quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

Coisas que devem ser observadas antes de "juntar os panos".

Oi girls and boys, Vi, escrevendo ..

Queridas e queridos normalmente quando as pessoas entram em um relacionamento amoroso, entram de cabeça.

Não se observam certos detalhes de comportamento, caráter e etc. antes de ter uma intimidade física e muitas vezes as pessoas só vão perceber defeitos insuportáveis, intoleráveis depois que já estão morando juntas ou já estão casadas, e ai, pode ser tarde demais.

Pinterest
Vou falar sobre alguns casos atuais que sairam na mídia 

O caso do pai que matou o filho, a ex-esposa os dez parentes da família da mãe do menino e se suicidou.

Motivo alegado dele, a ex esposa fazia alienação parental.
Motivo alegado da ex-esposa, o pai abusava do menino.

O pai premeditou friamente o crime, escreveu carta aos bombeiros afirmando que iria estragar as festas de ano novo deles.

Dá para perceber, só por essa carta, que o cara devia sofrer de algum transtorno gravíssimo, e que talvez a ex-esposa tivesse razão.


Outro caso, é de um homem de 55 anos que namorava uma senhora .
Nada anormal, se o homem não tivesse estuprado a neta de 10 anos da mulher.
Obs: O índice de estupro de crianças tem aumentado muito, praticado por familiares (pais, avôs, tios e "namorados" das mães) e algumas com a conivência da mãe.

Como minha intenção não é mostrar a violência contra mulheres, porque ela existe, mas não é esse meu foco hoje, vou citar outros dois casos com homens:

O embaixador grego que foi assassinado pela esposa e o amante dela e a esposa que assassinou o ganhador da mega sena.

Nesse dois últimos casos, parece que a ganância dos assassinos falou mais alto que a razão.



Eu fico pensando, que se as pessoas fossem mais prudentes, mais desconfiadas, não tivessem tanta pressa de "ser feliz", talvez conseguissem perceber a falha de caráter dos parceiros.

Mas por se precipitarem entram em ciladas, que trazem transtornos não só para a própria pessoa, mas para todos que fazem parte do seu circulo familiar, é só observar os casos que eu citei.

Houve um tempo em que as pessoas eram mais prudentes, antes de ter um envolvimento mais sério, procuravam conhecer bem a pessoa, a família e ouviam conselhos.

Hoje em dia é tudo imediato, não se pode perder a oportunidade de ser feliz, mas na maioria das vezes, nessa urgência, as pessoas estão ficando mais infelizes.



Antes de um envolvimento mais sério, é preciso avaliar calmamente quem é a pessoa, se é violenta, se usa drogas, se trabalha honestamente, se respeita leis, se tem princípios ético e moral e se deseja formar uma família, ter filhos.

Isso é muito importante para as mulheres, porque muitas investem em homens que não desejam ter filhos.
Depois ficam reclamando que o companheiro não ajuda ela a trocar fraldas, amamentar e etc.
E se acontecer uma separação, nem pensão para o filho esse tipo de homem quer dar, porque na visão dele, filho, foi um presente para você e não para ele.



Tem homens que vêem filhos como estorvo, afinal, antes do filho a mulher dava toda atenção para ele.

Existem pessoas que disfarçam sua verdadeira personalidade?
Sim existem, mas também existem pessoas que não querem ver a realidade, ou um caso pior, acham que tem o poder de mudar a outra pessoa.

Cansei de ouvir de muitas pessoas: depois de casar, ele muda (ou ela).
Mudou? para pior, muito pior.
As máscaras caem na convivência.

Ninguém tem o poder de transformar outra pessoa.

