6 de setembro de 2018

Acessibilidade em locais públicos.

Oi Girls and boys, Vi, escrevendo..

Queridas e queridos continuando sobre o assunto acessibilidade, adequação, qualidade de vida de idosos e pessoas com limitações
físicas, vamos falar como é a acessibilidade dessas pessoas em lugares
públicos, o que é feito para que a pessoa possa frequentar e usufruir de
alguns locais.

Apesar de existir rampa e elevadores em muitos locais públicos aqui em
São Paulo, nem sempre essas rampas obedecem o padrão determinado,
a rampa é colocada em caso de fiscalização, não para facilitar o acesso de pessoas com limitações.


Parece que alguns setores ainda não entenderam que a população está envelhecendo, e infelizmente com esse fato, sempre vêm as limitações.

Mas deixando um pouco as rampas de lado, quero falar sobre algo que tenho observado em alguns supermercados.

A mudança da altura das prateleiras ou gondolas.

Não sei se essa mudança foi pensada para favorecer pessoas com algumas limitações, ou foi só uma questão relacionada a segurança ou a vendas.


Existem pesquisas que provam que ter produtos na altura dos olhos vende mais, por isso é que eles enchem de quinquilharias e guloseimas na boca do caixa.

Mas independente dos motivos, essa mudança na altura das prateleiras
vai favorecer as pessoas que tem limitações, elas vão poder ver e acessar os produtos com mais facilidade.

Eu me lembro e não faz muito tempo que a maioria dos supermercados tinham prateleiras que quase chegavam no teto do estabelecimento, tanto que existia escadas especiais para que um funcionário tivesse acesso ao produto.

Fotos Pinterest
Atualmente, aqui onde eu moro, já observei pessoas com limitações sendo assessorada por um funcionário para auxiliar nas compras.

Acredito que alguns comércios já estão se adequando a uma nova fase, onde a população é mais velha e precisa de mais cuidados e atenção.

E você já notou mudanças nos comércios próximos a sua casa?


Vou me despedindo de vocês

Obrigada pelo carinho e Atenção ..

muitos beijos ..

Meu carinho para vocês: 

Tchau,Vi

5 comentários:

  1. Oi Vi! O mercado aqui perto de casa deu uma boa melhorada na logística, as prateleiras baixaram bastante, os corredores ficaram mais largos e deu a sensação de que é muito maior. A comunicação visual também melhorou, letras maiores, vi carrinho motorizado, mas não sei quantos.

    Por causa da condromalacia nos joelhos me deparo sempre com problemas de acessibilidade, nos 4 cartórios que fui ano passado, só um era no térreo, os outros todos com escadas e sem acessibilidade. Eu até subo, me custa inflamação, dor e anti-inflamatórios por uma semana...E quem não consegue mesmo?

    Sem contar os motoristas que para o ônibus longe da calçada, dificultando a descida paras idosos, pessoas com crianças e pessoas com limitação. Acham que limitação é só para quem é cadeirante. Triste.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  2. Ola VI, otimo falar sobre isso, eu fico preocupada porque é dificil ver melhorias voltadas à população. Sinto falta especialmente nas calçadas que são verdadeiras armadilhas, sempre estou torcendo meus pes, tudo desnivelado e esburacado e digo isso de um dos bairros com iptu mais caro, Leblon . Um desastre. Acho que existe convenio com ortopedistas e fisioterapeutas.

    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Oi Vi, sempre falo sobre este assunto.
    Aqui onde moro, um lugar com moradores de classe média alta (não que eu seja rsrs) e a maioria bem jovem.
    Nós mais idosos (moro aqui há quase 40 anos), não temos tanta facilidade, e se tiver um problema de saúde que limite um pouco, é um pouco complicado. Mercados estão se ligando nisso, mudando aos poucos.Parece que precisam envelhecer para olhar esses "detalhes".
    E vamos lutando para que tudo fique melhor para todos.
    Obrigada pelas lindas flores.
    blogjoturquezzamundial
    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Boa tarde, colega Vi!
    Aqui onde moro, não tem muita acessibilidade não. As prateleiras nos supermercados continuam altas e certas vezes, temos que pedir pra alguém pegar. Rampas nas calçadas mesmo, umas tem e outras não. Ainda não estão dando a devida atenção a esses detalhes. Que bom que ao menos por aí algumas melhorias já são visíveis. :)
    Ei, moça!
    Tem postagem novinha lá no meu blogue também. Dê uma passadinha por lá, confira!
    Ficarei feliz com tua visita e comentário, sempre tão gentis.
    Te desejo uma nova semana produtiva e bem bacana. Abração pra você! :)

    ResponderExcluir
  5. Oi Vi, bom dia!
    Nos mercados eu até já notei alguma diferença sim, mas o descaso nos degraus dos ônibus (alguns altos demais p/os idosos), as dificuldades encontradas nas calçadas (muito esburacadas e algumas até com rampas como proteção de chuva) e até mesmo em alguns órgãos públicos (sem rampas e sem elevadores), eu considero essas "quase Inacessibilidade" extremamente humilhantes, não só p/os idosos, mas também p/qualquer tipo de deficiência, seja ela definitiva ou apenas temporária.
    Bjsss amiga, ótimo dia e maravilhosa semana p/vcs é o que desejo

    ResponderExcluir

Se você soubesse o quanto nos deixa feliz com suas palavras ,falaria mooooito mais !!!

Se você deixou um comentário e nós ainda não respondemos, não fique chateado, ás vezes demora, mas a gente chega lá !!!
Bjus 1000.

Subir