sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

O dia que aprendi a costurar.


Oi Girls and boys, Vi, escrevendo..

Queridas e queridos, como todo ser curioso e fuçador, aprendi a costurar sozinha, mas tem uma historia..


Minha mãe ao perceber um certo talento, me colocou em uma escola de corte costura Magic Corte quando tinha uns 15 ou 16 anos.

Fiquei alguns meses lá e minha mãe perguntando, o que você aprendeu hoje?
- Cortar uma saia, a costurar a saia, mas isso levou semanas, e minha mãe já angustiada com aquela embromação perguntava, ela te ensinou a chulear, pregar zíper, fazer casa de botão?

Nada! 

A gota d'água foi quando a professora avisou que teríamos que pagar para ela chulear na maquina de costura. 
Minha mãe se irritou, percebeu que a professora era daqueles tipos que querem ganhar dinheiro enrolando os outros e me tirou da escola.
Eu fiquei muito feliz, pois não suportava aquela pasmaceira.
Sabe como é, queria aprender tudo em um piscar de olhos.

Com a professora não aprendi nada, mas em casa fuçando livros preciosos da minha mãe aprendi o pouco que sei.
Já fiz vestido de aniversario para sobrinha, jaquetão de inverno, calças, blusas e só não faço mais porque comprar tecido e costurar, na maioria das vezes sai mais caro que comprar a roupa pronta.


Minha mãe aprendeu a costurar por correspondência no Instituto Universal e costurava muito bem, além das roupas casuais, fez diversos vestidos de formaturas para Cris e para mim, coisa de alta costura.


Do meu pai, herdei o espírito curioso e fuçador, podem acreditar, ele costurava também, meu pai não era fraco não, gostava de fazer suas próprias camisas e bermudas.

Guardamos os livros de costura da mamãe como tesouros, esta meio acabadinho, mas pelo tempo que eles foram e são manuseados, estão em bom estado.

Dia desses, encontramos um outro livro de costura antigo da minha mãe, me lembro dela ter dito que não havia conseguido entender o método alemão, Lutterloh, ele é bem interessante.

Com a Pepa fazendo Tildas, lembramos desse livro por causa dos modelitos antigos, que servirá de inspiração para as roupas das Tildas.


Claro que depois de décadas um tal de bastão mágico que vinha com o livro se perdeu, e isso tornaria impossível usar os moldes do livro.
Sim, seria impossível para os mortais que não sofrem de compulsão fuçadora.

Pois eu fui fuçar dali e daqui, fui ao Google, ativei meu super olhômetro, e eis que consigo reproduzir o meu bastão mágico.

Este é o tal bastão mágico feito por mim.



Agora é só dar asas para imaginação e reproduzir os modelitos para Tildas.


Quem se interessou pelo método de costura Lutterloh, ele continua existindo, visite o site : http://www.lutterlohsystem.com .
Ou assista o vídeo no Youtube: 


    
O método continua o mesmo, mas com modelos de roupas atuais.

Obrigada pelo carinho e atenção... muitos beijos.. 

E meu carinho para vocês: 
Foto: http://schatziesblog.blogspot.com 
Tchau Vi

63 comentários:

  1. Bom dia Vi, que delicia este post, voltei ao meu tempo de menina olhando minha mãe na maquina de costura e querendo fazer igual...Ah que saudades!
    Infelismente eu não aprendi muita coisa e só "arranho", morro de vontade de fazer uma roupa mas não consigo entender os moldes e medidas.
    Beijo grande
    hptt://cafeecetim.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Bom dia Vi... tudo bem com vocês?
    Nossa amiga... costurar não é fácil não... ganhei a máquina do marido (sonho)... ando fazendo alguns trabalhos, costuras retas... mas roupas nem pensar... acho que não consigo... embora o lema é... desistir jamais...
    Bom seria fazer um curso... mas você tem razão quando fala que ficaria mais caro fazer que comprar pronto...
    Minha mãe também tem um livro de corte e costura, mas não um exemplar desses... você tem um tesouro nas mãos...
    Excelente dia minhas amigas...
    Como estão as gatinhas Lambreta e a Pitilica...
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  3. Menina, vc é demais. Que legal ter os livros da sua mãe com vc. Que legal poder usá-los para aprender coisas 'novas'.... (minha mãe joga tudo fora... ela não gosta de bagunça e de coisas velhas... tirando meu pai kkkkkkkkk)
    bjs
    Sônia

