domingo, 13 de outubro de 2013

Comidinhas...porque o movimento fitness não chegou aqui ...

Eu acompanho de um tudo nessa vida internética... e vi que tá rolando uma polêmica sobre as modelos e it girls da vida serem magras demais.

Eu particularmente já passei da fase de querer acompanhar a líder de torcida (porque tenho bom senso e não dava mesmo prá eu ser a líder, srrsrrs) .

Quando tinha meus  20 anos era até cabível querer acompanhar a ditadura de uma ou outra, afinal precisava fazer parte do "grupo"...

Mas hoje beirando os "enta"... não ando muito aí prás ditaduras impostas por um grupelho...

Mas me preocupo demais com o que estão fazendo com nossas meninas... a sua filha, a minha sobrinha, sua neta...

Essas meninas em busca desse "padrão" estão fazendo loucuras, porque querem se adequar ao grupo, e não as julgue, você também já foi assim...

Todos queremos fazer parte do grupo mais famoso, da turma mais legal. 

Mas o preço que elas estão tendo que pagar é muito alto. Na minha adolescência manequim 42 era o normal... hoje é pluz size !!! E quanto menos se come, mais se malha... porque o padrão agora é 34 !!!

Gente, como assim ?? 34 é número para criança, a menos é claro que seu biotipo seja pequeno... mas o padrão brasileiro é mais  "encorpado"...

Eu faço dieta, tenho uma médica que me acompanha, não tenho doenças relacionadas , mas como estava com uma certa dificuldade (leia-se muita comida, rssrsr) ela sem mais nem porque me receitou Fluoxetina... assim como quem receita um analgésico... mas como assim ?? Trouxe o remédio, afinal era uma facilidade...

Mas quando li a bula, sinceramente fiquei arrepiada... não, não vale a "facilidade"...

Então comecei uma dietinha e eliminei 7 quilos, por minha conta sem remédio... 

Mas você acha que uma garota gordinha com uma receita na mão vai pensar nos efeitos colaterais quando quer se enquadrar no "grupo" ???

Então, acho (só acho) que todos nós deveríamos lutar contra a padronização. Ou será que vamos voltar ao movimento " apartheid"... gordos (vestindo 42) de um lado, magros (vestindo 34) de outro ??

Não estou querendo crucificar as "magras" e colocar num pedestal as "gordas"... cada um é único, não dá prá querer que todo mundo seja igual ao que eu "acho" aceitável !!!

Pense, olhe para suas meninas ... elas não merecem passar por isso !!!!


Sim , eu faço dieta... evito coisas que eu acho desnecessárias, mas não me privo de comer bem... e muito bem !!!!


Eu gosto demais daquele Jogo de Panelas da NámariaBraga... mas desde o ínício não curti um participante... achei seus comentários desnecessários para dizer o mínimo...

Mas não posso negar que ele cozinhava bem, e quando vi seu "Porco en Salsa de Mani" me rendi... (primeiro porque era porco, e depois porque era porco,... e eu amo porco, srrs)

E como sou do tipo que tem que ver prá crer, ou melhor comer... fiz e vôticontá ... "The Best"... o melhor pernilzinho que já comi !!!

Cola na receita, pode fazer. Te dou meu total apoio (aproveita e me convida ??? ) 


A Renata do Testado, Provado e Aprovado ensinou a fazer as casquinhas de laranja cristalizada... eu já tinha indicado esse blog como "inspirador" lembra ??

Pois eu comprei limão siciliano, e ele estava com uma cascona grossa que achei que ia dar samba...



 E não é que deu ??? Ficou perfeito. 

Adoro receitas assim, que a gente faz fica igual a ensinada e a gente se sente feliz !!!

E você ?? Me fala... anda de saco cheio dessa padronização também ??
Acha que alguma coisa pode ser feita ?? Ou é melhor deixar esse assunto chato de lado ??

Me fala mesmo, tem dias que fico pensando com meus botões e me achando um alien... um alien querendo remar contra a maré...


Bjus 1000 e uma semana lindaaaaaaaa !!

50 comentários:

  1. Ah, Pepa! O que eu mais fiz a vida toda foi remar contra a maré! E continuo, pois como disse um dia o Paulo Freire, é preferível ser uma pedrinha que um dia ainda fará parar toda a engrenagem a ser uma gotinha de óleo que, bezuntando a engrenagem, fará com que tudo perpetue como está. Acho mesmo que as pessoas perderam o conteúdo, por isso essa valorização apenas do que é exterior. É triste. Massssss as comidinhas.... ai, ai... desejei!
    ;)

    ResponderExcluir
  2. Olha quem voltou!!!! Euuuuuuu!!! Saudades, saudades demais da conta sô!!! E quando vai rolar aquele abraço hein?!!!

