terça-feira, 27 de agosto de 2013

Baba, baba, baba...

Não, pera...

Aposto que você já ficou imaginando que eu ia escrever sobre a "canção" da Kelly Key né ??

(e nem venha me dizer que não conhece que não é tão velha assim, hum ...)

Mas hoje estou falando dessa Baba aqui ó :


Baba ao Rum 

" Hoje um doce comum na França, o baba ao rum surgiu de uma espécie de salvamento, uma tentativa de deixar mais saboroso um bolo seco afogando-o em vinho. O rum veio com a evolução da receita.
Conta-se que ele foi criado por Nicolas Stohrer, em Paris, na primeira metade do século 18. O primeiro registro do comércio desse doce remete à sua própria doceria Stohrer, casa que ainda existe no coração da capital francesa... 

A receita, explicada no livro "Larousse das Sobremesas" precisa ser feita em duas etapas com um intervalo médio de 48 horas. E não economize no rum, lembrando que ele é a alma dessa sobremesa há mais de dois séculos." (fonte e receita original)


Na verdade a minha Baba, não é a Baba verdadeira... é uma versão rapidex do bolo famosão...

Porque quem me conhece sabe que 48 horas é tempo demais né ?? rsrsrs


No meu ao invés de passas, coloquei damasco e tâmaras que é o que tinha no momento... eu não pus calda, porque não gosto de nada que contenha bebida ...e a geléia usei a de laranja ao invés de damasco...

Daí você pergunta :

Porque cargas d'água fazer uma receita totalmente modificada ??

Porque eu adoro a massa desse bolinho... ela tem uma textura diferente dos bolos normais, acho que por conta do fermento biológico... só por isso, rsrsrs

Quer anotar minha versão ?? 

Baba ao rum

15 gramas de fermento biológico fresco
1 colher de sopa de leite morno
1 pitada de sal
1/2 colher de sopa de açúcar
50 grs. de manteiga
3 ovos ligeiramente batidos
1/2 xícara de amido de milho
1 xícara de farinha de trigo
1 colher de chá de raspas de laranja
1/2 xícara de uvas passas

Calda

1 xícara de açúcar
1 xícara de água
 casca de um limão
1/4 de xícara de rum

Cobertura :
1 vidro de geléia de damasco

Dissolva o fermento no leite, junte o sal, o açúcar, manteiga, ovos e mexa bem. Junte os ingredientes secos e misture bem ( a massa fica molezinha mesmo ) . Acrescente as raspas e a uva passa. Coloque a massa em uma forma de furo central  untada. Cubra com um pano e deixe crescer até dois dedos da borda da forma. Leve ao forno médio por 40 minutos (mais ou menos) até dourar a superfície.

Ferva todos os ingredientes da calda e despeje sobre o bolo ainda quente e na forma. Desenforme depois de frio e cubra com a geléia. 

Se quiser sirva com chantili...

Fica bom, pois a massa fica quase sem açúcar e a geléia dá um tchans, se você não gostar ou não puder com nada alcoólico, pode fazer a calda sem a bebida, lembrando que a Baba não será ao Rum !!!

Então é isso, baba ao rum sem rum, porque eu nunca faço nada como deve ser feito, rsrsrs


Bjus 1000 e uma semana linda para todos !!

36 comentários:

  1. rssss...adorei essas modificações todas e que no fim dá tudo certo! Isso é o melhor da receita! bjs,chica

    ResponderExcluir
  2. Olha eu fiquei curiosa para experimentar a massa deste bolinho, e como sou louca por chantili vou colocar...hummmmmmmm,

    Bjs..Janini

    ResponderExcluir
  3. Ainda bem que eu acabei de almoçar
    Ainda bem que eu pensei,vou almoçar antes de visitar as meninas Pepa e Vi
    Ainda bem que eu nem tô com vontade...ô babandooooo com essa baba!!!!
    Queroooooo
    Assim não dá! Agora vou passar a tarde toda pensando nisso...
    Beijooo meninas

    ResponderExcluir
  4. Estou de dieta...assim vc me mata!Ui, que vontade que deu!!bjs.

