domingo, 4 de fevereiro de 2018

Que ônibus as pessoas estão pegando ?

Outro dia postei no Face :

"Que ônibus as pessoas estão pegando para chegar nesse ponto ?"

E muita gente achou engraçado. Realmente é ... mas a pergunta é séria também, ás vezes eu me pergunto o que está acontecendo com as pessoas que a cada dia perdem mais a noção de toda e qualquer educação e civilidade !


Uma vez fiz uma série de posts sobre saladas e recebi um comentário assim :

- Nossa, como você come tanta salada e não emagrece ?

- Oi ?

E desde quando comer salada é sinônimo de magreza e comer doces é sinal de "gordeza" ?

Na época eu respondi que não comia só salada e por isso não emagrecia ! Na época era uma pessoa fofa e delicada !



Hoje apenas abstraio ! Finjo que não entendi ! Porque responder qualquer coisa para certas pessoas só faz com que ela continue achando que é um ser humano !


Ah, pelo amor né ? Cadê educação ? Cadê o mínimo de civilidade ?

Eu fui educada a nunca, sob nenhuma hipótese a perguntar nada sobre qualquer "defeito" que alguém tivesse. Nunca, nunca ficar encarando.

Desde pequena, minha mãe falava :

- Não fica encarando ninguém, principalmente se a pessoa tiver alguma dificuldade. Se te pedirem ajuda, ajude como se fosse a coisa mais normal do mundo e saia de mansinho.

Hoje em dia, não são só as crianças que cometem essas gafes , mas os adultos estão impossíveis.

É cada marmanjo/ marmanja que fica encarando quando vê alguém com alguma deficiência que eu tenho vontade de ir lá e dar um murro na pessoa.

Não sei se é por causa da queimadura que tive na boca, e eu odiava que viessem me perguntar o que era aquilo, me faz sentir essa empatia. Mas incrivelmente, na época do colégio, poucas crianças faziam essa pergunta, a maioria das vezes que fui abordada foram por adultos sem noção !

E com a internet, parece que a coisa ficou sem controle ! As pessoas saem fazendo perguntas íntimas e de foro pessoal como se fosse a coisa mais normal do mundo !



Mas alguém dirá :

-Se está expondo, eu tenho direito de perguntar !

- Sim, você pode ter direito, mas não tem educação !

Não pense você que não tenho curiosidade também, ás vezes sinto uma comichão na pontinha dos dedos para perguntar :

- É como ? -Como faz ? -Com quem ? -Whaaaat ?

Mas a educação que recebi me impede de achar que tenho qualquer direito .

-Ahhhhh, mas o mundo tá chato, não pode falar nada que as pessoas já ficam 
de mimimi !



Isso, até alguém  perguntar algo que ela não queira responder.

Daí a coisa muda de figura e a pessoa reclama que estão invadindo o espaço dela.

Eu parto do princípio que se a pessoa já não contou algo, é porque ela não quer contar. Simples assim. Tem coisas que a gente percebe que não são bem assim, mas se a pessoa não contou, não vou ser eu a grossa que vai perguntar.

Noção é uma coisa que vem junto com a educação, ou seja sem um, ninguém pode ter o outro.

E você ? Conhece alguém desse tipo ? Como se relaciona com eles ?

É fofa, tipo eu há alguns anos ou é mais como eu sou hoje em dia ?


(esse gif é minha cara, srrsrsrsrs)

Me contaaaaa !!!!

Bjus 1000

11 comentários:

  1. Adorei o gift e vou te contar que ando sem o menor saco... Não me relaciono com quem me incomoda,chega o pessoas que sou obrigada a aturar...E quando estranhos se chegam com algum tipo de besteira, vou te contar;;; fica estranho pra sempre,rs...

    E na internet, hoje mesmo, uma parenta lá de longe,italiana, na certa nada mais tinha a fazer...mandou o filho me achar no whatts...Te juuuuro: mandou 48 fotos de filhos, netinhos, etc... Minha delicadeza pra com maridão não deixou que eu AINDA bloqueasse... Mas se assim continuar, logo, logo ...Desconfiômetro, por favor em todas as relações.

    Por isso te entendi bem! bjs, chica

    ResponderExcluir
  2. Isto é bem difícil...Lidar com pessoas sem desconfiômetro. Sem educação. Eu sou, por natureza, perguntadeira. Mas o faço em particular, e até um certo ponto. Não vou entrar na intimidade de ninguém, mesmo porque não gosto que entrem na minha. rs Há que se saber até onde podemos ir. Divirto-me com seus posts, mesmo quando são sérios, porque você sabe dar um tom de humor a eles. Isto é importante. Beijo, Lia.

