sexta-feira, 24 de abril de 2015

Querido diário.

Oi Girls and boys, Vi, escrevendo..
Queridas e queridos, eu já vi a frase do título do post em tantos filmes e livros, que já perdi a conta de quantos foram..
Você já escreveu um diário?

O diário modernizou, se transformou, e muitos diários migraram para os Blogs.
No inicio o Blog tinha esta função, ser tipo um diário pessoal virtual.
Então as empresas descobriram que através dos Blogs poderiam divulgar seus produtos, fazerem marketing e começaram investir nesse seguimento.

E muita gente pensando que fazer blog é  a coisa mais fácil do mundo, resolveram se aventurar nesse universo com interesse de ganhar dinheiro.
Não é errado a pessoa querer ganhar dinheiro honestamente, mas se o único interesse da pessoa para manter o blog é financeiro, vai nadar, nadar e morrer na praia..


Blog é como um diário, e para escrever um diário, precisamos ter dedicação e constância.
É um exercício de perseverança, onde assumimos um compromisso com nós mesmos .
Mas na minha opinião pessoal, um blog é um livro de memórias, que vão ficar para gerações futuras, amanhã, quando já não estivermos mais aqui, um parente poderá ter recordações sobre fatos da nossa vida...
Um neto, poderá saber através do que foi escrito, como eram seus avós e etc..

Somos nós, fazendo historia, porque falamos sobre tudo, e amanhã, quando alguém tentar deturpar a história, vai constar a nossa informação de como vivenciamos aqueles fatos.
Fico muito feliz quando blogueiras voltam a escrever em seus blogs.
O blog é diferente das demais redes sociais, onde tudo é muito rápido e não dá para aprofundar o conhecimento sobre a real personalidade de quem escreve.
Porque no blog a pessoa não é obrigada a "seguir a procissão das almas", coisa comum em redes sociais, onde as pessoas são levadas a ficar falando sobre um assunto até a exaustão (quem se lembra do preço do tomate?).

Nos blogs temos a possibilidade de conhecer uma pessoa, mesmo que ela use um 'Nickname' (apelido).
Obviamente não estou falando de conhecimento físico, que até pode vir acontecer, mas de conhecer a essência da pessoa.
Fiquei feliz que a Brechique da Dodoca voltou a blogar, Cléa conta causos da sua vida e da vida de forma apaixonante.
E conheci o blog Notas de Chá, me apaixonei pela arte de escrever de Miss Smile.
Essas já estão na minha biblioteca virtual, juntas com tantas outras blogueiras que manejam com graça a arte de escrever e tocar a alma da gente.
Vale a pena conferir!
Vou me despedindo de vocês
Obrigada pelo carinho e atenção..
 muitos beijos..
Meu carinho para vocês:
 
Tchau,Vi
Obs: Todas imagens que não tem o link do autor, é porque a imagem já esta tão difundida na internet que é impossível determinar seguramente quem é o autor, para saber onde encontrar a imagem, click com botão direito do mouse na imagem, ao abrir a janela, click em 'pesquisar essa imagem no Google' e aparecera o histórico de todos blogs, sites, e etc onde tem a mesma imagem.

19 comentários:

  1. Olá Vi! Também vejo o blog como um livro de memórias. Vamos escrevendo sobre o que gostamos e sentimos e tudo ficará impecavelmente guardado para o futuro. Meu cantinho vai fazer cinco anos e outro dia comecei a olhar os primeiros posts, é muito interessante. Temos a oportunidade de observar o quanto amadurecemos nossas ideias e quais foram nossas prioridades naquele momento. Neste mundo aprendemos e trocamos experiência com pessoas singulares como vocês. Amo e respeito meu cantinho, fiz muitos amigos virtuais através dele. Bjs

    ResponderExcluir
  2. Gosto muito dos blogs e através deles podemos conhecer o íntimo de uma pessoa, com o passar do tempo... Fui lá no brechique e gostei! bjs, chica

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Bom dia Vi!
    Eu já tive vários diários, kkkkkkk
    E o Blog acredito que seja um tbém...um pouco mais evoluído, kkkk
    Concordo com vc...as gerações futuras poderão conhecer um pouco de nossas Vidas neles...
    Vou lá conhecer o cantinhos que indicou...
    Linda quinta!
    Um super bjo!

