quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

A flor do meu coração


 
Uma das milhares de coisas que aprendi com minha mãe, foi podar roseiras, e eu aprendi direitinho, apesar de todas estarem bem idosas (tem mais de 20 anos), tem dado botões e rosas lindíssimas. Ela sempre gostou de flor no pé, quando eu ia colher alguma para colocar no vaso ela dizia :-Já foi depenar a roseira é ..., pois agora eu também só gosto de vê-las no pé, lindas, formosas, perfumadas como minha mãe sempre gostou... no meio das plantas é onde eu sinto mais a falta da minha querida, no lugar onde ela despejava todas suas emoções, onde plantava e colhia, de onde trazia mandiocas para fazer uma sopa que só os meus irmãos experimentaram, já que quando nasci ela já não plantava mais... como ela sempre disse quem mandou eu escolher uma mãe velha (a 30 anos, uma mulher de 40, era considerada velha para ter filhos). Pois eu fui privilegiada por poder conviver com tanta inteligência, sabedoria, e na sua "velhice", aprendi tudo o que sei hoje, a sua "velhice" formou o que sou hoje.
Foi minha melhor amiga, sempre mãe, mas minha melhor amiga. E me faz tanta falta...

0 comentários. Clique aqui para comentar!:

Postar um comentário

Se você soubesse o quanto nos deixa feliz com suas palavras ,falaria mooooito mais !!!

Se você deixou um comentário e nós ainda não respondemos, não fique chateado, ás vezes demora, mas a gente chega lá !!!
Bjus 1000.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Voltar ao topo