    Vamos ao post!! Eu nunca fui da turma do "grupo". Sempre fui alheia as modas em todas as áreas. Sempre fui magra eu sei, mas não por falta de comer. Depois que se passa dos trinta o metabolismo muda e engordei como todo mundo, ou quase todo. Não sou neurótica. Cuido um pouco pela saúde e em manter os níveis dentro do normal. Estou fazendo academia por esse motivo, pois detesto esse ambiente. Acho muito feio os atuais padrões da moda e a ditadura que a TV e meios de comunicação tentam empurrar goela abaixo. Saudades do tempo na Renascença onde uma barriga caída era alvo de pintores famosos retratarem em suas obras a beleza feminina como ela é na maioria dos casos. E todo mundo fica lindo nas fotos com muito Photoshop.

    Fico com pena de pessoas que se "mutilam" em prol da moda. E isso se aplica tb ao consumismo exagerado. Em ter milhares de bolsas e sapatos e as vezes nem usar.

    Bem, já falei um tantão!! Pra comemorar minha volta rsrsrsrs \o/

    Beijos

    Kaku

    ResponderExcluir
  3. Boa noite concordo com você já fui muito magra depois engordei e fiquei gorda pela minha altura hoje emagreci 18 quilos mas só depois que parei de me preocupar com o que os outros pensam e resolvi pensar em mim estava muito pesada 79 quilos e 1.58 de altura agora estou com 60 quilos e comendo para emagrecer mudei algumas coisas mas sem remédio. Faz dois anos que emagreci e estou mantendo o peso mas que cada pessoa tem um tipo físico e que cada um tem um peso e uma forma sua beijos e uma boa semana Eliane Lima.

    ResponderExcluir
  4. Oi Pepa!

    Poucas pessoas hoje em dia não se acham "gordas", mas acho que está havendo um exagero. Eu ando bem acima do meu "peso ideal", mas se eu fosse ficar no tal peso ideal acho que eu não ia gostar. Meu sonho é emagrecer uns 5 kg, mas não tenho trabalhado pra isso. Eu queria apenas deixar de ser ponto de referência; "ali depois da tia gordinha". Putz, ser chamada de tia já é ruim mas tia gordinha é o Ó !! rsrs É claro que tenho que pensar na saúde e quanto mais velha a gente vai ficando vai ficando mais difícil também para perder os quilinhos.
    Vamos ver quando que vou encarar uma reeducação alimentar!

    Beijos, Renata
    palpitandoemtudo

    ResponderExcluir
  5. Achei seu texto ótimo muitas de nossas amigas blogueiras se identificaram com tudo que vc disse, tbm sou uma destas, desde criança, tento me enquadrar no grupo das perfeitinhas, sou meio que escrava dos fitness, mas até gosto sinto falta, quanto a comer, parece que quanto mais "velha" mais fome x ansiedade, as vezes me canso parece que corro em círculos. Será que um dia chego lá ou já virou meu estilo de vida rss. bjs

    ResponderExcluir
  6. Oi, Pepa,

    Acho que os modismos extremos, como esta besteira de chamar de gorda as mulheres que têm peso normal (sim, normal, pois há uma correlação entre o peso e altura que indica uma proporcionalidade natural, normal) são justamente uma das causas dos descontroles referentes à alimentação (anorexia e obesidade).
    É até compreensível que as estrelas de cinema se empenhem em manter um peso baixo, já que é sabido que o cinema e a TV "engordam" as pessoas mostradas. Mas o ideal mesmo era que esses modismos fossem vistos como o que são: preconceito, crueldade sob o pretexto de que devemos ter "cuidado" com a aparência e machismo (já percebeu que de modo geral não há este tipo de cobrança para os homens? rsrs). De mais a mais, as pessoas deviam mesmo era levarem vidas equilibradas em todos os sentido, inclusive quanto ao que comem.
    Este porco está me tentando faz tempo, uma hora dessas ele sai da minha cozinha, rsrs.

    Um beijo, boa noite e ótima semana para você e a Vi!

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  8. Oi Pepa,não fale não,esses dias estou na maior neura com a balança,estou me achando cheinha de mais,mas com pouca força de vontade para evitar as guloseimas. Hoje por exemplo, falei que iria começar uma dieta,aí a tarde fui com meu filho em uma festa na praça do dia das crianças e comi 2 sacos de pipoca doce e algodão doce,pode? Agora está rolando cachorro quente aqui em casa e eu nem cheguei perto. Eu acho que está havendo uma super valorização ao corpo e uma ditadura contra o corpo da mulher. Eles escolhem uma numeração e temos que nos enquadrar nela. Eu ando comprando figurinos,a revista toda vem com roupas com manequins até 42,eu que uso 44 só vem uns 2 modelos de roupa.Bjsss.

