6 de junho de 2019

O que esta acontecendo com nossos jovens?

Oi Girls and boys, Vi, escrevendo.. 


Queridas e queridos assisti um vídeo que a Tatis Ambiente postou no Face, que me fez pensar sobre essa geração, uma geração que apesar de as vezes parecer feliz, exuberante, na realidade esta insatisfeita, infeliz, e digo isso porque o índice de suicídios desses jovens tem aumentado em índices alarmantes, assista o vídeo, Uma tragédia silenciosa: 



Lembrei dos Menudos, um grupo musical dos anos 80 e 90 que cantava 'não se reprima', foi nessa época que surgiu a geração não se reprima.

Tem que falar tudo que pensa, desconstruir valores, não obedecer regras, ver os pais como iguais, como amigos, ninguém é autoridade...

Na semana que passou, dois crimes horríveis chamou minha atenção, uma mãe teve um surto, jogou a filha de 3 anos da janela do 5º andar.

O outro caso, foi a mãe que matou o filho de 9 anos e esquartejou.

São mães que tem a idade entre 25 e 35 anos, que se enquadra na geração não se reprima.

Geração que não sabe lidar com as angustias, frustrações, perdas da vida, que não sabe qual o papel dela dentro da sociedade.

Geração que não sabe viver em sociedade, porque simplesmente não respeitam ninguém  e acreditam que o mundo tem que girar em volta deles.

E essa geração vem formando outra geração, os filhos do Smartphone ou órfãos da geração não se reprima.

Então assisti outro vídeo, do psicólogo Rossandro Klinjey, que ele comenta sobre a geração não se reprima que gerou a geração filhos do Smartphone.
  

Vale a pena assistir os dois videos e meditar sobre eles.


Vou me despedindo de vocês

Obrigada pelo carinho e atenção..

muitos beijos..

Meu carinho para vocês:

Tchau,Vi

4 comentários:

  1. Vi, um tema forte e dá muito pano pra manga e reflexão! Gostei dos vídeos e faz bem parar e pensar pois pro futuro ainda pode ajudar! bjs, lindo fds! chica

    ResponderExcluir
  2. Que texto, quantas reflexões! Ontem eu estava justamente conversando sobre esses assuntos com meu marido. É preciso atenção na criação das nossas crianças, não podemos deixar as coisas soltas... e é necessário que a família esteja empenhada nesse processo! Eu venho me esforçando bastante nesse sentido e cada dia busco melhorar. É algo que tem que ser diário e, se não nos atentarmos perderemos o rumo.

    ResponderExcluir
  3. Excelente postagem, Vi! Mudanças intensas de estrutura familiar e tecnologia resultam e no futuro será pior ainda, incertezas, insegurança, insensibilidade e ansiedade.

    Vi, vc deu uma espiada no número de rastreamento que mandei por email?
    Consta carteiro não atendido, será que amanhã terá alguém em casa? É que tem plantinha viva dentro :D
    Abraço!

    ResponderExcluir
  4. Ótimo texto! Vejo pais inseguros, criando notáveis déspotas...Tenho medo do futuro, com criaturas de umbigos gigantes...
    Beijos, Ana

    ResponderExcluir

Se você soubesse o quanto nos deixa feliz com suas palavras ,falaria mooooito mais !!!

Se você deixou um comentário e nós ainda não respondemos, não fique chateado, ás vezes demora, mas a gente chega lá !!!
Bjus 1000.

Subir