5 de dezembro de 2021

Presentinhos ''di cumê ''- Stollen

  


Desde que comecei nesse mundo de pães, (e isso já faz 84 anos, srsrsrsrsrrs) sempre quis fazer stollen. Mas por conta da dificuldade em encontrar marzipã por um preço que caberia no meu bolso, a vontade foi sempre deixada de lado.

Até que encontrei o canal da Esbieta, ( confesso que teremos mais algumas receitas dela aqui no blog) eu resolvi fazer, porque não usava o dito cujo.

E preciso dizer que a receita é perfeita.

Um sabor inigualável. 
E como todos sabem (mentira, ninguém sabe. Nem eu sabia, rsrsrs) o stollen não deve ser comido no mesmo dia. Depois de pronto e embalado deve ser guardado na geladeira por pelo menos duas semanas... (''tava'' indo tudo muito bem, até saber deste detalhe) .

Mas realmente esse tempo de descanso é necessário e super importante.

Sim, eu fiz o teste.
Comi uma fatia no dia, ok, delícia !
Comi uma fatia com uma semana, hummm que sabor !
Comi uma fatia duas semanas depois, u-a-u ! sério, você precisa experimentar.

Tem um passo a passo muito bem explicadinho no canal dela, aconselho que antes de fazer, você assista e depois se joga, dá tempo de fazer agora e deixar guardadinho até o Natal, junto com o panetone que vou postar domingo que vem, seu Natal vai ser inesquecível e se você tem um amigo gourmand, esse é o presente !



Stollen da Esbieta

Coloque para macerar no rum (ou se não consumir bebida um chá de especiarias) :

80 gramas de frutas cristalizadas
160 gramas de passas
60 gramas de laranja confitada ou cristalizada
raspas de 1 laranja
 
Deixe de um dia para o outro . Escorra e deixe reservado.

Pré fermento

100 gramas de farinha de trigo
7 gramas de fermento seco para pães
75 ml. de leite
1 colher de chá de açúcar

Misture e deixe crescer por 30 minutos.

Massa :

200 gramas de farinhs de trigo
1 gema
1 ovo
50 ml. de leite
10 gramas de açúcar
5 gramas de sal
60 gramas de amêndoas moídas
1 pitada de especiarias : canela , cardamomo, anis, cravo
1 colher de chá de extrato de baunilha
85 gramas de manteiga
60 gramas de amêndoas laminadas

Misture o pré fermento com os demais ingredientes, deixe crescer por 30 minutos.
Depois sove bem e adicione a manteiga aos poucos sempre sovando.
Depois de acrescentar a manteiga sove muito bem a massa por 10 minutos.
Deixe descansar por 10 minutos e adicione as frutas já maceradas e a amêndoa.

Deixe crescer por 30 minutos, dê o formato , deixe descansar por mais 30 minutos.
Leve para assar em forno médio por 50 a 60 minutos.
Tire do forno e espalhe manteiga derretida e polvilhe bastante açúcar de confeiteiro.

Deixe esfriar, embrulhe em papel manteiga e filme plástico.
Coloque num saco bem fechado e leve à geladeira, na parte mais baixa .

Depois de duas semanas, pode comer, ou presentear .

Eu amei, foi de encontro as minhas expectativas sobre um pão aromático, muito recheado e de-li-ci-o-so !!


Você já tinha comido stollen, se arriscaria a fazer em casa ?

Mas aqui entre nós, se eu fiz, qualquer um faz, rsrsrsrs


Bjus 1000

Lia 

6 comentários:

  1. Ótima receita, adoro o stolen. O problema é esperar as 2 semanas,né? rs beijos, lindo dia e semana! chica

    ResponderExcluir
  2. Faz quantos? 84 anos? A sério? Começou a fazer pão antes de nascer? rsrssr

    O pão aqui e agora "oferecido" tem um aspeto divino, delicioso.
    .
    Tenha um domingo de paz e amor
    Abraço
    .
    Pensamentos e Devaneios Poéticos
    .

    ResponderExcluir
  3. A receita é apelativa, que todos nós apreciamos! :)
    -
    "A vida é uma peça de teatro"...
    -
    Beijo e um excelente Domingo

    ResponderExcluir
  4. Lia, confesso que minha perdição são so Stollens.O seu ficou perfeito, igual o que compro no supermercado aqui. Tem duas redes de supermercados que são alemãs e lá encontro fácil. Realmente comer depois é mais gostoso, não que fiz alguma vez. Mas compro e guardo prá comer na Páscoa e parece melhor(ou é a vontade).Prefiro o sem marzipã (Mazapán). Não sei, o marzipã que vem dentro vem muito mole e com gosto forte de laranja e sei lá mais o que. Não perde nada em não colocar o bendito,te garanto. Aqui também fazem mini, mas não enroladinhos bonitinhos. São pedacinhos de massa que assam e depois colocam açúcar.Besitos

    ResponderExcluir
  5. Eu não conhecia este pão, mas fez-me lembrar o bolo de Natal tradicional daqui dos Açores, tem que ser feito 3 semanas antes do Natal.
    Fiquei muito curiosa com este pão, um dia vou arriscar fazer sim!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  6. Já comi, delicioso! Mas sempre comprado, nem imaginava que demora tanto. Como tudo que é antigo ( 84???), deve ser feito na tradição, com amor! Só você pra dar conta, parabéns!
    Beijos!

    ResponderExcluir

Se você soubesse o quanto nos deixa feliz com suas palavras ,falaria mooooito mais !!!

Se você deixou um comentário e nós ainda não respondemos, não fique chateado, ás vezes demora, mas a gente chega lá !!!
Bjus 1000.

Subir