sexta-feira, 19 de junho de 2015

Fé, cada um no seu quadrado!

Oi girls and boys, Vi, escrevendo ..
Queridas e queridos tem um filme de 1962 (brasileiro, que foi premiado com Palma de Ouro), O pagador de promessa, que conta a história de um homem que fez uma promessa pela cura do seu animal de estimação (um burro).
Fonte:Pagador de Promessa
O enredo do filme é muito interessante pois revela a sinceridade e a fé de quem fez a promessa, mas revela também os interesses escusos de quem quer se aproveitar da fé alheia.

O filme aborda a discriminação religiosa, e quem quer se aproveitar da tal discriminação para se dar bem, fazer política (para toda causa justa, sempre existirão os aproveitadores mal intencionados)

Muita gente apareceu dizendo “defender” o homem que fez a promessa, mas a verdade é , que todos defendiam seus próprios interesses, suas próprias crenças, suas próprias ideias, e como não poderia deixar de ser, o homem da promessa  foi assassinado.

Fonte: Pagador de promessa*

Não sei se vocês já perceberam, eu não falo sobre religião, aliás eu procuro abordar em meus posts, temas voltados para cidadania, direitos humanos, política, porque  tem coisas que são escolhas pessoais e intimas, e que devem ser respeitadas.

Eu não julgo quem tem uma religião diferente da minha ou até que não tenha religião alguma, como uma pessoa inferior intelectualmente .
Mas muitas pessoas cometem esse erro.

Canso de ler, ouvir, comentários do tipo, como pode, aquela pessoa parece tão inteligente e vai naquela igreja ou pratica aquela religião?
Fé é um mistério, não tem explicação cientifica, não pode ser apalpada.
É uma energia que esta no intimo de quem crê.

Fonte:
É como o amor, ninguém vê, mas existe.
E como o amor, é uma força tão grande que é capaz de vencer obstáculos intransponíveis para razão.

Mas quem já não ouviu aquele comentário: como esse cara tão bonito pode estar com aquela gorda?
O amor vê o invisível, assim como a fé.

Eu não tenho amigos católicos, espíritas, evangélicos, judeus, ateus e etc..
Eu tenho amigos com caráter, a religião deles  não me importa..
Porque conheço canalhas em todas religiões (e sem religião), e destes canalhas, tem os que usam sua religião para dar golpes nos outros.

Tipo, se eleger a um cargo público, fazer negócios (vender livros, CDs, imagens, velas, perfumes, shows, consultorias e tem os mais abusados que vendem um milagre, e isso acontece em todas religiões).
Fonte: Brasil
Por isso não voto em religioso, o cara usou a religião dele para fazer campanha?
- Nunca terá meu voto!
Acho imoral a guerrinha que os políticos fazem entre cristãos e homossexuais para obterem votos..

Quem faz isso não está defendendo a causa de ninguém,  não esta defendendo nem a fé e tão pouco os direitos dos homossexuais.
Quem faz isso esta defendendo seu mandato, sua corrupção, sua malandragem, sua safadeza.

Como não tenho intenção de fazer proselitismo, não fico “convidando” meus amigos a irem “visitar” minha religião.
E também não vou gostar que um amigo me faça tal convite, mas se fizer, vai ouvir um NÃO.

Também é muito chato, aguentar um ateu, querendo provar por A+B, que nós, que temos uma religião, o quanto nós somos bobos..

Se eu tiver curiosidade em conhecer alguma religião eu vou pesquisar, perguntar.. vou atrás, não preciso que ninguém fique tentando convencer-me disso ou daquilo..


Fonte: Peixe

Teve uma época da minha vida, que insatisfeita com os rumos da religião que eu praticava, fui procurar outra..
Então, pesquisei muitas religiões e escolhi a que eu acredito ser melhor para mim.

Sou cristã, creio em Jesus Cristo como meu único salvador e meu padrão de conduta espiritual é fundamentado exclusivamente na Bíblia.

Não pratico o cristianismo ecumênico..
Tipo, vamos nos unir em torno de uma só liderança..
Como sigo os preceitos bíblicos, sei que  isso não tem fundamento, para quem tem o mínimo de conhecimento bíblico é só se lembrar do que aconteceu com a torre de Babel.

Fonte: Barco
Não pratico o sincretismo religioso, tipo sou um pouco evangélica e meio esotérica, ou espirita, ou budista e etc..
Aliás tem religiões, que se disfarçam de filosofia, para conseguir adeptos..

Fazem o seguinte discurso: Você não precisa abandonar sua religião!
Eu acredito que ninguém consegue ficar com os pés em dois barcos, e que  ninguém pode agradar a dois senhores..

Observo pessoas que por medo de ser  discriminado, acabam fazendo coisas que eles sabem ir contra a fé deles..

Fonte: Fé 2
Pior do que o medo, é se olhar no espelho e enxergar uma pessoa fraca sem convicções, sem personalidade.

Cada um deve agir segundo sua fé, sempre lembrando de respeitar a fé alheia.

