13 de maio de 2018

Tome vergonha na cara !

Essa semana teve o o maior bafafá nas redes sociais por conta de uma resposta que Marília Mendonça deu nas redes sociais dela quando uma pessoa perguntou o que ela tinha tomado para emagrecer, e ela respondeu que tinha tomado vergonha na cara.


Daí a Alexandra do canal Alexandrismos, fez um vídeo falando sobre.

É claro que Marília não ficou quieta e respondeu :


Eu assisti o vídeo todinho e talvez por ser gorda, entendi o raciocínio da Alexandra. Sim, porque muita gente estava falando que era mimimi, então talvez seja mesmo necessário estar na pele pra entender o que a Alexandra falou.

A Marília tem todo o direito de emagrecer,e a Alexandra não foi contra isso.
O que ela rebateu foi a resposta que a Marília deu. 

Ser gordo não é falta de vergonha na cara, não é não ter determinação para emagrecer.
Ser gordo não é apenas sobre comer ou não , exercitar-se ou não.

Quando Alexandra disse que Marília se submeteu aos padrões, ela não a acusou de fraca , mas se eu, que sou uma qualquer, quando posto uma fotinha de comida mais "calórica" tem gente que tem a cara de pau de falar :  -"nossaaaaa, só de olhar engordei !!
- Nossa, se eu comer isso engordo 30 quilos !

Subentende-se  : Nossa você comeu isso ? Por isso está gorda.

Eu mesma, já li muitas vezes nas fotos da Marília : - Tão linda, porque não emagrece, - nossa "amiga", desse jeito vai morrer logo, -meu Deus, que gorda !

E muitas vezes eu a vi respondendo : ''- Nossa, porque você não cala sua boquinha, - porque você não cuida da sua vida ?''

E isso, só estou falando da pressão das redes sociais, das pessoas muito legais que tem empatia, sororidade e que "só estão preocupadas com a saúde alheia ".

Agora se coloque no lugar da Marília, além da pressão social, o meio que ela vive exige sim um corpo escultural, um cabelo bem tratado, ser eternamente jovem e sem rugas, e se cantar bem OK !
Porque o talento dela fica em segundo plano, afinal : Olhaaaaaa, ela é gorda, ou olha essa cara, cheia de rugas  !

Porque o discurso de auto aceitação é bonito, mas a vida real é cruel, e as pessoas não aceitam que você esteja fora do padrão.

E o que eu acho que é mais importante nesse debate é o que estamos passando para nossa juventude, porque eu sofri isso na juventude. E mudou o que ?
Continuamos querendo nos encaixar num padrão criado . E se você não se encaixar o mundo te rejeita .

O mundo ideal te diz que você não pode se adequar aos padrões, ok ! E isso deveria ser normal, pois ninguém é igual a ninguém.
Mas em todo lugar o que nos é mostrado é uma padronização inatingível. 

Você já olhou o feed das jovens influencers de hoje em dia ?
Todas elas se parecem umas com as outras, o mesmo cabelo, a mesma pele (sob uma grossa camada de maquiagem) o mesmo corpo . E nas novelas, nas capas de revista , nos filmes...

E tudo isso, alcançado por meio de muito sacrifício, suor e dinheiro.

A sua filha, ou neta que seja não tem esse arsenal, não consegue se adaptar e o que acontece ? Ela se deprime, porque se acha incapaz. E daí procura outras alternativas. E quando essas alternativas falham ? Elas (e hoje em dia os rapazes também) se suicidam.

Ninguém fala, mas os número de suicídio entre jovens está tão grande que já estão classificando como epidemia.

Não julgo a Marília por querer emagrecer. Só quem é gordo sabe o quão difícil é você estar fora dos padrões. 

- Ahhh, mas ela só decidiu emagrecer pela saúde !

Amor, é isso que você tem que dizer quando resolve emagrecer, porque apesar de ser obrigado a estar dentro de um padrão, você não pode dizer que está preocupado apenas com a estética, afinal isso é uma futilidade. Mas se disser que está preocupado com a saúde, ok, pode tomar remédios que vão destruir seu sistema nervoso, pode fazer intervenções cirúrgicas que podem te deixar na mesa, pode fazer o que for, "pela saúde", você pode se matar.

Não acho que a obesidade seja saudável, e nunca defendi isso. 

Mas a Marília foi infeliz na resposta, pois classifica a obesidade, que é uma doença, como um simples desvio de conduta. Ou seja, se eu quiser e tomar uma vergonha na cara, eu emagreço.

Mas isso não é verdade, se fosse, todos estariam tomando doses cavalares de vergonha na cara, para não ter que passar por todos os perrengues que a obesidade traz. Entrar num ônibus e o banco não caber seu traseiro, porque as pessoas estão aumentando e os espaços diminuindo...

O que Alexandra faz, não é uma apologia a gordura, ela mostra a realidade que as pessoas insistem em mascarar. Apesar de todo mundo falar em obesidade, em o quanto ela faz mal, a população mundial só engorda. 

E essa síndrome de "fazer dieta" o tempo todo, só está fazendo as pessoas engordarem cada dia mais. Tem gente que começou "precisando" emagrecer só 5 quilinhos, e hoje acumula 30, 40 quilos. " Alguma coisa errada não está certa ".

O certo mesmo, seria cada um cuidar da sua vida. Talvez ai a Marília não precisasse dar uma resposta atravessada , e Alexandra não precisasse dizer que não, para emagrecer não é só tomar vergonha na cara .



Mas me fala, você chegou a ver esse bafafá ? O que achou ? Me conta !
Eu gosto muito dos comentários feitos aqui no blog porque geralmente quem comenta em blog gosta de ler e debater, não fica só surfando em modinha do momento.

