quinta-feira, 10 de julho de 2014

O desentortador de bananas e como distinguir os espertos dos estúpidos.

Oi Girls and boys, Vi, escrevendo..

Queridas e queridos as vezes fico aqui lembrando de "causos" de família.

E como não poderia deixar de ser, tenho que contar para vocês.

Isso aconteceu há muito tempo, há mais de 20 anos.

Quem lembra das tartarugas que foram "esquecidas" aqui em casa?

Contei sobre elas no post, Tartarugas voadoras..

Mas não vou falar sobre tartarugas, mas sobre os donos das tartarugas, inclusive falei sobre eles em outro post, Existe assombração?

Tem gente que é assim, tão esquisita, tão, tão, que deixam um monte de histórias (negativas) para a gente contar.


No outro post, já tinha dado um nome para mulher do amigo, dona Amarga, então vou dar um nome para o marido, senhor Fraco.

Não que o senhor Fraco, fosse raquítico, mas porque deixava dona Amarga fazer o que bem entendia.

Das muitas "qualidades" da dona Amarga, além da citada no outro post, ela também era arrogante, orgulhosa..

Antigamente para ser professora do ensino fundamental, não precisava fazer faculdade, fazia o curso normal, que seria tipo um curso técnico de 3 anos.

As mulheres acabavam o colégio, casavam, iam ser donas de casa.
Algumas faziam o curso normal e  iam ser professoras, além de serem donas de casa.

As que iam ser professoras, se achavam melhores que as outras, que eram só donas de casa.

Dona Amarga era professora, daquelas professoras que os alunos tem ojeriza.


Não era dotada de inteligência, ou melhor era preguiçosa, não se esforçava para adquirir conhecimento.

Mas se achava, a ultima coca-cola geladinha do deserto..

Vinha sempre em casa, e ficava com aquelas perguntas idiotas, que já contei no outro post.

Minha mãe, que desejava mudar de assunto, (pois aguentar perguntas idiotas não é fácil ), falava sobre noticias que lia no jornal.

E foi assim que surgiu o assunto sobre a melancia quadrada, para quem não sabe os japoneses já fazem pesquisas com melancia quadradas há 30 anos.


Quando minha mãe falou sobre isso com dona Amarga, ela achou que era uma piada, e que alguém tinha enganado minha mãe com essa conversa.

Dona Amarga pensava assim: que essa burra (minha mãe) acredite nessa historia vai lá, mas eu, uma professora, nem pensar!

E ficou fazendo deboche da minha mãe.

Dona Amarga: agora, só falta você acreditar que inventaram o desentortador de bananas?


Foi quando o marido dela, o senhor Fraco, que tinha visto a reportagem, resolveu intervir (muito raramente, ele tomava uma atitude).

O Senhor Fraco disse: mas já existe desentortador de bananas!

Dona Amarga:  verdade, você viu?

Senhor Fraco: claro que eu vi, já estão vendendo!

Dona Amarga: onde estão vendendo?

Senhor Fraco: Na casa da Banha! (loja de departamentos)

Dona Amarga: mas para que serve o desentortador?

Senhor Fraco: para deixar as bananas retinhas, tem gente que não gosta de banana torta, dizem que da azar..

A gente teve que sair de perto para não rir da cara de "abestada" da dona Amarga.

Essa história da dona Amarga, me lembra a historia do rei que estava nu, A roupa nova do imperador, quem conhece?



Quando achamos que somos mais espertos que as outras pessoas, corremos o risco de sermos ludibriados e de fazer papel de estúpido.

Vou me despedindo de vocês
Obrigada pelo carinho e atenção..
 muitos beijos..
Meu carinho para vocês:
Tchau,Vi

22 comentários:

  1. Gostei da divertida história da D.Amarga. Pior é que existem várias delas ainda...beijos,tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  2. oi Vi, isso acontece quando a pessoa é ignorante e acha que ficando assim tá tudo bem? Mas nós estamos sempre aprendendo e mesmo velhinha minha mãe dizia que sempre estava aprendendo e que o saber não ocupa lugar, ela estava certíssima.
    Linda quinta feira pros ceis meninas!
    bjjjjjjjssssss Nina

    ResponderExcluir
  3. kkkkk... Adorei o post Vi! Existem muitas donas Amargas por aí e senhores Fracos também e que Deus nos dê paciência. Bjs amores.

    ResponderExcluir
  4. Interessantíssimo, Vi! Você deveria escrever um livro! O pior de tudo o que você escreveu, é o fato de que com esse tipo de pessoa, não adianta a gente tentar mudar de assunto. É duro conviver com gente assim, não é?

