sexta-feira, 8 de janeiro de 2016

Limpeza total!

Oi girls and boys, Vi, escrevendo ..

Queridas e queridos estamos de volta,  e no ano 2016, e nem precisamos entrar no túnel do tempo..kkkkk

Além de estar envolvida com a reforma da cozinha, me desfazendo de "lixos" acumulados (objetos que nunca vamos usar), eu e Lia estamos testando uma "máquina" de lavar roupa igual as existentes na Coreia do Sul..


Assistindo as series Coreanas (Doramas) vi muitas dessas "máquinas", e entendi que além da função de lavar roupa, ela tem outra função, muito mais relevante, unir pessoas, pois é uma "máquina" que tem que ser usada em conjunto (você e mais alguém).

Estamos pensando em gravar um vídeo, nos, lavando roupa suja, acho que seria bem divertido.. kkkkkkk

Mas voltando aos lixos, vocês acumulam muitas coisas do tipo, vou usar no dia de São Nunca?

Já pensou em desapegar, limpar a área e dar espaço para coisas novas?


Outro dia minha querida Ana Kroetz, comentava que ela estava em uma fase de deixar a bagagem levinha..

Eu acredito que deixar a bagagem levinha não depende da nossa maturidade, estar envelhecendo, mas de termos a consciência de que não adianta acumular nada, pois nada levaremos quando deixarmos essa existência .

E nem pense em deixar teus "tesouros"como herança, os herdeiros raramente valorizam aquelas "tralhas".


Uma bagagem pesada aprisiona nossa felicidade, pois ficamos presos a coisas insignificantes, a bobagens, as vezes até criamos encrencas por estarmos apegados à certos objetos, coisas e até mesmo conceitos.

Criamos confusão com alguém que amamos por uma besteira.

Já fui "abestada", tinha uma bagagem pesada, cheia de besteiras..

Criava encrenca por coisas ridículas, pois nunca tive algo de valor, tipo barras de ouro, diamantes, avião á jato, iate..

Ficava apegada na minha camiseta, no meu livro, no meu travesseiro e etc..


Hoje o que é meu é da Pepa, só não dá para dividir escova de dente e calcinha.. kkkkkk

Outra atitude que deixa a bagagem levinha é não interpretar um personagem virtual.

Mostrar para as pessoas quem realmente somos, não querer "ostentar" tipo, eu sou Chic, eu sou culta e etc.


Inventar um personagem meio deus, toda perfeição, nunca foi minha meta de vida.
Se já é difícil ser eu (MacGyver, afinal, sou muito humilde), imaginem interpretar um ser incrível, tipo, rica, magra, linda, e super culta?

Não sou perfeita, sou humana, ás vezes cometo grosserias, sou capaz de ser Ivete Sangalo se pisarem no meu calo.
Quem é essa aí papai? 


Quem nunca?


Podem ter certeza, que na bagagem de Ivete só tem coisas essenciais.

Vou me despedindo de vocês

Obrigada pelo carinho e Atenção ..
 muitos beijos ..
Meu carinho para vocês:
Imagem: Pinterest
Tchau, Vi

Obs: Todas imagens que não tem o link do autor, é porque a imagem já esta tão difundida na internet que é impossível determinar seguramente quem é o autor, para saber onde encontrar a imagem, click com botão direito do mouse na imagem, ao abrir a janela, click em 'pesquisar essa imagem no Google' e aparecera o histórico de todos blogs, sites, e etc onde tem a mesma imagem.


25 comentários:

  1. Olha, confesso que sempre penso em me livrar das tralhas, reais e emocionais, porém nunca o faço!!! Isso me foi doado pelo meu pai, que materialmente adora juntar tralhas. ME livrar do meus preciosos livros, acho que requer anos para conseguir, quando ao resto, preciso fazer o quanto antes. E essa da Ivete!? kkkkk sempre achei ela muito espontânea, fala o que tem vontade e não se arrepende! Mas isso também as vezes causa danos!!! Vamos encarando a vida e uma hora temos que aprender né!? Beijos

    ResponderExcluir
  2. Eu tento a cada ano me "desentralhar" ando mais leve, menos roupas, menos calçados, menos móveis, menos tudo..... A vida é curta para carregar o peso de ser responsável por coisas que nem são tããão úteis...rsrs

    Muita luz e paz!
    Abraços

    ResponderExcluir
  3. OI VI,É VERDADE TEMOS QUE DESAPEGAR, DEIXAR A BAGAGEM MAIS LEVE, NO MEU CASO JÁ BASTA O PESO DO CORPITCHO,KKKKK,AMEI A MAQUINA DE LAVAR , DEPOIS FICA FACIL DAR UM TRATO NOS PÉZINHOS, BEIJOS, UM FELIZ ANO NOVO PRA VCS!

