10 de abril de 2022

Juntando os retalhos...


Eu sei que você vai dizer : mais retalhos ? 

Sim, tinha muito retalho nesta casa . Porque tive uma época consumista que não podia ver um tecidinho dando sopa na loja, via e necessitava ansiosamente.

Comprava, para um projetinho futuro . Sabe ''cumé'' ? Daí o projetinho futuro nunca chegava e o tecidinho ficava ali, acumulado .

Mas este ano resolvi me livrar dos acúmulos. O que eu sabia que não ia realmente usar, doei. Tinha muito material encostado. E eu -sabia- que não ia usar. 
Porque todo artesão que se preze, sempre guarda alguma coisa para usar '' um dia''.

Só que esse dia nunca chega, e esse material poderia ser usado até para gerar renda para alguém. Mas com os tecidos eu tinha vontade de usa-los em uma colcha de retalhos. Vontade antiga, sempre procrastinada.

Enfim, os retalhos tiveram seu destino.

Agora falta eu terminar a minha colcha , já que fiz uma para Vi, mas a minha é casal e ficou pesadona, acho que só quando o inverno chegar eu vou me animar a mexer com ela, rsrsrsr  

E a sensação de dever cumprido é muito boa . 

Talvez eu ainda compre algum tecido, mas só se tiver um projeto específico em mente.
Não quero nada para "um dia" , "um projetinho" "talvez", até porque esses pequenos gastos sem objetivo certo consomem nossos recursos e a gente nem vê onde foi .

E o pior, as coisas quando saem da loja , perdem o valor, ainda que estejam embaladas sem uso nenhum. 
E se tentarmos vender sempre vai ser por um preço inferior. Ou seja, perdemos dinheiro.

Consumo consciente . Esse é o maior desafio dos dias atuais. Porque é tanta coisa piscando nas nossas telas e a facilidade para adquirir é tão grande, que a gente não "pode perder a oportunidade". Mas o que devmos sempre perguntar é : por que , para que, para quem vou comprar ? Preciso ou só quero ?

Claro que ninguém vive de ''precisamento'' apenas . Todo mundo tem uns momentos de "querência", srrsrsrs só que eles não podem dominar a nossa vida. Ou caimos num espiral sem fim. Sempre precisando da última novidade, para apenas deixar encostada. Como um troféu do tipo : eu tenho . Seja lá para o que for, eu tenho.

E você ? É da turma precisamento ou da turma querência ? 



Bjus 1000

Lia


4 comentários:

  1. Lia, tua colcha vai ficar linda e tenho quase certeeeeeeeeeeeeza que não vais parar de comprar retalhinhos,rs... beijos, feliz domingo de Ramos, chica

    ResponderExcluir
  2. Que espetáculo! Antes de terminar já está show! Abraço!

    ResponderExcluir
  3. Retalho vicia, lindamente! Sua colcha é exemplo de trabalho minucioso, paciente e detalhista. Vai ficar um show! Trabalhos grandes, precisam de intervalos, pois também são cansativos.
    Ao final vira troféu do "eu que fiz"!!
    Beijos!

    ResponderExcluir

Se você soubesse o quanto nos deixa feliz com suas palavras ,falaria mooooito mais !!!

Se você deixou um comentário e nós ainda não respondemos, não fique chateado, ás vezes demora, mas a gente chega lá !!!
Bjus 1000.

Subir