    ResponderExcluir
  3. kkkkkkkkkkkkkk adorei!!! já fui muito fofa (isso muito antigamente kkkkkkkkkk) mas ultimamente tenho sido mais, digamos, mais despreocupada em desapontar quem me desaponta (olha que fofffah!) ... Vai ver é pq faz tempo que eu aprendi a lidar com meus ''defeitos'' de forma beeeeeeemmmmm cômica (ou seja, não sofro mais com certas coisas ... muito pelo contrário, sou a primeira a rir de mim só pra não dar o gostinho rs). De vez em quando ainda dou de cara com um ou uma outra doida que me faz alguma pergunta sem propósito ... rio ... respondo com uma piada e, se conhecer algum ''defeito'' da pessoa já emendo com uma outra pergunta sobre isso hehehehehehhe

    ResponderExcluir
  4. Pepa, é um tal de tomar conta, né! Se cada um cuidasse de suas próprias dificuldades, talvez o mundo fosse um lugar bem melhor. Eu não daria um coice tão pesado, mas sutil já dei e dou, se necessário. A gente tem que ter simancol, se colocar no lugar do outro.
    Ótima semana, meninas!

    ResponderExcluir
  5. Pepa, adorei a expressão "Que ônibus as pessoas estão tomando?". Realmente hoje as pessoas se acham no direito de falar o que quer, de dar opiniões sem ser consultadas e de criticar sem nos conhecer. Eu vivo morrendo de medo de receber um comentário desse tipo, talvez faça como você faz hoje: ignore... (mas no fundo vou ficar chateada).
    bjk
    PS. o Gael já tem um ano e sete meses e vai pra escolinha(berçário) arrastando a mochilinha (kkkk).

    ResponderExcluir
  6. Boa tarde amiga. Adorei seu post – é tão difícil encontrar na web pessoas verdadeiras, que falam de coisas da vida real e você é uma delas. Por isso sempre volto aqui. Posso dizer que sou do tipo que fica sem resposta. Me dá uma raiva! A pessoa sai com uma patada e, na hora não lembro de nada inteligente para dizer. Depois, em casa, geralmente na hora que estou na cama, procurando conciliar o sono, surgem em minha mente, como um passe de mágica, milhões de respostas inteligentes... Que raiva! Aí é que o sono não vem. O filminho fica passando na minha cabeça: vc poderia ter dito isso, vc poderia ter respondido aquilo.

    ResponderExcluir
  7. Ai que saudade de vir aqui dar meus pitacos rsrsrsrs, de vez em quando me pego com aquele comichãozinho de curiosidade, mas nunca, nunca que pergunto, fui criada como vc, minha mãe nos orientava a não ver diferenças físicas e muito menos ficar encarando as pessoas. E quanto a paciência! Que isso?

    ResponderExcluir
  8. Oi Lia, boa tarde!
    Eu morro de rir com seus posts, tem gente que tem que mudar mesmo de ônibus né?
    As pessoas até me acham bem delicadinha, mas a minha família ri quando eu conto alguma coisa e digo que tive que passar p/o IDIOMA "IGNORÊS", que p/mim nada mais é que uma mistura de IGNORÂNCIA COM PORTUGUÊS KKKk
    SINÔNIMOS DE IGNORÂNCIA NESSE CASO:
    rispidez, rudez, inurbanidade, indelicadeza, incivilidade, rudeza, brutalidade, estupidez, grossura, boçalidade, descortesia, grosseria, impolidez.

    Nem sou tão delicadinha quanto pareço né? kkk
    Bjssss amigas e que vocês tenham uma semana de sucesso e abençoada é o que desejo

    ResponderExcluir
  9. Bom, eu sou mais tipo você hoje em dia! Porém, está muito difícil conviver com outras pessoas depois do advento dessa história do "politicamente correto", tudo, absolutamente tudo ofende alguém! Eu já quase nem saio de casa! :(

    ResponderExcluir
  10. Já fui mais fofa,rsrs Hoje deixo pra lá!
    Beijos, minha linda!

    ResponderExcluir

Se você soubesse o quanto nos deixa feliz com suas palavras ,falaria mooooito mais !!!

Se você deixou um comentário e nós ainda não respondemos, não fique chateado, ás vezes demora, mas a gente chega lá !!!
Bjus 1000.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Voltar ao topo