sexta-feira, 3 de julho de 2015

É aprovado, isso é amor.

Oi girls and boys, Vi, escrevendo ..

Queridas e queridos já havia comentado, tenho assistido series coreanas, no popular, doramas.

A Pepa brinca comigo dizendo que estou viciada, acho que estou mesmo.. kkkkkkkk

Dentre as muitas series que já assisti, e gostei, acabei de assistir uma que eu amei.


De inicio, nem me interessei em assistir essa serie, pelo tema, por acreditar que devia ser extremamente chato..

Depois de assistir, entrou para o rol dos filmes (no caso serie) que sou apaixonada e recomendo.

A serie é: It’s Okay, That’s Love, com 16 episódios de 50 minutos.
No blog  Divaneandoo, você encontra uma resenha ótima

O filme trata de doenças ligadas a psiquiatria, do mais conhecido transtorno obsessivo compulsivo, (TOC) à esquizofrenia.


Chato?

Foi o que eu pensei, mas o filme tem um enredo excelente, com romance, suspense e nos dá oportunidade de saber que existem doenças que se fossem diagnosticadas e tratadas devidamente a qualidade de vida de muita gente, seria bem melhor.

Além disso o filme derruba alguns preconceitos ligados a doenças "mentais", porque as vezes somos levados acreditar, que uma pessoa com um transtorno é uma pessoa "fresquinha", chata, que gosta de atrapalhar a felicidade alheia..

Ou, que aquele camarada, que tem um amigo que só existe na cabeça dele , é maluco, que deveria usar uma camisa de força..

Foto:Papasito
Existem casos extremos que devem precisar de um tratamento mais radical, mas o filme aborda casos que podiam ser tratados e que as pessoas tratadas, mesmo continuando portadora da doença, levavam uma vida normal.

Outra coisa positiva do filme, mostrar que os médicos psiquiatras  também podem sofrer de transtornos e que isso não impede deles exercerem a profissão, mas talvez a ter uma compreensão melhor do sofrimento do paciente.

Observem que, medico psiquiatra, não é psicologo, medico psiquiatra é a pessoa que estuda medicina 6 anos e depois faz mais 3 anos de especialização em psiquiatria.

Um medico psiquiatra pode receitar remédios, pois tem formação para isso.
Quer saber mais sobre psiquiatria, visite este link.

Foto: Kdramas

E falando em remédio, o filme também abordou essa mania de darem remédios para crianças que dizem sofrer de transtorno de Déficit de Atenção.

Quem diagnostica transtornos, são médicos psiquiatras , que devem fazer exames físicos e testes para diagnosticar uma doença corretamente.

O filme mostra que muitos transtornos surgem na infância, quando  a criança é exposta a uma situação de stress intenso, tipo, presenciar os pais na intimidade, ou a traição , presenciar ato de agressão e violência entre os pais, sofrer violência verbal, psicológica ou física.

Tradução da foto: "Abuso infantil lança sombras a duração de uma vida".
Você sabe o que esta imagem de um camelo é?
Nômades no deserto amarram camelos à noite. Na parte da manhã, eles desamarram a corda, mas o camelo não escapa. Ele se lembra da noite em que foi amarrado. 
Da mesma forma como nos lembramos da dor do nosso passado.
O trauma e a dor do nosso passado nos mantém acorrentados ao chão. Foto: Soompi

Vale a pena assistir e prestar atenção, talvez você consiga entender melhor algumas pessoas que fazem parte do seu convívio.

Obviamente o filme não é realidade, e a abordagem talvez seja glamourizada, mas, eu que desconhecia muitas das doenças ligadas ao comportamento, a psiquiatria, vi coisas positivas;

Fez eu ter uma amostra de um universo desconhecido e que precisa ser conhecido pela maioria das pessoas, porque infelizmente o numero de pessoas que sofrem de algum tipo de transtorno, tem aumentado;

Inclusive a "famosa" depressão, é um transtorno que precisa do acompanhamento de um psiquiatra.
Quer assistir essa serie?
No site Dramafever, você assiste de graça com alguns comerciais.


Vou me despedindo de vocês
Obrigada pelo carinho e Atenção ..
 muitos beijos ..
Meu carinho para vocês:
Foto: Pinterest

Tchau,Vi

14 comentários:

  1. Acho que a última série coreana que assisti foi Jaspion rsrsrs
    Achei interessante a It’s Okay, That’s Love, fiquei curiosa em ver.
    Beijos
    http://mhilkadiniz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi, Vi!
    Convivo com uma pessoa bipolar no trabalho e somente lendo sobre é que pude entender o "jeito de ser" da pessoa. O diagnóstico correto dá chance à pessoa de ter uma vida dígna. Ainda não me consultei com um psiquiatra, pois sabe lá o que ele vai achar! (rs*) Brincamos com o assunto, mas por causa de uma depressão extrema perdi uma amiga muito querida.
    Adorei a dica do site, favoritei a série e no final de semana vou explorar! Obrigada!!
    Beijus,

    ResponderExcluir
  3. Oi, Vi!
    Gostei muito do assunto abordado. Precisamos prestar mais atenção as pessoas que nos cercam e procurar entender esses transtornos. Pessoas que sofrem desses transtornos nem sempre têm apoio da família. Bjs

    ResponderExcluir
  4. Uma excelente sexta pra vocês...depois vou dá uma olhada no filme...Um xeru!