    ResponderExcluir
  9. Pois eu tenho a impressão de qualquer hora, vai sair um alien é de dentro do meu bucho. Como horrores, sou indisciplinada para seguir dietas, fazer exercícios, de vez em quando tomo uns gorós, e sou feliz assim.
    Mas penso que devo emagrecer um pouquinho toda vez que uso uma calça jeans. O quadril é enorme e fico com vergonha rs Mas depois que saio de casa e tô na vida, esqueço e pronto.

    Verdade. Passamos a vida toda querendo pertencer a algum grupo. Agora, aos 46 anos, já consigo administrar isso, e consigo filtrar quais grupos vale a pena seguir.
    Fico muito triste quando algum amigo ou amiga sucumbe à tal bariátrica (solução imediatista), estando gordos - não, obesos - e sem nenhuma doença que ponha a vida em risco.

    Gostei do assunto,

    Bjs para as duas!

    ResponderExcluir
  10. Pepa, meu problema era ao contrário, eu era magrela, baixinha e chatinha, nossa... eu já tinha 17 anos e usava calça 34 mas isso me incomodava muito porque na verdade o que as pessoas querem é a perfeição, se você tá mais cheinha: tem que emagrecer, se tá mais magrinha: tem que engordar, se é baixinha: tem que crescer e se é altinha:é jogadora de basquete... Não entendo essa pessoas: estão sempre procurando a perfeição nas outras pessoas e nunca se conformam com o que Deus lhe deu... Na minha infância, minha melhor amiga era uma gordinha, então nos chamava de a magra e a gorda... Eu ficava triste e deprimida com o meu tamanho e minha magreza, mas hoje sou feliz com o que Deus me deu: Tenho 31 anos, 1:55 de altura e peso uns 45 kilos +ou- e até hoje sofro preconceito por ser baixinha. Um xeru pra você e ótimo início de semana.

    http://pedacinhobysandra.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. OI Pepa!!
    Por falta de tempo, estou com mania de fazer um lanchinho de frente ao PC, para ver as novidades de vcs e fico tãooooooo triste qdo estou mastigando uma delicinha e me deparo com este assunto delicado de dieta!!!!! toim toim toim Mas concordo com vc, tô fora das neuras, passei da criança magrela prá adolescente gordinha 42, mas nos recém inaugurados 50, resolvi que vou ter toda a eternidade para ser magérrima, então, estou feliz com minhas dobrinhas,virou um caso de amor ,eu e elas!!!
    Bjs e boa semana prá vc e prá Vi!!

    ResponderExcluir
  12. Em penso em primeiro lugar na Saúde. Sempre fui magrela, pesava 49k na adolescência. Casei, continuei magra. Tive filho, engordei pouquíssimo e depois perdi rapidamente o peso ganho.
    Continuei magra. Não tinha peito, nem bunda rsrrs só pernas grossinhas.
    Atualmente estou no peso normal para minha altura e idade (segundo a Endocrino) e eu gosto também de estar assim. Não como nada frito, nem gorduras. Minha alimentação é bem saudável. Só piso na bola com bolos!!!!!!!!!! Minha perdição, mas só nos finais de semana. Pois é, não devemos ser escravas do corpo perfeito, isso não existe! Cuidar da saúde e aproveitar a vida, sem neuras. Uma linda semana para vocês. Beijos.

    ResponderExcluir
  13. Vc está correta pepa, tbm me preocupo com essa padronização desumana e cruel, e fico vendo minha filha de apenas 9 anos querendo ser uma modelo e isso me preocupa, nunca foi gordinha, nunca fiz dieta, ams no momento estou em reeducação alimentar com a nutricionista mas não faço disso uma neura, como de tudo e evito ficar falando perto das crianças, incentivo minha filha a ser ela mesma, ser feliz! E essas receitinhas heim!!! Deu água na boca por aqui, acho q vou testar rsrs
    bjks

    ResponderExcluir
  14. Oi Pepa bom dia querida!!!
    Eu também penso como vc, tenho pena dessas meninas que vivem a ditadura imposta pela sociedade de que o lindo é ser magérrima, aliás acho que toda mulher tem que ter um pouqinho de "sustância" não é mesmo??? ninguém gosta de uma taquara rachada...rsrsrsrs...e ainda mais a custa de um sacrificio tão grande e muitas vezes nocivo a saúde. Meu manequim é 40, confesso que gostaria de eliminar umas gordurinhas abdominais, mas com 4.8 já fica mais dificil disso acontecer, já tá encalacrada a coisa uai.
    Estou feliz assim e não me privo de nada, como tudo o que tenho vontade e mais um pouco daquilo que gosto muito....hehehehe....a eu sei lá quanto tempo de vida eu tenho, já pensou eu morrer com vontade de comer alguma coisa...vou ficar com remorso!!!!!
    E essa carninha de porco é uma perdição.
    Dá um beijão na Vi.
    Bjos e fique com Deus,
    Marlene