    ResponderExcluir
  4. Oi Vi, sabe que minha mãe e avô eram excelentes costureiras, mas infelizmente não sei fazer nem uma blusinha, sei que se realmente eu me propusesswe a fazer conseguiria, mas eu acho muito cheio de detalhes, e não teria sossego, já imaginou 3 meninas querendo tudo que v^nas vitrines? kkkk, vou ficando com meus conj. de cozinha e coisas prá casinha, amiga como foi esse feriadão, caiu na folia tu e Pepa?
    Bjos.
    Silvia.

    ResponderExcluir
  5. Vi, amo quando vc conta suas histórias!
    Dicas de site preciosa! Minha mãe costura muito bem! Não herdei esta habilidade, mas de tanto ver fofurices das amigas nos blogs, comprei uma máquina de uma amiga blogueira(depois conto a história...), ainda nem costurei nada... Já estou com uns tecidinhos...

    Para vcs um belo dia!

    Beijooooooooooo

    ResponderExcluir
  6. E quando eu achava que você já fazia tanta coisa, aparece mais essa? Criou seu próprio bastão mágico! E aí Vi tô começando a achar que agora você consegue até fazer chover, né não? Bjs!

    ResponderExcluir
  7. Vi, que maravilha essas revistas e livros! Imagino as Tilvas com essas roupas, own, que graça vão ficar! Esse talento na máquina de costura é hereditário? Nossa, mãe, pai e irmãs costurando! Isso é que é amor ao que se faz! Beijinhos!

    ResponderExcluir
  8. Oi Vi!

    Que lindo, me emocionei com o que você escreveu, pois lembrei da minha mãe. Ela, depois que aposentou, fez um curso de corte e costura no Senac e se arriscou a fazer umas coisinhas para mim, mas um tempo depois ela ficou doente e faleceu.
    Eu sempre tive vontade de "saber" costurar, disse saber porque, como você não tinha vontade de aprender devagarinho.rsrsrs Queria tudo vapt vupt. Há uns 8 anos meu pai me deu uma máquina de costura (eu pedi) e aos poucos fui brincando nela. Ainda não me arrisquei a fazer nenhuma roupa, pois não consigo entender como fazer moldes, mas eu chego lá! Já pensei em fazer curso no senac, mas não tenho tanta paciência assim.
    Obrigado pela dica do tal método alemão, vou dar uma olhada. Quem sabe eu me acerto com ele!
    Parabéns a você e à Pepa por guardarem as preciosidades da sua mãe!

    Beijos, Renata
    palpitandoemtudo

    ResponderExcluir
  9. Oi meninas!!!
    Eu tbem nunca fiz um curso de costura,minha mãe costurava nossas roupas qdo criança,e eu sempre estava de olho em tudo ,adorava ver ela tirando os moldes ,não se perdendo nos pontilhados,traços coloridos dos moldes,meu deus qta calcinha de opalinha(tecido da época),camisola,tempo bom,eu tinha 16 anos qdo fiz minha primeira roupa,um macacão amarelinho,rsrsr,ficou até bem bonitinho,usei bastante,hoje fico com minhas Tildas,que adoro !!!
    Raridade esses livros heim,e uma grande ideia ,adaptar,para fazer modelitos Tilda!!!
    Bjs minhas queridas,esperando visita,pois ja tem Tildas novas no pedaço,até!!!!=)

    ResponderExcluir
  10. Mas que história bonita! Começo a crer que sempre, no meio do caminho, tem um curso desses! rssssssssssss
    Só que o seu foi muito proveitoso, rendeu-lhe frutos, não lá, mas no entorno! Ótimo, não importa!
    Estou maravilhada com as fotos do tal livro alemão! Que tesouro! Conserve-o! Amei!
    Bjssssssssssssss, quérida, na Pepa tb!