 Pode o leopardo alterar as suas pintas? Jr 13:23


Que Deus abençoe vocês.
Vou me despedindo de vocês
Obrigada pelo carinho e Atenção ..
 muitos beijos ..
Meu carinho para vocês:
PinteresT


Tchau,Vi

20 comentários:

  1. Oi, Vi. Você está certíssima! Sempre fui muito pé no chão antes de escolher um marido, procurava conhecer a família da pessoa, como ele tratava a mãe, porque quem trata mal a própria mãe, vai tratar quem bem? Enfim, quando casei sabia muito bem quem era a pessoa, mas mesmo assim não deu certo e separamos. Nessa altura eu tinha um filho pequeno, então minha atenção foi redobrada, afinal agora não era somente eu, tinha outro pequeno na minha responsabilidade. Não me arrependo de ter esperado a pessoa certa, meu esposo atual respeita e trata meu filho como se fosse dele e me respeita também. Hoje as pessoas tem muita carência e pressa em arrumar uma pessoa logo, não espera pra ver como realmente essa pessoa é, como essa pessoa trata as outras de sua convivência e mesmo muitas vezes vendo, fingem que está tudo bem, que depois a pessoa muda...muda pra pior como você falou. Concordo, se acontece essas coisas na maioria das vezes é por falta de sabedoria na hora de escolher seu (sua parceiro(a). Bjossss

    ResponderExcluir
  2. Vi, concordo com suas reflexões expostas aqui. Infelizmente a carência afetiva faz com que façamos "escolhas" erradas. Muitas vezes vemos que há problemas, mas não conseguimos realmente enxergar isso... já passei por poucas e boas por causa da maldita carência afetiva... enfim, mas com a maturidade vamos percebendo que o melhor é esperar, ter paciência, cautela nas escolhas e principalmente amar a Deus e a si mesmo antes de sair entregando seu coração para qualquer um. E esse negócio de querer mudar os outros, é bem a cara de nós mulheres... só é possível ajudar alguém a mudar se a pessoa realmente estiver disposta e isso raramente acontece. bjsssssss

    ResponderExcluir
  3. Vi, texto excelente, mas por experiência própria, em alguns casos só conhecemos realmente a pessoa depois da separação, pois o "lado negro da força" se aflora de maneira surpreendente. Típico caso lobo em pele de cordeiro. Mas Graças a Deus nem todos são iguais e a felicidade é po ssivel, basta tomar os cuidados que vc citou. Bj

    ResponderExcluir
  4. Concordo com vc Vi, muita gente tem pressa de ser feliz com alguém, com medo da solidão. Bjs

    ResponderExcluir
  5. Muito bom, Vi! A paixão cega e a ganância também. Felicidade imediata é igual lanche rápido, só engana a fome, mas não sustenta...
    Muitos beijos!

    ResponderExcluir
  6. Oi Vi, tudo bem?
    'Pressa para ser feliz" que expressão ótima e nessa corrida vão entrando em arapucas. Já com filhos na jogada penso que o que a mulher dá em casa pode dar além do portão, ou seja não misturar filhos e 'namorados', porque muitas vezes eles estão é de olho nos filhos e não nelas. E aí sobra cicatrizes para todo mundo. Beijocas

    ResponderExcluir
  7. Meninas como vcs são assertivas na escolha dos temas atuais pro blog.
    Realmente as pessoas já entram de cabeça numa relacionamento mto rapidamente, sem conhecer o outro.
    Não é possível que a pessoa engane tanto assim, na maioria das vezes é o outro que não quer ver a realidade, ou cria uma realidade que seja conveniente pra ele.
    Ai sofre todo mundo, isto qdo não acontece uma tragédia ainda pior.
    Bjs

    ResponderExcluir
  8. Tantos casos absurdos né! Mas compacto com seus pensamentos, sempre a pessoa entrega o que realmente ela é no relacionamento. Só que ficamos tão cegos na paixão... Aí geram esse tipo de descontrole. Uma pena hoje em dia as pessoas terem tanta pressa! :(
    Beijos
    Adriana

