14 de janeiro de 2021

Como estar no país das maravilhas.

          Oi Girls and boys, Vi, escrevendo..


Queridas e queridos hoje falaremos de Lewis Carrol o autor de Alice no País das Maravilhas.


Nasceu em 27 de janeiro de 1832 e morreu em 14 de janeiro de 1898.
A ideia do livro Alice surgiu em 1862, em um passeio de barco no rio Tâmisa e Alice com apenas 10 anos, pede que Lewis Carrol conte uma história para ela.
Em 1864 ele faz o primeiro o manuscrito  Alice's Adventures Underground, que passou por mudanças, sendo acrescentado cenas do Gato e do Chapeleiro.


Os dois livros infantis de Lewis Carrol tem muitos enigmas, muitos problemas matemáticos e trocadilhos que só fazem sentido na língua inglesa.(livros: Alice no país das maravilhas e Alice através do
espelho).

Eu não li os livros, só assisti o filme, achei legal os efeitos especiais, mas o roteiro não me cativou, acredito que essa história de estar perdida seja algo que incomode meu inconsciente.

                                   Vou me despedindo de vocês
  Obrigada pelo carinho e Atenção ..
muitos beijos ..
                                     Meu carinho para vocês: 

                                                  Tchau,Vi

4 comentários:

  1. Não vi o filmes nem li os livros. Decerto que ambos (filme e livros) serão fascinantes de ver e ler.
    .
    Pensamentos e Devaneios Poéticos
    .
    Abraço

    ResponderExcluir
  2. Oi Vi, li quando criança e uma versão do filme já moça, tenho a sensação de que não captei a parte subliminar que dizem existir. Se depender de minha visão, meu bolso e minha disposição acho que não lerei, infelizmente, acho que ficarei no lúdica possível para uma criança lá da minha infância.
    Abração!

    ResponderExcluir
  3. Gostei bastante da publicação!! :))
    --
    Sonhos guardados, matizados...
    -
    Beijo, e uma feliz tarde! :)

    ResponderExcluir
  4. Sou apaixonada por Alice, tanto no País das Maravilhas quando em Do Outro Lado do Espelho. Me sinto muito Alice na vida, vez em sempre me pego relendo o livro, acho impressionante como um clássico da literatura não se cansa de nos dizer algo relevante.

    ResponderExcluir

Se você soubesse o quanto nos deixa feliz com suas palavras ,falaria mooooito mais !!!

Se você deixou um comentário e nós ainda não respondemos, não fique chateado, ás vezes demora, mas a gente chega lá !!!
Bjus 1000.

Subir