terça-feira, 27 de julho de 2010

Papai e mamãe ??????

Quando soube do caso do filho da Cissa Guimarães, fiquei estarrecida, como única sensação plaúsivel para se sentir num momento desses. Senti a tristeza, da forma que só quem perde alguém muito importante na sua vida pode sentir.  Orei e ainda oro para que o Senhor conforte o coração dela e de tantas outras mães que perdem seus filhos de forma tão abrupta... Por que sempre ouvi minha mãe dizer que uma mãe nunca deveria enterrar seus filhos. E ponto. Terminaria ai...
Mas quando ouvi que alguém ofereceu ( ou pediu... que importa ??) um dinheiro para encobrir um delito tão grave, fiquei chocada. Mas não pelo caso isolado do filho da atriz... mas por imaginar que quantos casos semelhantes acontecem, quantas mães sem mídia, sem teto sem ninguém que grite por elas sofrem a mesma dor e por ai ficam, como se o fruto que saiu do seu ventre valesse dez, cem, um milhão de reais, o dinheiro que fosse pois a questão não é o valor, a questão é moral... Fiquei down, e nos últimos dias nem ânimo para postar encontro, pois sempre vejo o semblante de dor dessa mãe, que é famosa, mas imaginando a dor de tantas mães que enterram seus filhos, enquanto outras pagam para que seus filhos fiquem livres de qualquer condenação por seus atos indignos.
Hoje de madrugada estava lembrando de uma palestra que a Polícia Militar fez na minha escola, quando ainda estava no primário, eu tinha sete anos de idade e nunca mais me esqueci... o policial exalando confiança e segurança (para nós era quase o Super Homem) dizia para nós afastarmos das más companhias, para sempre dizer não ás drogas ( que naquela época as drogas não eram essa calamidade que assola nosso mundo...) e isso ficou gravado na minha mente, ele tirou o quepe e disse:
-Quando vocês virem esse chapéu, com essas iniciais "PM", lembrem-se sempre que só queremos o bem de vocês. Porque qual a primeira palavra que vocês lembram quando veêm PM  ??
E as crianças em uníssono :
- PAPAI e MAMÃE !!!
- Isso mesmo quando virem um policial, podem sempre confiar, pois somos seus papais e mamães fora de casa...

E isso foi há trinta anos atrás...

(* meus posts sempre trazem uma foto, mas desta vez, acho que foto nenhuma poderia expressar a minha tristeza e amargura diante destes fatos )
Bjus 1000.

9 comentários:

  1. muito triste mesmo...
    os tempos são outros...
    o canibalismo moral assola o mundo...
    e salvo raras excessões, de pai e mãe como protetores a policia não tem nada...
    pra falar a verdade hoje não sabemos o que amedronta mais:
    os bandidos ao qual podemos pedir a prisão ou os bandidos de farda que se escondem atrás de um distintivo e tem "fé legal" onde a palavra deles vale muito mais que a nossa!!!
    uma verdadeira inversão de valores...
    uma inquisição modernizada...

    por isso me mantenho afastada das noticias de tragédia... n me fazem bem e não posso fazer nada contra... não é uma questão de ser alienada ou não me importar!!!
    simplesmente não tenho poder para mudar a situação então prefiro não me "envenenar" se é que me entende!!!
    não quero esse lixo no meu mundo!!!

    bejoka e fique bem querida!!!
    infelizmente esse é o mundo que vivemos!!!

    ResponderExcluir
  2. Não consigo nem me imaginar numa situação destas,por isso que todos os dias agradeço a Deus por ter ao meu lado minha família..acho que enloqueceria...!!!Eu também me senti comovida e que Deus aquiete este coração tão sofrido neste momento!!
    Quanto a história dos PM..achei uma graça!!
    Beijos,
    Mery!

    ResponderExcluir
  3. Muito triste mesmo...
    Sem palavras...
    bjuuu

    ResponderExcluir
  4. É pra ficar chocada mesmo Pepa.Tanto sofrimento para essa mãe e uma história que devia ser bem diferente...
    Fica com Deus.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  5. Depois de tantos post seus acho que esse me marcou muito, não por ser mãe, mais pelas suas palavras tocarem fundo a angustia de que isso acontece como mais frequencia de que a midia consegue publicar...
    Que deus esteja conosco...
    bejos

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Gostaria de convidá-la p/ conhecer meu cantinho.
    Estou começando agora, devagar e até c/ algumas dificuldades...mas chego lá, ainda vou ficar boa nisso.
    Espero que goste e se gostar será um prazer tê-la como seguidora.
    Grande abraço.
    http://pequenaarteira.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Muito obrigada, Pepa!
    E quem disse que vc não é prendada?
    Meu Deus! Tem mãos de fada na cozinha. Se eu cozinhasse um tiquinho como vc, meu marido seria tãããão feliz, rsrs.
    Grande abraço.

    ResponderExcluir
  8. OI AMiga ... é triste mesmo o que aconteceu,eu tb chorei,tb fiquei deprê.... com a história em si,num dia seu filho tá lá ,no outro vc vai enterra-lo no cemitério...sua mãe tinha muita razão em dizer que uma mãe nunca deveria enterar seu filho,pois essa não e´a ordem natural da coisa.O mundo,a violência ,a impunidade estão aí para ficar...vai ser muito difícil arrancar esse mal do mundo em que vivemos....
    e o futuro parece promissor(pra pior)...
    Eu só tenho uma esperança,e vc sabe qual é.... Jesus!!!
    Mas não fica assim não amiga,histórias como essa acontecem pra que pessoas possam abrir os olhos...
    vc é especial e mora no meu coração...
    Amo vc:)
    Bjinhos....

    ResponderExcluir
  9. eu costumo visitar quem me segue...rs!
    Pepa, a dor da Ciça é inimaginável como falei.
    e quem dera, ainda pudessemos ver um PM e acreditar que ele quer o nosso bem.
    prazer em conhecer!
    volto depois pra fuçar tudo por aqui - ando numa fase artesanal, querendo muito retomar antigos prazeres
    bj!

    ResponderExcluir

Se você soubesse o quanto nos deixa feliz com suas palavras ,falaria mooooito mais !!!

Se você deixou um comentário e nós ainda não respondemos, não fique chateado, ás vezes demora, mas a gente chega lá !!!
Bjus 1000.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Voltar ao topo