Por exemplo, se eu convidar um amigo que é judeu para almoçar em casa, jamais vou preparar alimentos com carne de porco.
A minha fé não impede que eu coma carne de porco, mas vou respeitar  a fé do meu amigo.

Já imaginaram convidarem um católico praticante, para comer churrasco em plena sexta-feira santa?
Seria uma ofensa para pessoa convidada.

Quando existe respeito podemos nos relacionar com todas pessoas, independentemente de raça, cor, religião, sexo, profissão, idade e etc..

Fonte: Coração

Vou me despedindo de vocês
Obrigada pelo carinho e Atenção ..
 muitos beijos ..
Meu carinho para vocês:
Fonte: Dayse

Tchau,Vi






13 comentários:

  1. Falou tudo o que penso, mas as vezes é difícil colocar em palavras.
    Ficou muito bom o texto, a sua visão também é a minha. Com amor Eliane

    ResponderExcluir
  2. É, Vi... muito importante isso tudo q vc disse mesmo. As pessoas estão ficando intolerantes com relação a religião, crenças, orientação sexual, escolhas de vida... TUDO! Pq as coisas estão tão drásticas assim? Será que quem é diferente do outro deve se esconder? Acho que a vida de cada um a cada um pertence e não ao outro, desde que não fira os meus valores, devo respeitar.
    Outro dia mesmo estava conversando com uma amiga na loja dela e entrou uma senhora (de uns 50 e poucos anos. Eu e a dona da loja com nossos 30 e poucos) e não sei de onde o assunto veio, mas começamos a falar do casamento gay... Enfim, não sou contra. Mas a mulher disse q a lei para o casamento gay incluía as igrejas. Nesse ponto eu concordei com ela: a constituição não pode obrigar uma igreja a fazer o q ela quer. Cada igreja tem sua "constituição". Enfim... o que poderia ter sido uma guerra (já q cada uma de nós tinha uma opinião diferente sobre o assunto) se tornou uma conversa onde chegamos ao consenso: devemos respeitar todos, independente do que elas fazem. Mas é importante que esse respeito seja recíproco, e quem está "do outro lado" (no sentido de opinião diferente, pq esse outro lado pode ser eu E a pessoa com quem converso) tbm esteja disposto a respeitar a outra opinião/pessoa. Um exemplo: fui a um restaurante perto de casa, bem família, eu, marido e filhota. Escolhemos uma mesa perto dos brinquedos pq Sofia ia curtir. Do nosso lado um casal que se beijava tão loucamente, que pareciam estar fazendo sexo ali. Pronto. Estou sendo radical? Não... beijos mais calientes devem ser reservados para o casal, não? Existem os momentos certos para cada coisa e aí eu acho q foi exagero...
    Enfim... o tema RESPEITO AO PRÓXIMO e às suas escolhas é muito amplo, né? Mas deve, sim, ser discutido!!!
    Com relação à religião, eu não tenho problema com nenhuma delas, desde que respeitemos os pontos de vista de cada um. Aliás, muitas (se não a maioria) das minhas amigas atuais são de uma religião que "não aprova" minhas crenças. Elas já sabem. Não falamos disso. Mas falamos de outras coisas relativas à fé e que importam para todas nós.
    Enfim... nussa! Fiz um post no seu post! huahauhauhua Mas é q gostei do tema!
    Beijo grandão!

    ResponderExcluir
  3. Olá Vi,
    Amei o que você escreveu, e a Telma Maciel aí encima também.
    Acho que no mundo esta faltando AMOR, ninguém pode ter uma opinião contrária a outra pessoa que já é uma guerra, seja no assunto que for.
    Na última semana estou até deixando o face um pouco de lado, pois esta insuportável cada um querendo defender sua opinião, sem ao menos RESPEITAR a opinião da outra pessoa. E isso é um saco.
    "Nao interessa, mas vou falar", rsr: Durante muitos anos fui seguidora de uma religião/denominação, enquanto estava ali obedecia a doutrina que me foi ensinada, mas sempre respeitando as outras religiões/denominações, orientações religiosas, sexuais, politicas, enfim, sempre amando e respeitando o meu proximo, como a propria religião me ensinava, e às vezes até gerava algumas "polêmicas" devido a minha opinião, mas me sentia muito bem lá. No momento em que pensei e fiz algo que era contrário a doutrina , eu por mim mesma, solicitei a minha exclusão. Porque não posso pregar uma coisa e fazer outra. Enfim, só estou falando isso, porque também tem muita gente "jogando pedra" no telhado dos outros sem olhar o seu.
    Hoje, me considero cristã, e tento praticar o que a biblia nos ensina, principalmente quanto o assunto é Amor ao próximo e respeito.
    Grande beijo.