    Sandra
    http://pedacinhobysandra.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi meninas! Como vcs sabem trabalho em um grande hospital em Porto Alegre e convivo diariamente com os problemas de saúde dos outros, das relações que se estabelecem entre a equipe assistencial.
    Adoro ver filmes com temas médicos pois consigo me distanciar e observar melhor o cenário. E muito interessante para fazermos auto crítica das nossas condutas. O tema médico saindo dos consultórios populariza a informação e beneficia a sociedade. Bjim!

    ResponderExcluir
  6. Oi Vi, adorei sua postagem e vou ar uma espiada na série. A mente humana é rica em todos os sentidos, quando olhamos e tentamos sentir a dor do outro, ajudamos e aprendemos. Não conheço psiquiatras, mas já conheci um psicólogo que era um drama "estudável" hehehe...bom, na verdade acho que todo mundo é, não é mesmo?
    Ótimo final de semana, beijos!

    ResponderExcluir
  7. Olá Vi,
    Muito interessante essa série, vou dar uma olhadinha sim.
    Agora uma moda de "TDAH" e até professores querem receitar ritalina, se os pais não ficarem de olho, o que será do futuro das nossas crianças?
    Enfim, gostei mesmo do tema.
    Tenha um ótimo final de semana, grande beijo.

    ResponderExcluir
  8. Vi querida,
    Vou dar uma espiada nos filmes,tenho certeza que a indicação é boa!Quanto a uma pessoa bipolar,
    só Jesus para nos dar força para aguentas,pois o ignorante não aceita um psiquiatra,dureza!
    Um maravilhoso domingo,fique com Deus.
    Um super beijo

    ResponderExcluir
  9. Boa tarde amiga Vi!!!
    Boa tarde amiga Pepa!!!
    Primeira vez que ouço falar nessa serie, mas com certeza vale assistir, para aprendermos um pouco mais sobre os transtornos que você disse serem tratados no decorrer dos episódios.
    Nunca é demais, estudarmos, assistirmos, assuntos relacionados a saúde física e mental.
    Obrigada Vi por compartilhar.
    E aproveito para uma surpresa à vocês...rsrsrs
    Até me emocionei...estava tentando fazer no meu blog, aquele gadget de Top Comentaristas, finalmente consegui, através do post da Elaine Gaspareto...e adivinha???? Vocês foram minhas 10ª colocadas no Top Comentaristas. Uma alegria e orgulho inexplicável!!! Muito obrigada pelo carinho e amizade, que Deus continue a nos abençoar e que nossa amizade virtual um dia possa se tornar real...seria ótimo!!!
    Tenham uma nova semana repleta de bençãos e de ótimas surpresas!!!
    Bjokas...da Bia!!!
    P.S.: Amei as flores, no final do post, obrigada!!!

    ResponderExcluir
  10. Ai Vi!
    Eu sou viciada em séries, e venho aqui e vc está falando em uma, agora não sossego enquanto não assistir rs!
    Bjuss!

    ResponderExcluir
  11. Vi, meu docinho,
    Quase nunca assisto a séries, minha filha caçula é quem adora!!!
    Mas fiquei muito interessada em assistir a essa que você recomendou! Vou caçar! Gostei demais da forma como você descreveu as doenças e transtornos e de como eles podem ser tratados.
    Você foi magnífica nesse post!
    Bjssssssssssssssssssssss, quérida, Deus a abençoa!

    ResponderExcluir
  12. muito legal aqui em casa o marido adora essas se´ries e nem só isso os filmes tambem são excelentes, beijos meninas

    ResponderExcluir
  13. Quase não assisto séries, mas gostei de saber. Quando pintar um tempinho, vou lá ver...
    Beijos, Ana

    ResponderExcluir
  14. Que legal, não sabia que existiam estas séries, minha filha ama séries americanas, vou falar p ela destas, quem sabe ela se interessa, abraçosss

    ResponderExcluir

Se você soubesse o quanto nos deixa feliz com suas palavras ,falaria mooooito mais !!!

Se você deixou um comentário e nós ainda não respondemos, não fique chateado, ás vezes demora, mas a gente chega lá !!!
Bjus 1000.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Voltar ao topo