quinta-feira, 12 de setembro de 2013

Colhendo flores do campo..


Oi Girls and boys, Vi, escrevendo..

Queridas e queridos, dia desses lembrava que, quando criança minha mãe ia visitar uma amiga, que morava em uma chácara.

Para chegarmos lá, tínhamos que passar por umas trilhas, atravessar uns campos..


Tinha aquelas flores, que a própria natureza cultiva, eu ia colhendo e fazendo um bouquet ..



E quando chegávamos na casa dessa amiga da mamãe, eu dava o bouquet para ela..

Porque em lembrei disso?

Porque ganhamos alguns livros da Zizi Santos do blog By Zizi..

E um desses livros, é daqueles que vai ficar grudado comigo, pois é sobre plantas..

Acho que devia ter estudado agronomia no lugar da eletrônica..

Sou apaixonada por natureza, amo subir em arvores..

Mas a vida é assim, tem coisas que seguem caminhos diferentes, e não adianta buscar muitas explicações o jeito é viver a vida levemente..

Mas falando sobre os livros que ganhei da Zizi ..

Livro: Jardinagem, Antonieta Barreira Cravo, 368 paginas.



Esta obra é um guia para a jardinagem, com ilustrações, traz a descrição de diversas plantas de jardim, indicando os diversos nomes pelos quais é conhecida, as regiões onde pode ser encontrada e as condições favoráveis a seu crescimento. O preparo da terra, a extração das mudas, os enxertos e o envasamento são alguns dos temas práticos abordados.

Amei, vai ser meu "companheiro de roçado" ..kkkkk 

Livro: Doidão, José Mauro de Vasconcelos, 97 paginas




É a continuação da historia do Zezé do livro 'Meu pé de laranja lima', relata a fase adolescente para a fase adulta, descreve sobre o primeiro amor,  a rebeldia, o medo de perder alguém que ama e etc.
O livro é curto, facil de ler.

Livro: O Mar nunca transborda, Ana Maria Machado, 276 paginas.




O livro conta duas historias paralelas, uma acontecendo nos dia atuais e outra desenrolando pelos seculos, contando a historia de gerações, abordando diversos temas, desde escravidão à especulação imobiliária.
Livro facil de ler e cativante.

Sinopse: Liana é uma talentosa jornalista que trabalha na sucursal de uma revista brasileira em Londres. Além dos percalços da profissão, tem de lidar com as mesquinharias do mundo corporativo, repleto de trapaças e disputas. Porém, a vida na capital inglesa e o namoro com o fotógrafo Tito são o respiro para que a personagem possa narrar a história de suas raízes. 
A protagonista recupera lembranças de família dos séculos que atravessam um refúgio no litoral capixaba, desde o encontro entre os índios e os primeiros portugueses, até a especulação imobiliária do século XX. Ao mesmo tempo, o romance conta a história da própria protagonista, mulher independente, dividida entre os novos rumos que o presente lhe oferece e a fidelidade ao passado, que fez dela o que ela é.
Em Londres, Liana conta a história de Manguezal dos Reis Magos, paradisíaco trecho da costa capixaba onde havia passado a infância, e terra onde sua família havia estabelecido raízes desde os bisavôs. Sua escrita, construída a partir de lembranças e narrativas que passaram de geração a geração, atravessa cinco séculos de história do Brasil, resumindo naquele cenário a complexa trajetória do país ao longo de quinhentos anos. 
Quando seus irmãos decidem vender a propriedade do bisavô, Liana se vê diante de uma questão decisiva: transformar em dinheiro o cenário de sua infância, radicando-se em Londres, ou permanecer fiel àquele passado, aberta a uma nova história de amor, como tantas outras que se fizeram à beira daquele mar?
As duas narrativas avançam em paralelo, até que o passado toque o presente. Índios, brancos e negros, invasores, jesuítas e colonos, escravos fugidos, imigrantes europeus e até uma criança que surge na praia, sem nenhuma explicação, mesclam-se e povoam o paradisíaco Manguezal. E é essa cidade que exigirá que Liana decida se está pronta para fixar-se em Londres e no amor, ou se é preciso manter as possibilidades em aberto. Fonte:sinopsedolivro.com/2013/04/o-mar-nunca-transborda.html

Livro: Orgulho e preconceito, Jane Austen



Já li o livro e comentei sobre ele, aqui (link), mas agora que ganhei, vou guardar com carinho e daqui uns meses releio, kkkkk, pois quem já leu Orgulho e Preconceito sabe, como a historia de Elizabeth e Mr. Darcy é apaixonante..

Vou me despedindo de vocês
Obrigada pelo carinho e atenção..
 muitos beijos..

Meu carinho para vocês:
Tchau,Vi

30 comentários:

  1. Ah! Tão bom ler ......... viajamos sem sair do sofá rsrsr
    Gostei desses livros, vou colocar na minha lista.
    Tenho vários sobre plantas, e a flor Dama da Noite leva à minha infância, tão saudosa: meu pai acordava todos nós para ver a flor desabrochando .... porque pela manhã ela já estava murcha.
    E ganhar livros é maravilhoso!
    Aproveite o fim de semana que está chegando.
    Beijos querida.