    Alê - Bordados e Crochê
    Fã Page

    ResponderExcluir
  4. Meu diário era lindo, cheio de poemas, casquinhas de árvore, pétalas de flores, até palitinhos de sorvete! Ficou tão "gordo" que nem fechava mais. Porém, depois de guardar durante tantos anos, acabei me desfazendo dele, o que me arrependo, porque não imaginava que teria duas filhas e gostaria muito que elas pudessem ter nas mãos um pouco da minha história, no papel é diferente do computador, com certeza!! Beijos Vi! Vy

    ResponderExcluir
  5. Oi Vi, faz tempo que criei meu primeiro blog. Depois de um tempo deixei ele de lado devido a nova fase da minha vida. Então depois de algum tempo criei este aqui : http://osimplesmundodemaria.blogspot.com.br/, o qual estou me dedicando na medida que posso. Depois de dois meses ausente, estou voltando e desejo daqui pra frente continuar com ele um bom tempo. É nesse cantinho virtual que eu divido um pouco da minha vida, das coisas que gosto com vocês. Me sinto muito feliz. Quando acesso o meu antigo blog, sinto saudades de um tempo que já passou. As vezes sinto falta das pessoas que já deixaram de blogar. Desistiram de seus lindos blogs. A vida é assim mesmo.
    Admiro muito você e a sua irmã. E acho incrível o blog de vocês.
    Tudo de bom querida,bjssss

    ResponderExcluir
  6. Oi Vi! Tive muitos diários, escrevia ao longo do ano minha vida - drama queen da adolescencia - e depois, no início do ano seguinte, lia tudo e depois queimava! Nossa, eu era muito intensa nas minhas escritas rsrsrs interessante você comentar sobre diários hoje, ontem meu marido estava falando pra minha filha que eu escrevia diários e perguntou onde estavam .rsrsrs... Acho que por isso me identifiquei com o blog, eu amo ler e escrever, e isso me ajudou muito como uma recém dona de casa que tinha vindo do exterior e passou por alguns/muitos percalços. Escrever no blog e visitar outros blogs me esvaziava do sofrimento e preocupação, acho até hoje que não entrei numa depressão por conta disso! E é por isso que mesmo com o facebook e instagram não largo do meu bloguinho querido e fico feliz em saber que pessoas tão queridas e inspiradoras como você tb não deixam o seu! Aaah, viu como sou intensa?! Olha o tanto que escrevi kkkkkkkkkkkk Beijoooooooooo

    ResponderExcluir
  7. Querida Vi,
    Nem sei por onde começar, mas quero agradecer a sua delicadeza por ter referido o meu blog neste seu espaço tão agradável e simpático. Confesso que fiquei emocionada. Ainda bem que está a gostar. Esta é uma das coisas maravilhosas da Internet, que nos aproxima e nos permite comunicar, apesar da imensidão do oceano que nos separa. Amei a forma com encara a vida e o entusiasmo genuíno que nutre pelas pessoas. Gosto de pessoas assim, com sentimentos e emoções verdadeiras.
    Um beijo de Portugal

    ResponderExcluir
  8. Oi, lindona :) Eu tenho vários diários que fiz ao longo da minha vida, hoje em dia não vivo sem minhas agendas que são um pouco como diários! Não consigo ficar sem escrever, sem ter onde desabafar.

    Beijocas

    www.vidabonita.com.br

    ResponderExcluir
  9. Só mesmo os antigos álbuns de recordações, fizeram parte da minha vida, diário nunca. Sempre fui mais de pensar e fazer, que escrever, rsrs...O bonito dos blogs é fazer amizades tão especiais, como a nossa!
    Beijinhos e um excelente fim de semana!
    Ana

    ResponderExcluir
  10. Vi querida,
    Tive vários diários e sempre relia tudo que escrevia e amava!Hoje vejo as adolescente,ficam debochando,que coisa mais cafona,dureza!A geração é outra.Muito bom seu post,cheio de carinho
    nos fazendo sonhar com o passado.Vou visitar os blogs que indicou.Obrigada pelo carinho de sempre!
    Um super beijo

    ResponderExcluir
  11. Confesso que já fiquei tentada a deixar o blog. A correria do dia-a-dia, as facilidades e a rapidez que o facebook oferece e também uma certa preguiça, o desinteresse das pessoas em seguir e comentar no blog quase me fizeram desistir. Maristela é que me alertou: tudo vale a pena, todas as ferramentas são válidas e necessárias. Diminuí o ritmo mas estamos firmes e fortes registrando nossos encontros, nossas alegrias, nossos trabalhos. E agora você vem com esse texto tão necessário... Obrigada, querida Vi ! Um grande incentivo! Já não escrevemos quase nada mais, não escrevemos cartas, nem ao menos bilhetes, talvez uma listinha de compras. Que o blog seja eterno enquanto durar. Beijos.

    ResponderExcluir
  12. Eu amava e tinha diários,o meu era cheio de recordações,fotos,colagens. O meu blog também era um diário no começo,mas aconteceram muitas coisas chatas,então resolvi mudar o foco e hoje mostro o meu trabalho,as coisas que eu gosto,coisas intimas só as mais light. Na internet não dá para ser tão transparente assim,a gente nunca sabe quem está do outro lado! Bjss.