    ResponderExcluir
  4. Vi, li muita coisa legal e concordo que ninguém hoje tem respeito pela religião de ninguém mesmo. Eu não problema com religião de ninguém, respeito todas. Sou católica de batismo, mas tenho uma queda profunda pelo Espiristismo. Mas não sou nada de nada rsrs Creio em Deus como o criador do universo e acredito em seus ensinamentos.
    Adorei o texto.
    Bjokas, sua linda.
    http://www.dmulheres.com.br/

    ResponderExcluir
  5. A intolerância religiosa é o que mais vejo em meu dia a dia. Respeito é uma questão que as pessoas não se lembram existir.
    Nem gosto de discutir muito esse assunto, cada um com sua fé e seu ideal, mas acima de tudo deve existir o respeito.
    Beijos
    http://mhilkadiniz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Lindo texto, profundo e verdadeiro! Respeito é a base e sempre será...
    Beijos, Ana

    ResponderExcluir
  7. Oi Vi! O que falta é caráter e amor nas pessoas, religiões sobram...
    Não creio em deus, até tentei ler a bíblia (para crianças) para meu filho quando era pequeno, mas era muita violência, definitivamente desisti de deus em minha vida, acredito nos atos das pessoas, eles me dizem se tem deus ou diabo em seus corações.
    Bíblia debaixo do braço indo toda semana na igreja ou qualquer outro lugar não me diz nada, aliás foi de gente com esse perfil que me ferraram, gente sem palavra de honra, muitos usam da religião, da fé (falsa) para se fazer de santo, bonzinho, confiável e aí...dar o golpe no imbecil. Ainda bem que a gente aprende. Fé assim muito explícita pra mim é suspeita...

    Não estou generalizando, mas existem muitos com esse perfil diabólico.
    O filme citado é ótimo, deveriam fazer um remake!

    Um ótimo final de semana, beijos!

    ResponderExcluir
  8. Oiii Vi!
    Você expressou muito bem o que eu acredito ser o ideal.
    Pena que as pessoas sempre querem se fazer ouvidas,e nem sempre nos respeitam quando se diz respeito a religião.Eu faço o possível para não discutir a respeito,inclusive não me ofendo quando me explicam suas crenças.Apenas gosto de saber para poder entender.
    Bom final de semana!
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Yo todavía no veo ese filmé pero me parece que uno debe ser rolaré te y respetuoso de la religión del otro .. Yo soy muy católica pero comprendo perfectamente a quién no lo es y pienso que el catolisismo a perdido muchos fieles por su intolerancia y incapacidad de adaptarse a los nuevos tiempos

    ResponderExcluir
  10. BOM DIA, COLEGA VI!
    É... CERTAS COISAS, NÃO SE DISCUTE: RELIGIÃO, TIME DE FUTEBOL, PARTIDO POLÍTICO... ISSO SEMPRE RENDE PANO PRA MANGA. CADA UM COM O SEU E SEMPRE RESPEITANDO A OPINIÃO ALHEIA.
    TÁ TUDO MUITO BAGUNÇADO, TÁ VIRANDO BADERNA JÁ. JÁ NÃO SE HÁ LIMITES PRA "CHAMAR A ATENÇÃO". É FATO!
    ESPIE SÓ!
    TEM POSTAGEM NOVINHA LÁ NO MEU BLOG! PASSE EM "GAM DOLL (2)" E CONFIRA A BELA E MAIS RECENTE RESTAURAÇÃO QUE FIZ.
    FICAREI FELIZ COM TUA SIMPÁTICA VISITINHA E COMENTÁRIO.
    APAREÇA POR LÁ!
    TENHA UM ÓTIMO FINAL DE SEMANA. ABRAÇÃO PRA VOCÊ! :)

    ResponderExcluir
  11. Vi, você colocou em palavras exatamente o que eu penso. Sou católica, mas respeito a todos que tem outra religião, tenho amigos de religiões diversas, procuro não impor a minha, também não gosto que tentem me impor a deles. Vamos nos respeitando e mantendo a nossa amizade ao longo de nossas vidas. Mais uma vez, um maravilhoso post. Bom finde! Bjos.

    ResponderExcluir
  12. Oi Vi e Pepa! Muito bonito Vi, e muito verdadeiro. Eu sou cristã, fui criada no catolicismo e hoje sigo o espiritismo. Foi a doutrina que respondeu às minhas dúvidas e me faz mais calma e consciente do que sou. Mas o que acho mais interessante e que me guia na vida, é ser uma cidadã ciente dos meus deveres e direito. Acho, principalmente, que antes de termos direitos, temos os deveres. Acho que ser correto em suas atitudes, respeitar diferenças e ter bom caráter, faz você ser um ser humano . Religião pra mim, é isso, tudo isso junto.
    Bjssss meninas
    boa semana! Nina

    ResponderExcluir
  13. Oi Vi,. não discuto Religião, Política nem Futebol.
    Dá confusão, cada um quer ser melhor que o outro.
    Apenas não comento religião de ninguém e também não quero que venham tentar me "levar" para a deles. Cada qual com seu pensamento e crença, somos livres para escolher.
    Respeito e amor sim, todos devem ter.
    joturquezzamundial
    Beijos e boa semana.

    ResponderExcluir

Se você soubesse o quanto nos deixa feliz com suas palavras ,falaria mooooito mais !!!

Se você deixou um comentário e nós ainda não respondemos, não fique chateado, ás vezes demora, mas a gente chega lá !!!
Bjus 1000.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Voltar ao topo