    ResponderExcluir
  5. Pepa, fiquei curiosa pra saber como fica este bolo com fermento fresco, isto é novidade pra mim, acho que vou fazer para experimentar. Você é como eu, gosta das coisas pra ontem e se não tem um ingrediente substitui por outro.
    bjk

    ResponderExcluir
  6. Oi Pepa que delicia, e que diferente aliás bem que tu falou mudou tudo rsrsrs, mas com damasco deve ficar bom mesmo hein!!

    bjs

    Gélia

    ResponderExcluir
  7. Maldade de vocês ficarem postando um bolo desses...Que delicia que deve ser esse bolo... babei e muito aqui. E as modificações que fizeram acho que só fez o bolo ficar melhor ainda, eu também não gosto de bebidas em bolos não..
    Beijos
    Adriana

    ResponderExcluir
  8. Querida Pepa,
    Meu Deus!Quer nos matar com esta gostosura na hora do meu café da tarde,você é
    maldosa.Fico imaginando quem estar na dieta,deve estar descabelando e com a
    boca cheia de água.Amiga belíssimo bolo e vou te confessar.nunca fiz esta massa
    e nem comi,mas engoli ele inteiro pela tela kkkkkkkkkk!Amei a receita!Qualquer
    dia vou fazer!Ótima tarde com toda essa gostosura.Fique com Deus.
    Beijo grande

    ResponderExcluir
  9. Ohhhh Lord! ...rsrsr

    Oque que eu vim fazer aqui nessa hora...nesse dia de chuva...cinzento...friorento... E com fome???...Sofrer né?! ...rsrsr

    Vale colocar essa calda num bolo pullman de laranja??? ....rsrsr

    Bjs

    ResponderExcluir
  10. Ah Pepinha me mato de rir com vc!!

    Uma boa cozinheira é aquela que sabe adaptar um prato. Pegar uma receita e seguir é fácil.

    Saudades dos seus cookies.

    Falta de menos de um mês...ebaaaaaa!!!

    Chega logo 21 de setembro, quero abraçar as amigas pessoalmente!

    Ah e se a mocinha do sorteio não aparecer eu aceito os prêmios tá??? kkkkkkkkkk

    Beijão.

    ResponderExcluir
  11. Oi Pepa,
    Eu não cozinho nada e mudo todas as receitas que vejo.
    Principalmente no quesito açúcar (mesmo quando tem pouco) rs
    Quem sabe, pode!
    48 horas?
    Já até perdi a vontade de comer rs
    Eu não consigo esperar massas descansarem por 2 horas, em dois dias até esqueço o que estou fazendo rs
    Na dúvida, já comecei a cruzar os dedos de novo por aqui rs
    bjs pra vocês!
    Que música é essa? rsrs

    ResponderExcluir
  12. Oi Pepa, oi Vi!! ó de olhar esse bolinho já fiquei com a boca cheia d´água... parece tão bom, vai para minha listinha, amo testar bolinhos diferentes. Vamos ver se dá certo, pois eu não me dou muito bem com esse fermento... mas vamos tentar, né?!!
    Bjos, Lú.

    ResponderExcluir
  13. Você sempre apronta,rsrs...Mexeu, mexeu e ficou com uma cara tão boa, tão gostosa...Deu vontade de comer, acompanhado de um chá bem quentinho, que aqui gelou outra vez...Teclando por força do amor, porque os dedinhos já não obedecem mais, rsrs...
    Beijinhos, amada!
    Ana

    ResponderExcluir
  14. Babei e muito, viu? Fala sério, que bolinhos mais lindos de deliciosos!!!
    Dei uma passeada pelo blog e amei as coisitas que a Virgínia reciclou. Os vasos ficaram muito lindos! Os presentes que vocês ganharam são muito fofos! E a suqueira? Maravilhosa!
    Bjão pra vcs, meninas!!!

    Marlene
    Ah, pena que não ganhei o sorteio! Snif, snif,quem sabe no próximo, né?

    ResponderExcluir
  15. Agora eu morri! Minha barriga roncou kkkk. Que delícia!
    Bjocas

    ResponderExcluir
  16. Mas com certeza eu babei...adorei esta receita e vou fazer, pode ter certeza!
    Beijos
    CamomilaRosa

    ResponderExcluir
  17. Oi Pepa e Vi
    Acho que esse bolinho deve ficar maravilhoso, claro com toque especial de mãos de mulheres de Deus, fica tudo uma delícia abençoada...

    Bjos florzinhas

    ResponderExcluir
  18. Ai, guria!
    Acabei de me babar!!
    Isso deve ser demais de gostoso!
    Huummm... tô com uma fome....

    Beijinhos!!

    ResponderExcluir
  19. Olá queridas

    Nossa, que delícia!!!!!!Esse doce é tudo de bom, além de ficar tão lindo.

    beijo carinhoso

    Regina Célia

    ResponderExcluir
  20. Oi Pepa!

    hahaha, eu não pensei na música...eu lembrei foi da Nina, da Avenida Brasil, que fez Baba ao Rum para a família Tufão. (que saudade).
    Mas vocês estão cada vez mais torturadoras, hein? Querem ver a gente babando...Deu água na boca!

    Beijos, Renata
    palpitandoemtudo

    ResponderExcluir
  21. Isso Pepa!! O segredo é ser criativa!! Obrigada por mais essa delícia!! Bjs!