    ResponderExcluir
  15. Pepa,
    Olha que eu sou magra e pequena e meu manequim é 36/38! Não sei como esse povo consegue entrar num 34!!! Já usei 34 mas quando eu era bem mais nova e odiava. Pois quando se está magra demais até para comprar roupa é dificil, tudo fica feio. Não entendo como elas se acham lindas com o corpo esquálido! Acho simplesmente ridiculo isso. Manequim 42 é super normal! Manequim tipico brasileiro que é de 42/44!!! Temos quadris largos, não dá para entrar numa calça 34 jamais!!!
    Beijos
    Adriana

    ResponderExcluir
  16. Amada Lia! Sou pelo equilíbrio, sempre...Depois dos "enta", a gente só engorda nos lugares errados, rsrs...Então, tem que cuidar um pouco, fazendo melhores escolhas, mas sem passar vontade...Sou adepta do "UM", rsrs...Como o que gosto, mas só um!
    Vale a pena buscar qualidade de vida, saúde...Mas, se preocupar em ficar perfeita por fora, não deixa tempo para ser feliz por dentro...
    Babei no porquinho!
    Beijinhos e linda semana!
    Ana

    ResponderExcluir
  17. Olá meninas,
    Olha eu tenho me considerado gordinha, mas no fundo não sei se realmente estou, ou se é por causa das pessoas que me rodeiam (leia-se família), apesar de serem tudo fora de forma, todas as vezes que me veem cismam em comentar "como vc está gorda", e isso realmente desanima...eu até então nem ligava, mas de um tempo pra cá, me senti meio pesada, isso quando fui comprar uma calça e precisei de um numero maior, aí eu decidi me controlar.
    Mas claro que com uma receita na mão tudo ficaria mais fácil, e se eu que beirando os enta penso assim, imagina uma garota de 15 como a minha filha que veste o mesmo que eu???
    No fundo eu acho que devemos aprender a nos enxergar por dentro e, ser feliz do nosso jeito, sem se preocupar com o que falam (só eu sei o quanto é dificil seguir isso).
    Tenha uma maravilhosa semana, beijos

    ResponderExcluir
  18. He menina talentosa no tacho!!!!

    Deve ter ficado the best!!!

    Bjks e boa semana

    Sonia

    ResponderExcluir
  19. Oi Meninas,
    Primeiro, gostaria de agradecer a visita, obrigada, todo carinho faz com que nossa dor seja amenizada! E a fé em Deus também fortalece muito...
    E sobre o post, acreditem no que vou dizer agora, eu usava 34 e me sentia mal, horrorosa, odeio magreza, me incomoda, qualquer comentário do tipo: Nossa como você é magra! ou O que você faz pra ser tão magra? - Já estragava meu dia, minha semana...Sofri muito com tudo isso e desenvolvi um distúrbio alimentar contrário à anorexia, eu como demais pra ficar "gordinha" porque sofri demais com meu biotipo e na minha mente a beleza é contrário ao que essa maioria por aí dita como regra!
    Dos 43 kg em 1.69, passei para 75 Kg! Do manequim 34 passei a usar 44! O resultado pra mim estava perfeito, mas eu estava com um peso acima do indicado pelos médicos e realmente, meu corpo sentiu os resultados, porque eu só comia e não fazia nenhum exercício físico, passei a ter pressão alta (com 33 anos!), pré diabetes e problemas nas articulações!!! Vejam o que a mente faz com o corpo!
    Hoje faço terapia, trabalho essa visão distorcida que tenho de mim mesma, porque eu tive que emagrecer e daí, quando me olho no espelho, mesmo com o peso ideal para minha altura eu me acho magra demais, entendem? Tenho a inversão da anorexia, onde as meninas se olham e sentem-se gordas! Eu emagreci, estou com 63 Kg, mas me sinto magérrima, queria os 75 ou mais!
    Então, eu acho que a sociedade atrapalha demais as pessoas, porque se são gordas, todo mundo cai de pau em cima, são colocadas de lado mesmo, mas também se são magras, na hora de comprar uma roupa, TODO MUNDO REPARA no manequim, e isso é desconcertante, pelo menos no meu caso!!!!
    Ai, falei demais né!!! kkkk
    E as receitinhas...adoro!!!! Fiz pernil ontem, e a gente se acabou de tanto comer!!! kkkk
    Beijinhos garotas, adoro vocês de montão!!!

    ResponderExcluir
  20. Então, eu estava no manequim 48 quando iniciei a dieta, hoje estou no 44/42. Gosto de estar magra porque sinto dores no joelho quando estou acima do peso. Usar 34 soa como exagero pra mim, o importante é se sentir bem, estar bem por dentro, tudo ajuda, tudo flui. Não importa se você usa manequim 44 ou 34... Beijos viu

    ResponderExcluir
  21. O que realmente importa é você ficar bem! Gorda, magra, cabelo liso ou pixaim! Seja feliz e não tente ser igual a ninguém! Cada um é único na sua criação divina!