    ResponderExcluir
  11. Já sei, Vi agora é fada de bastão! Fico imaginando o desfile das Tildas Pepas, vai ser show...
    Eu nunca frequentei cursos, aprendi vendo minha mãe fazer e depois que ela se foi, fui me virando sozinha...
    Sou uma curiosa nata e assim fui errando e acertando até aprender...
    Vc me trouxe lindas lembranças com esse post!
    Bjs,Ana

    ResponderExcluir
  12. Vi, minha mãe e minha avós também eram costureiras natas! Minha vó aprendeu com as freiras, no colégio e minha mãe com a minha avó, mas se aperfeiçoou naqueles cursos da Sigbol, que na minha opinião é o melhor para pagar e frequentar! Mas estou com você: delícia é fuçar e aprender assim, com histórias! rs

    Bjs

    ResponderExcluir
  13. Vi e suas preciosidades! Adorei ver os livros e conhecer a sua história!! Te admiro muito, viu garota? Bjs!!

    ResponderExcluir
  14. Vi,

    Que legal, toda a família na arte da costura. Vou ver esse método. Imagino as Pepas todas glamorosas.
    Grandes beijos

    ResponderExcluir
  15. Oi Vi! Que bom ler esta postagem. Aprendi alguma coisinha de costura com aminha avó quando eu era criança e também no colégio de freiras onde estudei (tinha trabalhos manuais, eu adorava!). Até hoje, faço um pouco de cada coisa, aliás fazia, com a Informática lá se foi meu tempo rsrs
    Imagino as Tildas!!!!!! Que lindas ficarão !!!!!!!
    Parabéns pelo seu talento e força de vontade.
    Beijos querida.

    ResponderExcluir
  16. Vi,

    Adorei as fotos dos livros e o seu texto. Você é um talento, menina! Por essas (principalmente) e por outras é que essa tal de internet vale tanto a pena!

    Beijos,
    Eneida

    ResponderExcluir
  17. Oie meninas!!!

    Querida Ví ....

    Eu tentei um curso de costura, mas, tive que sair para fazer um canal no dente.
    O canal é caro, e sustentaro curso que tbm não é barato, aí ferrou.

    mas, eu amo costuras!

    E com certeza, é um dos meus planos esse ano, terminar o que eu começei!

    Mas, enquanto isso... dá-lhe Ví!!!!!!

    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  18. Oi Vi, oi Pepa tem um selinho pra vcs lá no blog passa lá e pega rsrs bjks doces...Cris

    ResponderExcluir
  19. Oi Vi fuça fuça!!!!

    Nossa é muito legal, fuçar e descobrir coisas e ainda mais se essas coisas nos envolve e nos ajuda naquilo que gostamos de faer.

    Bjks Vi.

    Sonia

    ResponderExcluir
  20. Vc é bem fuçadora mesmo! Mas é bem legal ser assim, agora com o nosso amigo google é bem mais fácil.
    Agora, eram lindas as roupas antigamente, né? Que luxo. Amei as roupitchas!
    Beijos
    Adriana

    ResponderExcluir
  21. Oi Vi..menina que lindo o livro de sua mamys..vou procurar o método e tentar aprender algo..sou um O na costura, tenho muita vontade de aprender..ah tem um sorteio simples e descomplicado lá no blog..passem por lá vou ficar muito feliz!!! beijos

    ResponderExcluir
  22. Vi, muito bacana o post, especialmente pelas imagens dos preciosos livros de costuras de sua mãe. Adorei saber que a Pepa vai usar esses modelitos lindos nas próximas bonecas porque encomendei uma... rsrs
    Abraço!

    ResponderExcluir
  23. Pronto! Entregou a idade! A sua e a minha, né, pq me lembro bem da minha mãe com papéis com este tipo de desenho e eu de olho.
    Ai, saudade...
    E a mulherada era muuuuuito mais elegante.
    Abraços duplos (pra Vi e Pepa)

    ResponderExcluir
  24. Oi Vi, tudo bem?

    Adorei essa história verdadeira.

    É muito bom ser assim, quando a gente
    quer, é só fuçar e fuçar, para
    conseguir.

    Adorei os livros e os modelitos.

    um beijo carinhoso

    Regina Célia

    ResponderExcluir
  25. Mas isso está correndo nas suas veias Vi, vcs herdaram essa habilidade dos seus pais, não tenha dúvida. Agora então com bastão mágico... vão sair Tildas ainda mais lindas??? Não posso esperar pra ver, bs.

