quinta-feira, 30 de junho de 2016

Eu e o Omelet.

Oi girls and boys, Vi, escrevendo ..

Queridas e queridos o título é uma brincadeira entre eu e Pepa, porque todas as vezes ela pergunta acabou de ler  o "Omelet"?

Adivinhou o que eu estava lendo?

Ler peças teatrais não é minha praia, não gostei de Romeu e Julieta e Hamlet foi um sacrifício.

Fiz esse "sacrifício" de tanto ouvir Leandro Karnal comentar positivamente sobre o livro.

Você já leu Hamlet, assistiu a peça?

Pinterest1

Basicamente a historia é sobre a cobiça de um homem que mata o irmão que é rei e se apossa não só do trono, como da mulher dele um mês depois.

O rei tinha um filho adulto, o Hamlet, que desconfia que o pai foi assassinado, mas não tem certeza, até ver o fantasma do pai que pede que ele se vingue.

Hamlet arma uma "ratoeira" (armadilha) para o tio, para ter certeza que o fantasma que viu dizia a verdade; uma lição importante para nós, não dar credito a tudo que ouvimos e vemos.

Desenrola a história, e no final todos envolvidos diretamente com o personagem Hamlet, inclusive ele, tem um fim trágico.

Pinterest3
Shakespeare escreve sobre poder e quem detêm o poder, do que as pessoas são capazes de fazer para ter o poder.

Matam os da própria família, não respeitam valores morais e sociais, engendram crimes e tantas outras barbáries, vocês estão vendo alguma semelhança com nossos políticos?

Li o livro todo querendo saber porque a mãe do Hamlet se casou com o tio de Hamlet um mês depois da morte do rei (seu esposo).

Pois o Hamlet afirma que ela era muito apaixonada pelo rei.

Pensava, teria sido para preservar o filho(Hamlet) afinal se o tio já tinha matado o irmão, podia matar o herdeiro legitimo ao trono.

Pinterest2
Teria sido para preservar o Reino, afinal o filho era muito jovem e talvez não tivesse condições de governar.

Mas no final, chego a conclusão que todos personagens são egocêntricos, mesmo quando parecem estar lutando por uma causa justa e digna.

A mãe de Hamlet, amava o rei, não importa que rei fosse, desde que ela fosse a rainha, ela casou rapidamente com o cunhado para continuar rainha.

O fantasma pai, aparece ao Hamlet, pede vingança, sem se importar o  quanto isso poderia prejudicar o próprio filho.

Pinterest4

Hamlet, demonstra ser racional, finge loucura, maquina a vingança friamente, descarta a mulher amada, porque essa, naquele momento seria um empecilho para seus planos, mas tenta assegurar que se seu plano desse certo, poderia ter ela de volta.

Fica  a questão, se Hamlet queria vingança do pai assassinado, ou queria o trono usurpado pelo tio de volta?

Tenho impressão que o livro tem o intuito de desmascarar a natureza humana, o que realmente está dentro do homem.

Portanto, na minha opinião, Hamlet queria o trono de volta, vingar o pai seria um meio para justificar seus atos.

Vou me despedindo de vocês
Obrigada pelo carinho e Atenção ..

 muitos beijos ..
Meu carinho para vocês:
Pinterest5
Tchau,Vi

9 comentários:

  1. Vi,
    Li esse livro ano passado. Tinha a impressão que ler um clássico de Shakespeare seria mais difícil e enfadonho. Mas adorei. Achei leve e rápido até. E é bem isso mesmo, todos são egocêntricos, só pensam neles próprios. Mostra a crueldade humana.
    Beijos
    Adriana

    ResponderExcluir
  2. Oi Vi!
    Super atual né?
    irmão matando irmão, filha matando pais (Suzaninha), filho matando pai (Gil Rugai), alguém matando alguém sem saber quem, só p/roubar. Eita que a ganância move o mundo desde o começo.
    Bjssss amigas

    ResponderExcluir
  3. Já li e assisti ao filme. Gostei muito de sua interpretação e do texto em si.
    Abração!

    ResponderExcluir
  4. OI Vi!
    Nunca tive curiosidade em conhecer, mas conta oque acontece na humanidade desde do começo dos tempos.
    Bjussss!!!!

    ResponderExcluir
  5. Oi Vi! Quando era mocinha tentei ler Hamlet naquelas edições de bolso (Ediouro, acho)e achei um saco, mais tarde li e tive uma impressão melhor, pelo menos o suficiente para terminar o livro e ficar apaixonada pelo trecho do Ser ou Não Ser. Há pouco tempo (anos na verdade) ganhei ingressos para assistir a peça Otelo, gostei, um luxo, mas confesso que andei cochilando rs
    O Homem é mesmo um bicho perigoso, sempre foi e sempre será. Medo.
    Ótimo final de semana proceis, beijos!

    ResponderExcluir
  6. Parece que o tempo passa, e só o ser humano não muda, rsrs...Prefiro leituras leves, filmes sem dramas e histórias que façam sonhar. Já cheguei na idade de preferir, rsrs
    Beijocas carinhosas!

    ResponderExcluir
  7. já tentei ler e não terminei rsrs
    http://adeliadanielablog.blogspot.com.br/2016/07/torneio-regional-de-judo-2016.html

    ResponderExcluir
  8. Vi,
    Nunca li o livro, apenas passagens dele e tambem assisti ao filme.
    No entanto, depois de ler seu resumo, fiquei com vontade de ler.
    Gostei da dica, vai ser a proxima leitura.

    Bjs

    ResponderExcluir
  9. Oi Vi
    Não li o livro, provavelmente após sua resenha, aí mesmo é que não o farei. Contudo, penso que você acertou na mosca na sua interpretação da vida e história dos personagens.
    Beijo.

    ResponderExcluir

Se você soubesse o quanto nos deixa feliz com suas palavras ,falaria mooooito mais !!!

Se você deixou um comentário e nós ainda não respondemos, não fique chateado, ás vezes demora, mas a gente chega lá !!!
Bjus 1000.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Voltar ao topo