    ResponderExcluir
  22. Oiê!!!!
    Estou em falta por aqui..., mas precisei me reorganizar e estou curtindo a visita da sogrinha que veio de Minasssssss..rsrs Mas logo me atualizo e vejo o que perdi.:D

    Eu já perdi 20kg sem ajuda de remédios, sou contra, por uma questão de saúde mesmo. A não ser que o caso seja outro, tireóide por exemplo. Tem que ser diagnosticado o motivo do sobre peso..
    E correr atrás do preju, fazer tratamento, etc. Por modismo não faço mesmo!
    Sempre fui grande e quadris largos, então não adianta querer entrar no manequim 38(muito menos 34) que não vai rolar nunquinha da Silva...Só se serrar meu amado quadril....rsrsrs
    Essa padronização é chato mesmo...fico triste de ver tantas meninas lindas deixando de viver o melhor da vida por um modismo. Minha sobrinha de 18anos faz aikido e tem um corpo lindo e come muuuuito...rsrsr. Nunca pensa em modismo e tenho orgulho dela, linda e loira e com uma cabeça de 25,30, se cuida por saúde!!Muito legal!
    Agora vamos as receitas, oh my, o que fazer com essas receiteenhas delícia, pinar né?rsrsrs
    Vou te contar, minha sogra fez pão de mandioquinha salsa ontem e aprendi a receita, p r e p a r a, que logo que colocarei a mão na massa...rsrsrs

    bjs e uma linda semana]
    Paty

    ResponderExcluir
  23. Meu sonho é ser gorda (manequim 42.................kkkk). Sério já tomei a tal Fluoxetina mas não foi para emagrecer e sim para me acalmar surtei quando mudei para o interior e conseguia ir a qualquer lugar em 5 minutos, sem transito e à pé...kkk Nesses 5 anos engordei muito deixei de ser gorda plus zise (42) e fui para um astronomico manequim 46. Hoje luto em prol da minha saúde (controlar taxas) e para isso preferi reduzir quantidades e investir em atividade física, assim posso comer o que gosto, com muita moderação.

    Eu vi esse programa. Adorei essa receita, mas confesso que esqueci de ir atras. Vou testar.

    Muita Luz e Paz
    Abraços

    ResponderExcluir
  24. Boa tarde Pepa!!!
    Boa tarde Vi!!!
    Que receitinhas mais saborosas...
    Amo me alimentar, comer de tudo um pouco.
    Mas nestes últimos meses, fiz promessa para não comer mais carne vermelha. (Deus sabe o motivo) e doces no momento estou evitando. Mas peraí, não estou concorrendo a líder de torcida não. (risos) Médico pediu para não ficar ainda mais "fofa" então estou controlando a boca. rsrsrs Tudo para não atrapalhar meu tratamento. Uso 46, confesso que se voltasse ao 44 ficaria mega feliz. 42??? Vixe, acho que se usei foi na fase de crescimento, afinal nasci gorda e espero morrer gorda, pois se morrer magra podes ter certeza de que perdi muitos kilos na reta final da vida e por problemas sérios de saúde.
    Sou a favor sim de controlarmos a alimentação quando está nos prejudicando, mas fazer loucuras para estarmos da dita "moda" isso já é brincar com a saúde. E já brinquei muito com minha saúde na fase da adolescência. Agora tenho mais consciência...assim espero. rsrsrs
    Feliz e Abençoada Semana!!!
    Bjokas...da Bia!!!

    ResponderExcluir
  25. Oi Pepa,
    Tenho visto muito absurdo mesmo, no que diz respeito a peso e padrão estético.
    Cada coisa horrorosa, que as vezes em perguntam onde estão os pais?
    Nunca tive problema de engordar, já fui magrela e achava chato rs
    Hoje e dia, estou tentando me alimentar melhor e cortei um monte de coisas, pois estava exagerando (uma caixa de bis por dia é exagero???rs)
    Gostaria de perder aquilo que me incomoda, mas já descobri que sem atividade física, só milagre rs

    Essa receita deve ser gostosa...coisa de gourmet.
    Acho mais fácil você me fazer e me chamar para comer aí. rs
    Se depender das minhas artes culinárias, tadinha de você rsrs
    Adorei a sua explicação do porque gostou dela rs

    Eu gostaria de ter feito muito mais nas 'férias' , mas a lista era tão grande que nem a metade...
    O tema foi novo para mim também, rs Melhor para criar!
    O Leo aproveitou muiiiito!rs

    Te adoto, em janeiro combinado!!!rsrs

    Eu agora só vou atualizar 3x por semana, mal comecei e já estou atrasada nas visitas rs
    bjs
    Ótima semana pra vocês!