    ResponderExcluir
  22. Gostei da fofura deste bolo. Vou experimentar fazer assim com esse fermento.
    E adoro damasco.
    Não conhecia esse tal Baba ....... rsrsr
    Beijos para vocês.

    ResponderExcluir
  23. kkkkkkkkk... tô rindo aqui!
    48h é uma vida (já pensou os 10 dias do Pão da Amizade? rs).
    Bem, eu 'nem' queria, tá? #sóquesim
    Adorei todas as modificações... hahaha! Tb sou assim, só que nem sempre dá certo, no meu caso.
    Bjsssssss
    :)

    ResponderExcluir
  24. Bom dia Pepa!
    Eu não poderia morar perto de você nunca... eu não resistiria a tanta tentação...
    Meu deu água na boca... hummmmmmmmmmmm...
    Fica com Deus!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  25. Que maldade.
    olhando esse bolinho que nunca provei, mas que deve ser delicioso, babei sim e muito, isso é maldade Pepinha.
    Bjs.
    Silvia.

    ResponderExcluir
  26. Não babo muito não, porque não tenho gula por doces, no máximo chocolate meio amargo (tipo: ataque de desejo por chocolate). Eu gosto de alguns sabores de bolos caseiros.

    Beijos

    ResponderExcluir
  27. Oi, Pepa,

    Aiaiai adoro baba ao rum, estava até pensando em fazer um, dia desses, rsrs. Também adoro a textura de "pão" desse bolo, acho que ela é um dos encantos dele. Este post me fez rir, por causa da menção às 48 horas, sabia que o panetone verdadeiro fica levedando 72 horas? rsrs. O seu bolo ficou com um aspecto maravilhoso, deu água na boca.

    Um beijo e boa tarde!

    ResponderExcluir
  28. Hummmm parece uma delícia e com essa geléia hein...ohhhh tentação...
    Ja vou anotar aqui no meu caderninho de receitas a sua versão hehe...
    Bom restinho de semana pra vocês queridas...
    Beijinho

    Francine

    ResponderExcluir
  29. Pepa
    to contigo! adoro modificações
    as vezes dá errado, rsrsrs
    mas eu concerto , faço uma gambiarra, e pronto
    (no bolo , é claro)
    São 48 horas de amor, então. O bolo , a geléia e o rum.
    Dá pra sentir daqui que ficou delicioso!
    bj
    Zizi

    ResponderExcluir
  30. Não conta pra ninguem, mas sou capaz de comer um desses sozinha, kkkkkkkkkkkkk # a egoista.
    Nunca usei esse tipo de fermento em massa de bolo, mas se vc diz que fica bom...vou tentar,
    Beijinhos

    Blog da Gullo

    ResponderExcluir
  31. Pepa é de babar mesmo! adoro modificar receitas, nem sempre acerto kkkk .Bjos.

    ResponderExcluir
  32. Na hora que comecei ler pensei: 48 horas? Du-vi-do que ela esperou tudo isso rsrssr
    Não deu outra rsrsrs
    Eu gosto de uma bebidinha, embora nunca tenha provado rum na vida...
    Agora já quero rsrsrs

    beijosss

    ResponderExcluir
  33. Hum , babei com certeza rsrsrs
    Ah eu sempre dou um toque em algumas receitas também...minha sorte é que dá certo...kkk
    Sempre gosto de receitas com frutas e damasco é uma delícia, gosto de rum em trufas e bolos...deve ser perfeita com damasco, nunca provei.
    Obrigada pelo carinho de sempre no blog viu, pode me chamar de Paty com certeza ^^ e estou longe das friagens..rsrs, pode deixar :D

    bjs e um lindo dia!

    ResponderExcluir
  34. rsrs... ri com força!!
    Que música é essa mesmo??? vcs não existem... adoro!!
    Que gostoso poder rir... e confesso não paro... é bom demais da conta!!
    Parabéns, show de receita hein!!
    Bjkas!!

    ResponderExcluir
  35. Ai, ai... tô aqui me acabando de desejo por esse bolo com a maior cara de gostoso! Eu sou super insegura na cozinha e faço tudo tim-tim-por-tim-tim de medo de dar tudo errado. Acho lindo vc modificar tudo e ainda nos apresentar uma belezura dessas!
    Abraço, bom fds!

    ResponderExcluir
  36. Tu és muito chique, Pepa! A receita é sofisticada demais pro meu mundin rsrs
    Queria era provar esse daí, ô cara boa!

    Na verdade, sou insegura pra esse tipo de receita. Vou te contar um segredo: nunca usei fermento biológico rs

    bjs

    ResponderExcluir

Se você soubesse o quanto nos deixa feliz com suas palavras ,falaria mooooito mais !!!

Se você deixou um comentário e nós ainda não respondemos, não fique chateado, ás vezes demora, mas a gente chega lá !!!
Bjus 1000.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Voltar ao topo