    ResponderExcluir
  2. Menina!!! Não sabia que tinha continuação do livro "Meu pé de Laranja Lima"! Este livro marcou minha vida, adoro e adoro tb Orgulho e Preconceito e sou muito fã! Adorei seu post, recordações, vida! Parabéns!
    Beijos
    CamomilaRosa

    ResponderExcluir
  3. Oi, Vi!
    Que livros ótimos!
    Ontem, fiz uma comprinha básica na Estante Virtual e foi o suficiente para dormir com um sorriso...hehe...
    Verdade, às vezes, seguimos caminhos tão diferentes... Somos múltiplos, temos interesses diversos, é normal trilhar muitos caminhos diferentes ao longo da vida. :)
    Beijos,

    ResponderExcluir
  4. Oi Vi, meus alunos colhem flores do gramado do colégio e me dão de presente, coisa boa ser criança né? Amei as dicas de livros.bjs.

    ResponderExcluir
  5. Oi Vi.
    Realmente muitas vezes os caminhos são diferentes mesmo. Amei as dicas, queria ler todos. Preciso me organizar mais... Rsrs.
    Bom restinho de semana.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  6. Oi Vi que bonitinho, acho que toda criança gosta de colher flores pelo caminho né, a Julinha quer fazer isso todo dia, passamos por uma praça no caminho da casa da babá...A Zizi é uma fofa, tb ganhei uns mimos dela...
    Que agente possa sempre colher as flores que plantamos né vc e a Pepa são assim espalham simpatia e colhem amizades pelo caminho.

    bjs

    Gélia

    ResponderExcluir
  7. Oi Vi, eu não conhecia este livro, que é a continuação do "Meu pé de Laranja Lima" (eu li e me emocionei!). Vou procurar para ler, é claro. Obg pelo post compartilhando sobre uma das coisas que amo fazer: LER.
    Beijos. Tenha uma linda tarde, amiga. Bjus pra Pepa, viu?

    ResponderExcluir
  8. Ahhh como é bom quando relembramos fatos da infância....dá uma saudade né???
    Enquanto lia seu post...fui recordando de algumas coisas também...é delicioso..obrigada pelo post tão gostoso...
    Tbém não conhecia Doidão...vou providencia a leitura....
    Amo ler...é uma verdadeira viagem a mundo desconhecido!!!

    Beijocas
    Andressa
    http://pimentasdocepimentas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oieeee Vi a natureza é bela não é e tranquilizadora...
    Também gosto muito de estar no meio de plantas...
    Que ótima coleção de livros hein...
    Amooooo ler rsrs...
    Bom restinho de semana pra você e pra Pepa...
    Beijinho meninas...

    Francine

    ResponderExcluir
  10. Infância é tudo de bom mesmo... Eu adorava o seriado "Meu pé de Laranja Lima", mas nunca li o livro e a natureza com não amar?

    Um xeru pra você e outro pra Pepa.
    http://pedacinhobysandra.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. OI Vi
    Tenho várias lembranças de colher flores. Uma delas é do meu filho que já com 1 aninho(assim que começou a andar) já colhia as flores do jardim da minha mãe...
    Hoje com 13 anos ele sempre que vê uma flor, traz pra mim. Já tenho um vidrinho para isso...rsrs
    Já a Dama da Noite, lembro demais da minha avó...passeava com ela e quando sentia esse cheiro ela falava uma poesia...bom demais lembrar de tudo isso.

    Livros sobre natureza deve ser maravilhoso, nunca li, nenhum...guardarei as dicas.
    Parabéns pelos livros e ótima leitura!
    bjs e uma linda tarde
    Paty

    ResponderExcluir
  12. oi Vi, tem alguns terrenos baldios perto de casa que têm "flores cultivadas pela natureza" e por conta disso sempre estou ganhando este tipo de florzinha da minha filha.

    Acho que a leitura nos preenche, nos leva para locais inacessíveis... pena que ando tão cansada que não estou conseguindo ler, ultimamente tenho dormido sentada.
    bjk

    ResponderExcluir
  13. Oiii Vi, boas lembranças, lembrei quando ia pegar pitangas e guabiroba com a minha mãe indo p fazenda, lá em Minas no cerrado, frutos que dão no mato! rss ai que saudades! Bjooooosss e valeu pelas dicas!

    ResponderExcluir
  14. Oiii!
    Lendo teu relato, lembrei quando era criança, me perguntavam que dia tu nasceu? eu respondia: na primavera, gosto do mato do cheiro de terra molhada e das flores, mas subir em árvores eu subia, mas depois de estar lá encima eu sempre pensava e agora para descer?!!! kkkkkkkkkk medrosa!!
    Bjuss sempre muito bom estar aqui!