    ResponderExcluir
  26. O assunto é chato porque parece que o mundo inteiro está correndo atrás disso. Não tenho nada contra as gordinhas nem contra as magrinhas. O que acho errado é essa sangria desatada "faço qualquer coisa", para emagrecer, etc. A sociedade (nós) impomos tantas coisas para nossa vida que não tem lógica. Presente no dia das crianças, presente no Natal, consumo, consumo, consumo. Acho que no final tudo gira, gira, gira para acabar num consumismo desenfreado. Cada um deve cuidar apenas da sua vida, do seu corpo e deixar que os outros decidam se querem vestir manequim 34, 40, 50, 60. A intervenção deve ocorrer apenas quando a saúde está em risco.
    Chega né? Lia e Vi, beijão para vocês.

    ResponderExcluir
  27. Aí Querida,
    Ando viu...
    Confesso que queria ter o corpinho de volta, mas depois de ficar doente, sei que não vou voltar a ser a magrela que pesava 49 e nunca tinha chegado aos 50...
    Preciso me cuidar, senão, viro uma bolota agora, por conta da cortisona de todo dia por resto do transplante...(até durar o transplante)...então...é comer melhor e não se privar de nada não...por que eu posso te dizer, a vida sem saúde não é vida.
    Beijos...e gamei nessa casquinha de limão siciliano...vou fazer qualquer hora.
    Quanto ao porco...mamys faz...nem me arrisco.

    ResponderExcluir
  28. Oi Pepa os comentários sobre o post rendem vários posts né, enfim eu tb não sou a favor da ditadura tenho uma prima que acho o máximo ela é gorda mesmo e adora ser gorda, não tem problemas com o espelho eu acho que as pessoas tem que se aceitar como são, meu marido chatonildo vive falando para eu não engordar enchendo meu saco sabe, mas eu nem ligo, não só pq não sou gorda, pq não ligo mesmo eu gosto de mim e eu fui seca muitos anos muitos mesmo seca de pesar 45 kilos gravida de 7 meses, eu não acho isso normal e adoro pesar entre 55 e 58 kilos, o que para as manequins 34 é uma 42 entende!! vejo pessoas da minha altura se matando para pesar 44/45 kilos, gente que é magra pq é magra é até bonito,mas as que fazem muita coisa pode ver fica com cara de doente!!
    e hoje todo mundo voltou a postar

    Um eu amei a cara deste pernil

    bjs

    Gélia

    ResponderExcluir
  29. Eu como meeeesmo!
    Tá, depois que fiz a cirurgia da vesícula reduzi bem, mas dieta, regime, faço não.
    Cuido da saúde: tenho asma e quanto maior o sobrepeso, mais difícil é pra respirar.
    Mas acho que estou relativamente bem pra minha idade e com meu histórico familiar. E é isso que falo pras minhas filhas, que, graças a Deua, não tem essa neura de ser gordinhas.
    Abraços, meninas lindas do meu coração.

    ResponderExcluir
  30. Pepa, não tiro nem acrescento nada no seu texto. Você falou tudo e muito bem.
    Sempre fui magra, pequenininha. O máximo que pesava era 52kg, o que para minha altura, coxas e bumbum era muita "gostosice". Até ter os 3 filhos, não passava disso. Depois do hipotireoidismo, aos 36 anos, comecei a engordar e assustei quando cheguei perto dos 80 kg. Estava uma pipinha.
    Agora controlo bem, há anos não saio dos 74, que ainda é muitíssimo, agora estou baixando, mas o ideal é chegar aos 62 kg, que ainda me deixa cheinha, mas bem disposta e menos que isso não dá mais. rs Tenho filhas na faixa dos 30 e poucos anos que andam bem tranquilas quanto a se cuidarem sem a ditadura de serem magérrimas.
    Enfim, culpa da mídia, culpa de mães que até exigem a magreza das filhas, pensando menos na saúde e mais na estética. Pessoas detestáveis, eu acho.
    Beijo e sempre mais sucesso em busca do equilíbrio e de um corpitcho que a agrade, em primeiro lugar, e não aos padrões.

    ResponderExcluir
  31. Concordo com tudo....e acho que o padrão tem q ser o de cada um - o padrão em que a gente se sente bem, saudável, inteira. E o padrão da gente muda com o tempo, né? Antes da Kerstin nasce eu pesava 17 kg menos que hoje. Aquele não é mais meu padrão - nem o queria mais! Mas bem que luto aqui com uns 3 quilinhos (não me xinga, tá?), pq tô com um mooooonte de roupa não servindo mais e não tô podendo renovar todo roupeiro, kkkkk. Hum...e essas comidas - com certeza não deixaria dee xperimentá-las!!!! Minha irmá faz essas casquinhas e ficam deliciosas! Bj

    ResponderExcluir
  32. Vc está certa, essa imposição é cansativa e já deu no saco!
    O importante é ser feliz com saúde, independente de padrões.
    Eu sou gordinha, emagreci um monte, fiquei felizona, confesso que faz um bem enorme ao ego, mas n é facil manter...por conta da perda do meu pai voltei a engordar...agora preciso correr atras do prejuizo nao por modismo, mas pq dei as roupas de gorda embora e me ferrei kkkkkkk

    Adorei o post, to contigo companheira!