    Beijoka - adoro o tacho!!!

    ResponderExcluir
  5. O Blog ficou lindinho! Gostei.
    ahahah estou rindo da "ultima Coca-Cola geladinha do deserto", conheço muita gente que se acha assim .........
    O texto está ótimo!
    joturquezzamundial
    Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Oi Vi adorei sua história foi ótima para começar bem a minha quinta feira beijos Eliane Lima

    ResponderExcluir
  7. Estou rindo horrores por aqui
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Tudo novo por aqui!!
    Respeito e saber escutar são importantes para o crescimento do ser humano, estamos em evolução, muitas vezes temos os olhos fechados para a realidade, só por acreditar ser melhor que o outro!
    Belo post, bjuss

    ResponderExcluir
  9. É por esta e por outras que amo esta dupla maravilhosa: MORRO DE RIR!

    Convenhamos, melancia quadrada seria melhor para empilhar!
    E professores chatos em sequencia é dose que nem leão aturaria, mataria, claro!


    Bjs

    ResponderExcluir
  10. Vi , você está enigmática, hoje!
    mas continua divertida!
    Dona amarga e Senhor Fraco, quem era tão fraco assim, hahaha
    no grupo escolar que estudei, tinha uma professora cuja fama era quebrar uma régua todos os dias
    Onde? eu pensava? na cabeça dos alunos, na mesa? eu morria de medo de ano seguinte ela ser minha professora.
    Ainda existem donas Amargas por aí!!!!
    bjo
    Zizi

    ResponderExcluir
  11. Hola Pepa querida ! Existe n este mundo mucha gente amargada !! Buen post !

    ResponderExcluir
  12. Oi queridas

    Adorei mais essa história divertida, com Dna.Amarga e Sr.Fraco.

    beijos carinhosos

    ResponderExcluir
  13. Boa noite amiga Vi!!!
    Boa noite amiga Pepa!!!
    Vi e a todo instante existe uma dona amarga e um senhor fraco...ou vice e versa. ..
    Rindo muito daqui.
    Tenham uma semana abençoada! ♡
    Bjokas da Bia! ♡

    ResponderExcluir
  14. Conheço muitas donas amargas!!Que triste ser assim né?Bjs.

    ResponderExcluir
  15. Bem divertida ..kkkk
    lembrei de algumas donas amargas.

    bom final de semana gurias!
    bjs


    ResponderExcluir
  16. Acho a lição de moral disso genial. Arrogância não é boa para ninguém!
    Adorei o post, dona Vi.
    Não sabia que existia desentortador de banana! haha

    Beijos.
    www.jadeamorim.com

    ResponderExcluir
  17. Temos que conviver com muitos estilos. Mas ainda bem que ficou algo de positivo.
    Bjos tenha um ótimo fim de semana.

    ResponderExcluir
  18. Vi querida,
    Amei sua história e rimos prá valer!Coitada da sua mãe,na verdade de vcs,pois ainda tem
    gente assim que vive atormentando a vida alheia rsrsrs.Um ótimo final de semana.fique com
    Deus.
    Grande beijo

    ResponderExcluir
  19. Qta paciência tinha a sua mãe, hein?!
    Aguentar tanta arrogância assim não é pra qqr uma. Eu mesma cairia fora.
    E é sempre assim, né! Gente que acha que sabe de tudo... no fundo, sabe de nada... inocente! rs
    Bj
    :)

    ResponderExcluir
  20. Ah, eu me lembro da Dona Amarga! E gosto muito dos posts em que vc conta essas lembranças!
    Abraço!

    ResponderExcluir
  21. Orgulho e Ignorância levam a estupidez hahahaha!
    bjssss e boa semana pra vocês!

    ResponderExcluir
  22. Oi Vi, fui ler os 2 outros causos pra entender o de hoje. Mulher insuportável essa D.Amarga! Não é digna nem de pena, pois onde já se viu querer detalhes sobre a morte de alguém. Antes a lição do fantasma, ou não, tivesse surtido efeito assim como os 3 espíritos fizeram com o Sr. Scrooge no conto de natal. Quanto as tartarugas fiquei de boca aberta de saber as peripécias delas para saírem do cercado.

    Bjs

    Kaku

    ResponderExcluir

Se você soubesse o quanto nos deixa feliz com suas palavras ,falaria mooooito mais !!!

Se você deixou um comentário e nós ainda não respondemos, não fique chateado, ás vezes demora, mas a gente chega lá !!!
Bjus 1000.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Voltar ao topo