    ResponderExcluir
  26. Oi Meninas!
    Vi fiquei emocionada com a história, bacana, então é de berço o talento?! Vocês também são flores no meu jardim!
    Um grande abraço
    Ana Cristina

    ResponderExcluir
  27. Ah Vi... eu também sou filha de costureira (e das boas), mas ainda não aprendi, acredita?
    Sempre fico tentada, mas ainda não acionei isso... quem sabe em breve...
    beijinhos e bom findi,
    Ro

    ResponderExcluir
  28. Depois diz que a Pepa faz você parecer de outro mundo....aha! Você é "DIOU" dioutromundo. Que delícia essa quinta, que dupla vocês formam. Adooooorei ler,minha mãe não costura nada( que bom ela é minha cliente VIP)me criei vendo minha boadrasta costurando nossos vestidos de crepe e pijamas de pelúcia * um tecido e roupa para todos* mas nem pensar em encostar na máquina dela,eu ficava fascinada de ver aqueles moldes em papel pardo.Aprendi a costurar já adulta.
    Sorte das Pepas que vestiram essas belezinhas.
    Cut beijos nas duas( muitos)

    ResponderExcluir
  29. Não sei dizer o porque,mas as imagens do livro antigo me emocionaram,acredita?Lindos!
    E posso imaginar como ficarão as Tildas da Pepa vestidas para festa!
    Por isso eu digo que gosto muito de gente criativa,curiosa e bem disposta,como vocês!
    Beijo!

    ResponderExcluir
  30. Acho o máximo essas publicações antigas, tem até valor histórico, sem contar no gde valor sentimental tb.
    Aproveito a visita pra convidar vcs duas p/ um sorteio no meu blog...de esmaltinhos, que sei mto bem que vcs adoram.
    Bjs♥

    ResponderExcluir
  31. Vi, que delícia de história...
    Imaginei seus pais costurando, você e a Pepa traquinando... Os desenhos, tão lindos!
    Lembrei de minha mãe costurando, minha irmã aprendendo, e u achando tudo isso "um saco"! rsrs
    Minha única peça foi um short que acabou com uma das pernas ao contrário, sei lá como. Sou mais "estilo Pereirão"... rsrs
    Beijos e fiquem bem

    ResponderExcluir
  32. OI VI, QUE LINDO TESOURO VCS TEM!!PRECIOSO DEMAIS!!EU APRENDI A COSTURAR VENDO MINHA MÃE E FUÇANDO TAMBÉM, FAÇO POUCAS COISAS,MAS FICO MUITO FELIZ!!BJS!!

    ResponderExcluir
  33. Oi Vi, além de ser curiosa, você tem o dom, porisso consegue criar.
    É gostoso ver as conquistas e os sucessos de amigas tão talentosas. Parabéns, abraços carinhosos

    ResponderExcluir
  34. Os livros são preciosos e vc ainda criou seu próprio bastão mágico...
    Meninas prendadas!!!
    Beijão.

    ResponderExcluir
  35. Oi Vi!

    Só vim dizer que seu post está uma delícia! Passou um filmão na minha cabeça... mas me recuso a aprofundar nos detalhes nesse momento porque não quero chorar.

    Bjocas.

    Clau

    Minha mãe é costureira e meu pai era tapeceiro, até o último dia da sua vida na máquina de costura. Fim.

    ResponderExcluir
  36. Oi Vi!!!
    Eu comecei meu curso esses dias e por enquanto estamos só traçando os moldes. Tô achando muito bacana, apesar que não sei se vou investir em peças pra mim, no futuro, pq eh como vc disse: as vezes não compensa. Mas pretendo fazer o curso até o fim, pois quero aprender todos os macetes da costura.
    Meu pai não costura como o seu, mas faz um tricot e um crochê... ele não tem preguiça não, faz tapetes, cobertas... já minha mãe, só nos barradinhos e pequenos!
    Mamãe tb sabe costurar, assim não profissionalmente... mas faz barras, panos de prato, coisinhas simples.
    As imagens desse livro antigo são mui belas e eu já fico imaginando as pepinhas vestidas assim, tão elegantes! :)
    Manda um beijinho pra Pepa tá e outro pra vc!
    Bom final de semana pra nós!!

    ResponderExcluir
  37. Amore, achei lindo o livro e os modelos.
    Acho nunca vou aprender a costurar sério.
    Lindo seu post, cheio de afeto e expertise.