    Beijo proce e pra Vi

    ResponderExcluir
  33. Vc falou tudo!
    Mas os dias de hoje não estão fáceis e esta ditadura da magreza não pega só as menininhas, tb contagia as mais experientes tb.
    Agora, o porco...eu tb a-do-ro porco e vi esta receita e achei mará.
    Bjs

    ResponderExcluir
  34. Tá difícil conviver neste mundo cheio de gostosuras a nosso alcance e ter de nos privar delas. Antigamente não tinha condições de comprar, hoje que tenho, não posso comer porque faz mal, porque engorda... mas não ligo para padrões, Pepa, sou como você evito as coisas desnecessárias, mas de vez em quando até estas besteirinhas entram no cardápio, pq não sou de ferro. bjk

    ResponderExcluir
  35. Amiga eu sempre me preocupo com a facilidade das pessoas comprarem remédios para emagrecer, onde trabalho a maioria delas receberam receitas para medicamentos "contra ansiedade"...será que reeducação alimentar e exercícios não dão conta? Eu sei que é difícil...mas quando achamos que é necessário vale o esforço, não pelos outros ou por conta da mídia, mas por nós mesmas.
    Bjnhs no ♥

    ResponderExcluir
  36. Abaixo a ditadura! viva a ditamole! brincaderinha bobinha, rsrs
    tudo o que você disse é pura verdade.
    eu sempre fui gordinha, cheiinha, fofinha e mais adjetivos. Era; olha você tem um roso bonitinho... mas precisa emagrecer. Agora já sex, (6.0) sou uma sra. balofa, Reconheço. Eu devia ter me policiado mais, talvez se eu fosse rígida na alimentação , ficasse anoréxica . Não sei, mas não estaria assim.
    sou contra remédios, já tomei fórmulas, quando tinhas 34 anos. fiquei quase maluca! Emagreci, mas joguei o remédio fora. Tenho acesso aos médicos, mas sou relaxada, adoro comer bobagens.
    Meu cérebro é gordo, se emagreço, logo penso que estou doente. Minha mãe era magra, menos de 40 quilos, e queria filhos gordos e saudáveis. o Resultado foi esse.Todos me cobram que eu emagreça, pois agora pago o preço , a saúde não está tão bem como eu pensava.
    Nossa Pepa, isso virou um confessionário!Sobre o porco, tu sabes, sou vegetariana. Não como, mas para quem gosta, é um bom prato.
    bjs
    (gordinhos)
    Zizi

    ResponderExcluir
  37. Oi Lia, oi Vi
    Eu to precisando urgente de dieta, já fiz muitas loucuras, quase todas as que os gordos se submetem para emagracer, hoje em dia estou repensando em tudo isso.
    Beijos queridas.

    ResponderExcluir
  38. Querida Pepa,
    Nós somos gordinhas e felizes e sei que devemos preocupar com a saúde.Estou fazendo esforço,
    mas sem stress.Amei sua postagem!Está carne e a casquinha de limão,da um belo samba.Uma bela
    semana(sem gostosura)kkkkkkkkk.Beijo no seu doce coração.

    ResponderExcluir
  39. Olá Lia e Vi!
    Concordo em genero e grau, quando tinha até uns 20 anos eu pesava 49 kilos comendo de tudo e não engordava de forma alguma, cheguei até desfilar.
    Após os 20 comecei a engordar e como era muito magra achei bom rss, mas não me cuidei e cheguei ao sobrepeso, e tive alguns probleminhas de saúde por causa disso, nem tinha chegado na obesidade...
    Bom, com tudo isso aprendi a ter uma alimentação saudável, procurei uma nutricionista e eliminei 7 kilos, não quero ser magra como eu era, afinal sou alta, e o importante é ter uma vida saudável, claro que busco um peso ideal para a minha altura, mas nada de magreza excessiva.
    Infelizmente, a mídia tem focado o manequim 34 como o almejado por todas as mulheres, não priorizando saúde e bem estar, sendo que o excesso de magreza pode ocasionar até mesmo a anorexia, também não quero falar que ser magra é ruim, ou mesmo ser gorda. Mas vejo que as pessoas estão esquecendo de ter uma vida saudável com qualidade para seguir padrões de beleza que muitas vezes não irão lhe trazer uma vida saudável.
    Humm...passei aqui e fiquei com fome rss...preciso anotar umas receitinhas!!
    Bjss

    ResponderExcluir
  40. Olá Vi...
    Obrigada pela visita!
    Bjs grandes...
    Rê Ascenso!!!

    ResponderExcluir
  41. oi Pepa!! Concordo plenamente com vc!! Também sou do tipo grande, mas sou saudável e feliz com meu corpo!!!