    ResponderExcluir
  9. pepa li seu post com muita atenção,e fiquei horrorizada com esses casos que vc citou, parece que ninguém quer mais ficar sozinha, que as mulheres se sujeitam a qualquer coisa para ter um homem em casa, algumas alem de trabalhar para manter o sujeito ainda apanham.
    sei la, isso me parece falta de instrução, de boas escolas, de pais que não ensinaram as filhas que elas valem, que são especiais.


    bacione

    ResponderExcluir
  10. Oi Vi!
    Infelizmente as pessoas mudam e quase sempre p/pior. Acho que mesmo tomando todas as precauções isso pode acontecer e também acho que não é só em relacionamento homem/mulher não, isso acontece com pais, irmãos, amigos, vizinhos e até mesmo com animais. A mente dos outros é impenetrável!
    Bjsssss amiga

    ResponderExcluir
  11. Isso mesmo, já ouvi muita gente com essa historia de que depois muda...só Deus muda´ o coração das pessoas. O resto é ilusão!
    Beijão Vi!!

    ResponderExcluir
  12. Nossa Vi, bem lembrado, esse tema tem nos afligido. O caso do homem que matou filho, a ex e familiares foi aqui em Campinas muito próximo do bairro onde moro. Esse crime chocou a todos.
    É verdade, as pessoas precisam analisar com quem se relacionam antes de um relacionamento mais sério como o casamento. Ninguém muda seu caráter da noite para o dia. Bjs Vi.

    ResponderExcluir
  13. Nossa que tristeza no coração que eu sinto com tudo isso sabe... é tão desumano e desnecessário. As pessoas precisam cuidar de si mesmas antes de se relacionarem com os de fora e gerarem uma criança pra ficar pelo mundo.
    Amei o post!

    ResponderExcluir
  14. Oi Vi e Lia, bn!
    Bjss e um domingão bem lindo aí p/vcs

    ResponderExcluir
  15. Meu avô paterno dizia, Vi, que é preciso comer juntos um saco de sal para se conhecer outra pessoa... Ninguém quer saber de comer sal hoje em dia, rs
    Abração!

    ResponderExcluir
  16. Meu avô paterno dizia, Vi, que é preciso comer juntos um saco de sal para se conhecer outra pessoa... Ninguém quer saber de comer sal hoje em dia, rs
    Abração!

    ResponderExcluir
  17. Boa noite, concordo com tudo que você disse.
    Realmente foi como você falou que com tempo e convivência as máscaras caem.
    Bjs!!!

    ResponderExcluir
  18. Oi Vi, quando tenho notícia dessas brutalidades fico muito aflita. Como alguns seres humanos são tão cruéis com seus semelhantes. Graças à Deus tenho um casamento com um homem maravilhoso. E rezo à Deus pelos meus filhos terem sorte no amor, a encontrar pessoas de boa índole e muito boas de coração para compartilhar a vida. Eu alerto e oriento muito meus filhos.
    Vi, esse seu post deveria ser compartilhado nas redes sociais para servir de alerta para muitas pessoas.
    Tudo de bom para você e a Pepa !
    Bjssss

    ResponderExcluir
  19. Oi Vi! O amor muitas vezes cega, as pessoas arrumam desculpas para o comportamento do outro, mesmo quando não se concorda com ele, o medo de ficar só, de perder o suposto amor...
    O casamento é cheio de bobeirinhas que podemos relevar se as pessoas tiverem paciência (eu não tive), mas questões de caráter devem ser inaceitáveis e serem muito bem observadas para não se darem mal com nos casos que vc citou.
    As mentes doentias são um perigo.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  20. Sábias palavras, Vi. E amei as flores. Bjinho

    ResponderExcluir

Se você soubesse o quanto nos deixa feliz com suas palavras ,falaria mooooito mais !!!

Se você deixou um comentário e nós ainda não respondemos, não fique chateado, ás vezes demora, mas a gente chega lá !!!
Bjus 1000.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Voltar ao topo