    ResponderExcluir
  38. Ai Víiiiii esse seu livro da SUA MÃE, seria tudo nas minhas mãos...
    Sabia que estou fazendo um curso de MODELAGEM no SENAC? estou amando... desenhar os moldes é tudo no momento... ah ah ah mas eu chego lá.

    beijos amei o post

    ResponderExcluir
  39. Oi Vi! Oi Pepa!
    Tb me deixei levar por essa onda da costura e aqui estou às voltas com a maquinha de costura...ainda to na costura reta,mas eu chego lá! O que vcs tem aí é um verdadeiro tesouro (de raridade e de emocoes)!
    To passando pra desejar um Bom Final de Semana e pra dizer que tem um cafezinho com pao de queijo esperando por vcs lá no meu Cantinho! Bjs, Zazá

    ResponderExcluir
  40. Eu sempre achei encantador uma pessoa saber costurar, de ter a capacidade de transformar um pedaço de pano numa roupa deslumbrante, mas sempre achei q costura não é pra mim, até conhecer no mundo dos blogs tantas mulheres q como vc tem o poder de transformar tecido em arte e quis aprender a costurar tb, e sabe q foi uma das melhores coisas q eu podia ter feito, hoje adoro costurar e adoro ver as coisas q estou conseguindo produzir.
    bjos e bom fim de semana
    Maysa

    ResponderExcluir
  41. Oi Vi,
    que lindo...!!Costurar é uma arte e sua família pelo jeito tem o dom,até seu pai fazendo suas próprias roupas,muito legal e como a frutinha não cai longe do pé,estão aí as maravilhosas Pepas...hehe!
    Beijokas,
    Mery

    ResponderExcluir
  42. Vi que história linda de costura, pow menina vc é profissional hein! Nossa deve ser muito bom fazermos as nossas proprias peças de roupas, meu sonho. Já fiz isso cortava, alinhavava e minha mae costurava. Eram batas indianas na minha fase hippie, fáceis de fazer, mas hj não me atrevo a fazer minhas roupas vou tentar por um vestidinho caseiro, bjocas e parabéns meninas talentosas

    ResponderExcluir
  43. sou "quase" igual a vocÊ minha mãe me fez dar os primeiros passos em tudo, até na costura, e de tanto fuçar vc acredita que até curso de bichinho d pelucia eu dei???isso quando tinha 11 anos - recebi o pagamento em melancias, batatas, abóboras e cebolas - e o detalhe eu sabia ler os moldes e como deveriam ser montados, só não sabia ainda manusear a máquina d costura...rsrs Mas minha aluna era tão insistente e não consegui "ler" as revistas que eu fui lá para "ensinar"....rsrs Hoje quando me lembro, fico revoltada com as professoras enrolonas....rsrs Eu só de fuçar sabia ensinar..rsrs
    Adorei ver a Vogue antiga, mamãe tem dessas ainda.
    Muita Luz e Paz
    Abraços

    ResponderExcluir
  44. Vi, isso é surpreendente, aprender a costurar sozinha. Parabéns.
    Beijos

    ResponderExcluir
  45. Que bárbaro esse livro! E as ilustrações... chiquérrimas! Que tesouro Vi! Bjo!

    ResponderExcluir
  46. Eu também andei fazendo uns cursos de corte e costura que não deram em nada. O que sei hoje, foi por observar minha mãe e tias costurarem.
    http://odiariodeanabelajb.blogspot.com/
    http://mulheresprendadasxmulheresmoderna.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  47. Oi Vi,

    Que linda esta postagem! Senti o carinho que vc falou dos seus pais! Parabens! Que legal esse Dom de costurar!

    Beijos

    Mi

    ResponderExcluir
  48. Que viagem Vi! Amei, voltei as minhas aulas de corte e costura! Ótima inspiração, pena que não tenho mais uma máquina de costura! beijos,

    ResponderExcluir
  49. Minha vizinha faleceu e comprei a máquina de costura dela.
    O filho dela me deu algumas coisas de costura dela e entre estas coisas estava uma fita métrica do metódo corte de ouro, procurei na net para comprar só o livro pois a fita já tinha, mas só o livro não vende então comecei a fuçar na net e encontrei seu blog falando do livro da sua mãe, será que voce poderia escanear para mim?
    aguardo seu contato meu e-mail é flavia.pinto2@gmail.com

    Desde já obrigada.