    ResponderExcluir
  4. ah q post lindo! Estou nessa faxina tbm, bagagem leve pra viagem fluir. Vamos desapegar do que só ocupa espaço em nossa vida.
    bjuss

    ResponderExcluir
  5. Delícia de post! É isso que quero na vida: pessoas leves, bagagem leve! Quantidade só de saúde, energia positiva, disposição e boas notícias! Tem que desapegar mesmo, porque da vida a gente só leva o que plantou... se nosso rastro é feito de amor e de sorrisos, viveremos mais felizes e faremos todos mais felizes também e isso é o que realmente importa. Beijocas <3

    ResponderExcluir
  6. Adorei o post,como sempre vcs arrasando !!!!!
    Antes eu era muito acumuladora tanto de muitas coisas como de sentimentos rsrsrs
    Ano passado me libertei de muitas coisas,ufa!
    Beijos
    http://simplesedocebyleh.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi Vi !

    Comecei esse ano tentando "aprender" a desapegar...é claro que tenho um monte de coisas que não preciso, e já tive mais! O simples fato de sair de um apartamento de 80m² para vir para um de 44m² fez uma grande diferença, "despachei" muuita coisa.
    Quando eu disse que estou aprendendo a desapegar é que eu sempre pensei : "quem guarda tem". E quero aproveitar que é início de ano, que estou mais empolgada, e vou ver se "desapego".

    Beijos, Renata
    palputandoemtudo

    ResponderExcluir
  8. Eu sou acumuladora! Junto coisas que eu acho que talvez, um dia, quem sabe, eu vou usar... Mas de repente, me dá um acesso de loucura e eu jogo tudo fora. E advinha o que acontece depois? Eu preciso (tá, talvez um precise) daquela coisa que eu joguei e me arrependo. Estou melhorando muito, não me apego a roupas e sapatos, bolsas, acessórios, não tenho nada antigo. Meu apego geral é por besteirinhas: caixinha, fitinhas, sacolinhas, potes vazios, aff
    Adorei a matéria.
    bjk

    ResponderExcluir
  9. Eu tenho tendência a acumular coisinhas,mas também me desapego com facilidade.Tanto que uma vez dei uma blusa para a minha cunhada e tive que pedir de volta,pois ganhei da minha mãe e nem tinha usado ainda.
    Mas acho que desapegar não funciona comigo,pois tenho a impressão que se dou uma coisa,ganho duas,aí junto tudo de novo!

    Talvez seja pelo fato de as pessoas sempre me falarem:-Deus te dê em dobro (quando eu dou algo a elas),sei lá,só pode!

    ResponderExcluir
  10. Vi do céu como que você dá um tapa na cara da gente assim, sem ao menos nos preparar hahaha, nossa como é dificil desapegar das tralhas, tenho mania de guardar tufos e tufos de coisas com a celebre frase do um dia vai servir pra alguma coisa, com a mudança de casa desapeguei de muita coisa, mas ainda falta muito pra desapegar.. Concordo que se tivermos uma bagagem levinha tem mais espaço pra felicidade, então bora trabalhar esse desapego.. BjoO grande e Ivete é épica haha

    Att; Wesley Felício

    ResponderExcluir
  11. Hola Pepa querida , ese es el mal de estos tiempos de consumir mucho y tener demasiadas cosas , muchas veces que ni ocupamos , como usted dice nada nos llevaremos y debiéramos andar por la vida con una carga más liviana, nos sentiríamos menos es Lagos de nuestros trabajos y sobretodo de las cosas

    ResponderExcluir
  12. Isso mesmo...e que eu possa aprender a deixar minha bagagem mais leve!!!

    ResponderExcluir
  13. Oi Vi!
    O meu problema é que eu me desapego até demais. Quando eu arrumo meus armários (o que acontece sempre) aí é um tal de "desapego", mas o problema é que uns meses depois eu preciso daquela travessa, ou de um vestido que eu queira usar, e começo a procurar esquecendo que já me desapeguei das peças kkkk
    O bom mesmo, é que eu não me arrependo, sou do tipo"dei está dado"
    Meninasss, eu desejo um 2016 maravilhoso e abençoado p/vcs!
    Bjsssssss

    ResponderExcluir
  14. Preciso fazer isto urgente.
    Vou tentar copiá-las.
    bjs

    ResponderExcluir
  15. Oi Pepa
    Muito obrigada pela visita e comentário delicado deixado no bloguito.
    Desapego é comigo mesma, detesto guardar tralhas, coisas que não têm utilidade, pensando que um dia poderão ter.
    Adorei sei texto, cheio de verdades.
    Um beijo

