vezes demora, mas a gente chega lá !!!
Bjus 1000.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Voltar ao topo