Me conta !!

9 comentários:

  1. Não soube desse bafafá, mas adorei saber por aqui e sob a sua ótica. Isso de se adequar aos padrões da sociedade acaba gerando nas pessoas uma pressão tão grande que fica mais dificil ainda dessas pessoas emagrecerem. E sempre fui magra, não por me cuidar e só comer coisas fit! Não, é mais pela estrutura física e familiar mesmo. E mesmo sendo magra minha saúde não é melhor das melhores! Isso que ter que emagrecer faz bem para saúde não necessariamente seja verdade! O melhor seria que cada um cuidassem da sua vida e não ficassem reparando e comentando sobre a vida dos outros. O mundo seria muito melhor. Muito mais simples.
    Beijos
    Adriana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também não fiquei sabendo.
      Essa questão de obesidade é bem pesada.
      Há 4 anos atrás eu presenciei uma cena horrível com uma amiga muito querida.
      Ela é gordinha e isso de forma alguma deveria definir a pessoa maravilhosa que ela é.
      Estávamos trabalhando pesado em um evento e não tínhamos noção em que horas íamos conseguir almoçar. Então tomávamos um café muito reforçado no hotel para aguentarmos o tranco ( na maioria dos dias só conseguíamos almoçar lá pelas 18h).
      Então uma mal amada criticou pelas costas dela na minha frente à quantidade de comida que ela estava comendo e ainda associou com obesidade. Eu estava comendo mais do que essa amiga e não disseram nada.
      Na época fiquei tão revoltada com a situação que retruquei e no restantedo evento eu não conseguia olhar para essa pessoa. Eu já estava de mudança para o Paraná e era meu último compromisso com esse meu emprego.
      Há poucas semanas essa amiga querida comentou o quanto isso a afetou na época.
      Acho que falta empatia e falta,na verdade, verginha na cara dessas pwssoas que se metem onde nao deveriam opinar.

      Excluir
  2. Me identifiquei bastante com o comentário da Adriana, logo acima. Também sempre fui "muito magra" e sofri horrores por isso quando era adolescente, tinha diversos apelidos como "vara de cotucar estrela", "magrela", etc. Não, eu também nunca fui fitness, pelo contrário, sempre comi de tudo e sem medo. Sinceramente, sempre achei minhas amigas gordinhas lindas e de muito alto astral.
    Casei, tive meus filhos e por um longo período permaneci magérrima, mas depois dos quarenta e cinco comecei a ganhar peso e de 50 passei para os 65 quilos. Ok, continuo magra, mas já ouvi muito por conta disso..."você está comendo demais", "o que você fez para engordar tanto?", "está precisando malhar"...e assim segue a falta de respeito para com as pessoas. Sim, já me passou pela cabeça mandar cada uma dessas pessoas cuidarem das suas vidas. O estereótipo criado pelo brasileiro é extremamente preconceituoso e sofremos todos com isso. Se é gordinha está fora do padrão, magra também, a menos que você conquiste todas aquelas curvas segundo o padrão, mas para isso há de se enfrentar cirurgias para implantes, malhação ao extremo e passar fome. Estou fora! Cuidemos para sermos felizes e saudáveis e "as favas" para os padrões.
    Beijos queridas.
    Maria de Fátima

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Ando desinformada. Nao soube de nada. Tomei conhecimento atraves de tu. O que eu acho? Que cada um deve cuidar da sua vida. E se vc for gorda ou magra, alta ou baixa como eu, primeiro que temos que ter consciencia disso, segundo, que se nao incomoda vc, o outro nao tem que ficar dando pitaco na sua vida, no SEU corpo. Nossa, estou na MENO...kkk atacada...kkk

    ResponderExcluir
  5. Olá Meninas! Também não sabia desse bafafá, fiquei sabendo aqui....E sabe o que mais me revolta? Saber que qualquer pessoa fora dos malditos padrões de beleza sofrem...Sempre fui magraaaa demais e sofri muito por causa disso..... mas eu aprendi que o outro nunca vai ficar satisfeito com o corpo que eu tenho.... por isso quem deve ficar satisfeito com o meu corpo, sou eu mesma e ponto final! Meu corpo ...meus padrões!

    ResponderExcluir
  6. Eu não fiquei sabendo, só vi que ela tinha emagrecido.Eu acho que a pessoa deve fazer o que é melhor e o que a deixa feliz para a sua vida. Bjss.

    ResponderExcluir
  7. Soube por cima, porque é tanto bafafá que não dá pra gente ver tudo. Opiniões contrárias a tudo, aparecem, viram notícia. Aqui em casa, temos magrinha, gordinha e tá tudo bem! Importante cuidar da saúde, que é o que interessa...Meu espelho, meu padrão, rsrs
    Beijinhos, Ana

    ResponderExcluir
  8. A minha opinião é que as pessoas devem ser felizes,viver e deixar o outro viver. A resposta da marília não vejo como algo tenebroso,ela simplesmente respondeu e a outra se sentiu pela resposta,affff,quantas vezes eu falo comigo mesma,preciso tomar vergonha na cara e arrumar essa bagunça,tomar menos ou nenhum tipo de refrigerante,mas preocupada comigo mesma e não para dar satisfação a outros. Menos purpurina e mais amor no coraçao !! Beijusssssss.

    ResponderExcluir

Se você soubesse o quanto nos deixa feliz com suas palavras ,falaria mooooito mais !!!

Se você deixou um comentário e nós ainda não respondemos, não fique chateado, ás vezes demora, mas a gente chega lá !!!
Bjus 1000.

Subir