    ResponderExcluir
  50. adorei esse post, realmente as vezes nos deparamos com pessoas que querem só tirar vantagens e ficam embromando e acabam que não ensinam nada..infelizmente nos dias atuais passei por isso, e aconteceu o mesmo comigo.....mas vendo a enrolação mandei professorinha para as cucuias foi logo e continuo procurando
    bj e até breve

    ResponderExcluir
  51. Oi! Sei q faz tempo que vc fez esse post.. mas só cheguei o seu blog agora... nossa acho que meus olhos se enchem ao ver estes livros antigos cheio de histórias e talz, amo costura, mas acho que Deus jogou esse dom pra mim e não para minhas ancestrais heheheh minha mãe mal sabe enfiar a linha na agulha.. queria poder ter uma história assim passada de geraçao a geração só p/ poder ter esses livros antigos e materiais.. aprendi a costurar sozinha tbm.. já fiz até vestido de noiva, vou iniciar design de moda. Tbm entrei nema escola p/ fazer aula , mas minha profe eraa igual a sua.. dae desisti e comecei a fuçar por aí.. e quem procura acha néh?!! Felicidades pra você e boa sorte!
    meu blog caso queira ver oque faço
    http://fernandalotti.blogspot.com.br/
    bjos! =D

    ResponderExcluir
  52. Vi, só posso dizer uma coisa: Você é mesmo danada de esperta!!!
    Quando comentou sobre o curso e a "professora" fiquei pensando que hoje em dia ainda tem muito disso nestes cursos de artesanato que vc só paga o material para fazer a aula, uma enrolação total...Muitas vezes é melhor assistir vídeos no youtube.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  53. Oiiiii, amei demais sua audácia e perspecácia, costurar é assim mesmo guaribar sebos, livros velhos, juntar daqui e dali, inventar só assim é que se aprende.....amei teu blog e teu jeito fuçadora....também sou uma kkkkkkk abraços e muitas realizações....

    ResponderExcluir
  54. Oi Vi! Como você fez o bastão mágico??? Pois o kit é caríssimo!! Beijos Marília
    licacolombo@gmail.com

    ResponderExcluir
  55. Oi Vi! Como você fez o bastão mágico??? Pois o kit é caríssimo!! Beijos josiane
    josianeeassis@hotmail.com

    ResponderExcluir
  56. Olá isto também existe em portugal?
    Fiquei super curiosa!

    ResponderExcluir
  57. oi vi,

    eu gostaria de saber se teria como você enviar escaneado os livros e moldes que você tem e qual seria o valor...

    ResponderExcluir
  58. Oi Vi, acabei de conhecer sua página e temos algumas coisas em comum: as aulas com magic-corte que também não saí da saia kkkkk e um pai curioso. Quanto a mãe a minha não gosta de costura mas as duas avós amavam, acho que pulou uma geração (apesar que meu pai sabe costurar rsrsrs). Também tenho o curso do Instituto Brasileiro e acabe "desenterrando" minhas revistas e agora vou encarar as costuras. Obrigado pois sua história me inspirou e me criou coragem. bjs

    ResponderExcluir
  59. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  60. Oi vi bom dia ... gosto muito de modelos retro e esses modelos que eu vi são lindos. Claro que poderá ser feito alguma adaptação . Teria como vc deixá-los disponíveis para baixá-los ou enviar por email?
    Obrigada.

    ResponderExcluir
  61. Oi vi bom dia ... gosto muito de modelos retro e esses modelos que eu vi são lindos. Claro que poderá ser feito alguma adaptação . Teria como vc deixá-los disponíveis para baixá-los ou enviar por email?
    Obrigada.

    ResponderExcluir
  62. Me ensina a fazer o bastão mágico, pelo amos de Deus. jakelinelins@hotmail.com

    ResponderExcluir
  63. Vi, me ensina a fazer o bastão mágico, ou então me diz onde encontrou o modelo para reproduzi-lo?
    Obrigada.
    heloisa_janaina@hotmail.com

    ResponderExcluir

Se você soubesse o quanto nos deixa feliz com suas palavras ,falaria mooooito mais !!!

Se você deixou um comentário e nós ainda não respondemos, não fique chateado, ás vezes demora, mas a gente chega lá !!!
Bjus 1000.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Voltar ao topo