    ResponderExcluir
  15. Oi Vi,
    Que legal, não sabia sobre a "continuação" do livro Meu Pé de Laranja Lima, eu era fã desse livro quando criança.
    Você acredita que nunca li Orgulho e Preconceito, nem o filme eu vi, não sei porquê, mas romances não me inspiram...rs, mas minha irmã é fã de carteirinha, e já leu trocentas vezes.
    bjs

    ResponderExcluir
  16. Oi queridas

    Adorei aquele caminho, com as pessoas. Me fez lembrar, que quando era criança, andava-se muito pra fazer visitas e ninguém reclamava, era tão bom.

    beijo carinhoso

    Regina Célia

    ResponderExcluir
  17. Olá Vi!
    Que semana recheda de presente para vocês :-)!!
    Minha infância também foi repleta de lugares com plantas, e hoje aprendi apreciar ainda mais elas!
    Boa leitura!!
    Bjss

    ResponderExcluir
  18. Oi Vi.
    também passei minha infância na fazenda de meu pai, adorava brincar de pé descalço, subir em arvores, ir no curral, que tempos bons me fez reviver, o bom foi que minhas filhas ainda aproveitaram a vida na fazenda também, cresceram com as mãos na terra, os fins de semana lá eram uma festa.
    Bjs.
    Silvia

    ResponderExcluir
  19. Oi Vi eu tb passei minhas infância bem assim, aliás onde eu moro é tão pequeno que pra quem vem da capital acha que aqui é roça...heehehehe....não é pra tanto tb né!!!
    Mas é verdade aqui temos muita natureza, todo mundo é amigo e conhecido de todos, as crianças ainda brincam na rua, ainda não temos poluição e então podemos dizer que vivemos num paraíso.
    Parabéns pelos presentes.
    bjos e fique com Deus,
    Marlene

    Ps. Bjos pra Pepa!!!

    ResponderExcluir
  20. que post lindo!

    Uma lindo e abençoado FDS pra vc...

    bjks

    blogdabiane.com.br

    ResponderExcluir
  21. Quantos buquêzinho fiz nessa minha vida,adorava fazer isso quando criança,e colocar nos vasinhos das bonecas!!
    Também gosto muito de livros de plantas!!
    Beijinhos Vi e um lindo fim de semana =)

    ResponderExcluir
  22. Claro que admiro seu conhecimento de eletrônica (principalmente porque não entendo nada e acho muito complicado), mas acho que vc tem tão mais a ver com livros e com flores!
    Amei os presentes!
    ;)

    ResponderExcluir
  23. Querida Vi,
    Como você consegui tocar os nossos corações!Uma coisa que me lembro bem,
    era quando passávamos por lugares onde a mão alcançava colhia flores para
    alegrar a pessoa que visitaríamos,hoje não se ver mais.Que pena!Acho que
    você seria uma ótima professora de agronomia,por se expressar tão bem.Belos
    presentes.Um maravilhoso e abençoado final de semana.
    Beijo grande

    ResponderExcluir
  24. Eu sou apaixonada pela historia de Elizabeth e Darcy! Orgulho e Preconceito.
    Tenho o livro e o dvd, não me canso de ler e ver o filme...bjossss

    ResponderExcluir
  25. Me lembrou visitas à casa de uma tia, que cultivava flores lindas...Dália, boca de leão, palma, que não se vê hoje em dia nos jardins...Adorei saber sobre os livros, sempre dicas valiosas...
    Beijinhos, Ana

    ResponderExcluir
  26. Vi,...alguma vez ouvi dizer ou li que havia este livro do J.Mauro, mas nunca fui atrás! Amo Meu Pé....e vou comprar Doidão! Muito obrigada por me trazer esta alegria! Bjs

    ResponderExcluir
  27. Oiiiii... Nooooossa Vi! Vc deve ter uma biblioteca imensa né?! Vc já pensou em abrir um sebo? Meu irmão está abrindo um aí em SP,na rua Augusta,se quiser, depois te passo o endereço por e- mail,tá?

    Eu não sabia que a dama da noite não pode ser plantada ao lado da janela dos quartos...aff...é exatamente aí que minha mãe plantou....hahah...e eu amava ficar lá com o nariz enfiado entre as grades da janela do quarto dela cafungando aquele perfume maravilhoso... Tá escrito que é nocivo! Vai ver que é por isso que eu sou doidona desse jeito...de tanto cheirar o perfume da bendita flor....rsrsr

    Valeu a dica da proteína de soja na farofa,vou pesquisar....vivendo e aprendendo!

    Beijos pra vc e pra Pepita

    ResponderExcluir
  28. Vi que legal é otimo quando ganhamos presente principalmente quando é algo que gostamos e a Zizi é uma fofa pessoa querida tambem por mim.
    Saiba que nunca é tarde para se estudar ou melhor acho que a pratica é melhor .. né sobre plantas. beijos

    ResponderExcluir
  29. Que legal! Ganhar livros é tudo de muito bom, eu amo ler!
    Bjos, Lú.

    ResponderExcluir
  30. Amei essa parte da sua infância, Vi!
    e esses presentes ai??? tudo de bom hein!!!
    bjsss querida, tenha uma linda semana!

    ResponderExcluir

Se você soubesse o quanto nos deixa feliz com suas palavras ,falaria mooooito mais !!!

Se você deixou um comentário e nós ainda não respondemos, não fique chateado, ás vezes demora, mas a gente chega lá !!!
Bjus 1000.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Voltar ao topo