    ResponderExcluir
  42. Oi Vi!
    Obrigada! :)

    Eu já vi aplicado em paredes de cozinha logo acima da bancada e estão resistindo bem.
    Um local que respinga água direto.

    Aqui em casa temos muito problema com umidade no inverno.
    Aquela parede está isenta de umidade até hoje rs
    Mas já tive problemas com o espelho ao lado.
    Como depois de dois anos a parede estava perfeita e lisinha, arrisquei.
    Qualquer problema te conto rs
    bjs,
    Ótima noite para vocês.

    Pepa..e o braço?
    Melhorou!
    Esqueci de falar, coisas da vovó rs
    Conhece 'picrato de butezin' ?
    O nome é horrível rs, mas é ótimo para queimaduras.
    A vovó cozinhou até os 98 anos de idade e quando algo acontecia, lá vinha ela com o braço amarelo rs
    Na época passava esse tal aí de cima, líquido. Agora acho que tem pomada!
    Resolvia heim rs
    Se não adiantar pra nada, deve dar vida longa rsrs
    bjs pra vocês!

    ResponderExcluir
  43. Bom dia meninas!
    Também amo carne de porco... e a apresentação desse prato tá lindo!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  44. Some of the most influential numbers we have around are Toll Free Numbers. You can either rave about a product that just worked for you or vent your total disgust if you thought it was trash.

    ResponderExcluir
  45. OI PEPA, OI VI!!!
    EU VIVO COMENDO E VIVO DE DIETA... RSRSRS... NINGUÉM ME AGUENTA!!! MAS SOU FELIZ COM MEUS PNEUZINHOS QUE NÃO DESCOLAM DE MIM!!!
    RECEITINHA BOA!!! HUM!!!!

    BJINHOS, MENINAS LINDAS!!!

    ResponderExcluir
  46. Oi Pepinha, somos duas alienígenas rsrsrsrsr
    Sou fora do padrão, cuido da minha alimentação, como sabes não sou muito fã de doce, de resto não me privo de nada (também gosto muitoooo de um porquinho rs). Fazendo atualmente caminhada por questão de saúde, atividade física hoje não é luxo, é necessidade, ainda mais depois do "enta", e roupas: Visto 42, mas geralmente compro 44, detesto roupa grudada no corpo (minha irmã, linda e maravilhosa briga comigo por conta disto) aí eu canto "Tô nem aí, tô nem aí..." rsrsrsrs.
    Saudades... Bjo neste doce coração de menina!

    ResponderExcluir
  47. Olá meninas !!
    Dieta?? Só após o nascimento dos filhos, não faço nunca, como de tudo, porém, pouco. Meu estômago é pequeno demais e diante disso o pouco que como me satisfaz, só preciso me alimentar várias vezes,se não fico fraca... chocolate?? diariamente, amo!! Concordo com a Kaku, consumismo e imposições "tô fora"!!!
    Meu filho, tem amiguinhas que as mães as proíbem de comer, só para se manterem magras, achei que isso era só em novelas rsrs.. mas existe sim, e elas vem na minha casa pra comer bolo de chocolate, macarronada... vc acredita?? e o pior de tudo.. elas são magéeeeeerrimas!
    Parabéns pela postagem... adorei!!
    Bjus flores e até mais..

    ResponderExcluir
  48. Pepinha linda... 'vorti'... (eu acho! rs)
    Como está seu braço? Imagino a dor... :(

    Mulher, tô achando que o molde desse tal 34 é diferente do que a gente conhece, pq não é possível mesmo! Outro dia a 'Namaria" usou uma calça 34 com a etiqueta pra fora, pra provar a numeração. Desacreditei!
    Numa das minhas dietas malucas, fiquei pele e osso e usei no máximo 38.
    Hj em dia nem conto qual o manequim... hahahaha... abafa!
    Mas tb gosto de comer, essa é a realidade. Claro que os kilinhos a mais incomodam, especialmente no verão, mas a questão saúde é mais importante mesmo.
    Eu voltei a comer alguns docinhos (rs), mas tb incluí de vez muita salada e legumes, coisas que não comia diariamente.

    Esse porco é bom mesmo? Não sou muito chegada na carne suína, mas como tb! rs
    O docinho, salivei aqui.
    Bjns
    :)

    ResponderExcluir
  49. OI Pepa, eu faço dieta, mas vivo escorregando e me liberando para s prazeres da boa comida. Adorei essas comidinhas.
    beijos
    Chris
    Inventando com a Mamãe

    ResponderExcluir

Se você soubesse o quanto nos deixa feliz com suas palavras ,falaria mooooito mais !!!

Se você deixou um comentário e nós ainda não respondemos, não fique chateado, ás vezes demora, mas a gente chega lá !!!
Bjus 1000.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Voltar ao topo