    ResponderExcluir
  16. Oi Pepa, que sensação boa quando me livro de algo que já não me faz falta.
    Gosto de praticar o desapego mas, as vezes demora um pouco para eu encarar que realmente não preciso mais disso ou daquilo. Ou as vezes o que me falta é tempo de separar as coisas que já não preciso mais. Preciso fazer uma limpa nos guarda roupas, armários da cozinha e até mesmo nas minhas coisas de artesanato. Como a gente guarda coisas pensando que um dia poderemos usar,kkkkk e no final passa-se anos e nunca usamos,kkkkkkk. `
    Adorei o texto !
    Tudo de bom ,bjssssss

    ResponderExcluir
  17. adoreeeei o final do post com a Ivete! hahahaha
    tento sempre não ostentar, acho desnecessário
    bjs

    SacheeBombom

    ResponderExcluir
  18. Vi certíssima! Desapego total! De coisas e de cargas a mais que o coração leva pra vida a fora!
    Adorei seu post, sou hiper a favor de desapegar e deixar ir!
    Quero desejar para vocês duas queridas amigas, um ano de muita saúde e sucesso!
    Beijos
    CamomilaRosa

    ResponderExcluir
  19. Tô chique demais, rsrs...Ser citada aqui é sempre uma honra, pois só vem coisa boa! Desapegando sempre, fiquei curiosa pra ver vocês lavando roupa, é como fazer vinho antigamente... Bombou a Ivete, rsrs
    Beijinhos e uma linda semana,
    Ana

    ResponderExcluir
  20. É bem isso vi ,tenho tentado de alguns anos pra cá ,viver de forma mais leve ,tanto de coisas como pessoas ,que tbm acumulados durante a vida e não nos agrega nada ,pelo contrário ,muitas vezes ,pesam na nossa vida .Ivete é sempre espontânea como uma boa baiana ,mas as vezes essa espontaneidade nos coloca em maus lençóis kkkkk
    Bjooo boa semana proceis
    Sonitcha

    ResponderExcluir
  21. É bem isso vi ,tenho tentado de alguns anos pra cá ,viver de forma mais leve ,tanto de coisas como pessoas ,que tbm acumulados durante a vida e não nos agrega nada ,pelo contrário ,muitas vezes ,pesam na nossa vida .Ivete é sempre espontânea como uma boa baiana ,mas as vezes essa espontaneidade nos coloca em maus lençóis kkkkk
    Bjooo boa semana proceis
    Sonitcha

    ResponderExcluir
  22. Estou precisando. Mal iniciei o ano e minha bagagem ta pesada, o pior com coisas bobas e desnecessárias aue deixei acumular e esqueci de limpar.
    Muitas "janelas quebradas" pra consertar. Obrigada meninas.

    ResponderExcluir
  23. Oi, Vi, não junto nada além de livros... e mesmo assim me desapaguei de uns 500 com a mudança de minha biblioteca para um espaço menor (o antigo quarto de minha filha). O local que antes era ocupado pelos livros está agora vazio, um sótão à espera de netos e brincadeiras. No mais, tenho apenas os sapatos e roupas que uso. Se compro um novo par um vai para a doação. Um edredom novo? Escolho um para doar... e assim vai. A energia da casa fica renovada e eu me sinto bem mais leve e melhor.
    Ofereci-me para ajudar a destralhar os armários da cozinha de uma prima, cheios de vasilhames que se não foram usados em 10 anos provavelmente nunca mais serão... e ela preferiu fazer o serviço sozinha, como medo de mim, rs. Pode?
    Abraço!

    ResponderExcluir
  24. Oi vi, desapego é sempre bom, seja no sentido emocional ou físico.
    Tenho me livrado de muitas "tralhas", agora que estou terminando a reforma no meu barraco pequeno, quero deixar as coisas bem práticas por aqui, para ficar fácil de limpar e conservar. As coisas tem que ter lugar ou fica complicado o guardar...E aqui tava essa zona, nem dava para cobrar do filho porque eu mesma me perdia na bagunça...Ainda falta um pouco mas chego lá!
    To imaginando vcs numa bacia dessas hehehe será muito divertido, mas tomem cuidado, o espaço é muito pequeno (to medrosa -e chata-, vejo perigo em tudo)...
    Os sentimentos também estão bem resolvidos, no meu caso acho que é a idade mesmo, tudo vai tomando seu lugar, se clareando, sem crises, sem mágoas, me respeitando e respeitando os outros, só deixando o barco fluir suavemente sem carregar bagagem desnecessária.

    Abração, adorei o post!

    ResponderExcluir

Se você soubesse o quanto nos deixa feliz com suas palavras ,falaria mooooito mais !!!

Se você deixou um comentário e nós ainda não respondemos, não fique chateado, ás vezes demora, mas a gente chega lá !!!
Bjus 1000.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Voltar ao topo