    ResponderExcluir
  13. oi Vi e Pepa! Nunca escrevi um diário, acho que não tenho paciência e meu dia é tão corrido que até o blog acaba ficando de lado! Coitado, tá às moscas de novo! Eu mudei de blog, não sei se vocês sabem, tó com outro enrdeço e gostaria da visita de vocês! Passem lá e deixem um recadinho!
    bjsssssssss meninas
    Nina
    costurinhasdanina.wordpress.com

    ResponderExcluir
  14. Vi, meu docinho,
    Vc acredita que estou desde ontem tentando postar o meu comentário e não consigo??? Ufa!!!
    Mas... fiquei muito feliz e emocionada com suas palavras sobre os meus escrivinhamentos! Já estava há um ano e meio sem postar nada, é mole? Tudo aqui por dentro entalando, fervendo, adoçando, azedando, ih, menina, nem conto!!!
    Quanto ao diário... morria de vontade de fazer um e morria de medo que as minhas irmãs ou minha mãe descobrissem!!! Daí, não fazia, não fiz...
    Na adolescência, danei a fazer poesias e textos, que escrevia nas folhas lá de trás dos cadernos da escola! Algumas colegas copiavam e passavam adiante, mandavam para namorados, essas coisas. Na formatura da Escola Normal, aos dezessete anos, fui a oradora e escrevi o discurso que me fez engasgar no começo da leitura, mas peguei no tranco e fui até o fim!
    De lá, para cá, foi sempre esse escreve e pára... tenho que pensar a respeito desses intervalos!
    Mas acho os diários lindos mimos que nos fazemos, né não?
    E você foi muito feliz na sua colocação sobre o testemunho histórico de nossas palavras! Perfeito!
    Bjssssssssssssssssssssssssss, quérida! Deus a abençoa!

    ResponderExcluir
  15. BOA TARDE, COLEGA VI!
    QUE POSTAGEM BATUTA! LEMBRO-ME DE MUITAS COLEGAS QUE TINHAM DIÁRIOS. EU, NUNCA TIVE... GOSTAVA MAIS DAS CHAVES DO QUE DO OBJETO EM SI.
    TIVE CADERNOS DE RECEITAS, DE COMENTÁRIOS DE COLEGAS. SÓ ISSO.
    EI, MOÇA!
    VENHA VER MEU TRABALHINHO EM CROCHÊ. POSTEI HOJE, PASSE LÁ EM "GAM DOLLS (2)" PRA ESPIAR. O CONTEÚDO TÁ BEM BACANA. VOCÊ VAI GOSTAR. :)
    FICAREI FELIZ COM TUA SIMPÁTICA VISITINHA E COMENTÁRIO.
    TENHA UM ÓTIMO FINAL DE SEMANA.
    ABRAÇÃO PRA VOCÊ! :)

    ResponderExcluir
  16. Preciso tomar coragem para organizar o meu... está na minha lista mas nunca começo rsrs Essa postagem me incentivou a começar!

    ResponderExcluir
  17. Vi,

    Escrever, ler, compartilhar, observar, aprender, viver. Os blogs me fizeram muito bem. Tanto pelos contatos fabulosos quanto abrir um pouco de mim para o mundo. É um livro de beleza e mensagens, algo que provavelmente ficará para sempre, para quem sentir falta, saudades, curiosidade, ou mesmo (um dia) uma viagem ao tempo.

    Bom domingo,

    ResponderExcluir
  18. Amo ler todos os tipos de blog mas, aqueles em forma de diário sempre chamam mais a minha atenção. Uma vez inventei de fazer um diário, que se transformou -logo, logo- em semanário e depois em postagem mensal. Meu Deus!!! Que trabalheira.
    Mas, mesmo não tendo dado certo, eu adorei fazer. Minha neta de 9 anos já lê o que escrevo e muitas vezes até dá alguns "pitacos". Adoro.
    Amei o post. Bjks. Neli - Iaia Arteira

    ResponderExcluir
  19. Oi vi, tive vontade de fazer diário qdo era menina, mas nunca fiz, tive cadernos com letras de músicas internacionais (era tão difícil naquela época) frases, caderno de perguntas...
    Tive blog oculto WordPress (aliás o nome era/é Sujeito Oculto) e na maior parte do tempo só teve um moço que me enlouquecia tinha acesso, mas vai ver nem me lia hehehe
    Comentei esses dias em um blog, será que as pessoas estão mesmo interessadas em conhecer outras histórias, o que outras pessoas tem para contar? O mundo tá ficando muito egoísta.
    Tenho refletido sobre isso...talvez sujeito oculto nunca devesse ter saído para papear com o mundo, meu blog na verdade é quase um diário e diários são secretos...ou pelo menos deveriam ser...
    Bom final de domingo, beijos!

    ResponderExcluir

Se você soubesse o quanto nos deixa feliz com suas palavras ,falaria mooooito mais !!!

Se você deixou um comentário e nós ainda não respondemos, não fique chateado, ás vezes demora, mas a gente chega lá !!!
Bjus 1000.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Voltar ao topo