5 de abril de 2018

Já pensou em adequar sua casa?

Oi Girls and boys, Vi, escrevendo..

Queridas e queridos no mês de março eu falei sobre tapetes e animais, como nós temos que mudar a decoração para se adaptar ao nosso bicho de estimação.
Hoje vou falar sobre como adequar nossa casa para quando ficarmos mais velhos, ou se já moramos com uma pessoa idosa ou com alguma limitação, as mudanças que devemos fazer para melhorar a qualidade de vida.

O ideal é começarmos fazer as modificações antes de entrarmos na terceira idade.
Se moramos em casa própria e não temos intenção de vendê-la, devemos projetar o futuro, as estatísticas mostram que estamos vivendo mais, então se não houver nenhum imprevisto, devemos adaptar nossa casa para este futuro.

Casas térreas são as melhores opções por não terem escadas, para crianças, idosos, elas sempre representam um perigo, e para idosos, causam dores nas articulações dos joelhos, coluna e etc.



Quem mora em sobrado deve observar a altura dos degraus e largura, se tem corrimão e faixas anti-derrapante.
Existem degraus fora da norma (existem normas para construção de escadas) que causam grande dificuldade e dor ao subir e descer.

Tenho conhecidas idosas que tiveram que abandonar seu quarto e passaram a dormir na sala que era no piso térreo exatamente pelo sofrimento que causava subir a escada.


Escadas mal projetadas são terríveis para os cadeirantes, impossibilita  total acesso da pessoa.

No caso da pessoa morar em apartamento, geralmente ela faz uso de elevador, observe se o elevador tem espaço suficiente para transportar um cadeirante e o acompanhante.

Observe a escada de serviço, se é segura, se precisa ser adequada.


Se for adquirir um apartamento observe se naquele bairro, tem falta de energia elétrica e com que frequência.

Óbvio que todo mundo deseja uma velhice cheia de vitalidade, mas temos que observar a maioria dos idosos e a partir dos relatos de dificuldades que eles enfrentam diariamente já ir adaptando a nossa casa.



Se você tem mais alguma dica sobre escadas, deixe nos comentários.

Em Maio eu volto falando mais sobre adequação da nossa casa para terceira idade.

Vou me despedindo de vocês
Obrigada pelo carinho e Atenção ..

 muitos beijos ..
Meu carinho para vocês:
Imagens: Pinterest
Tchau,Vi

10 comentários:

  1. Pepa,
    Aqui na Espanha tem muitos edifícios antigos e sem elevador.Tem um sistema de cadeira prá escadas,que é colocado um corrimão novo e nele vai uma cadeira motorizada prá subir e baixar.É um opção se a pessoa não quer se desfazer da casa que viveu toda a vida,quando fica velhnho.
    Mas tem umas escadas,que a gente sobe pagando promessa.Empinadas que só ou com o degrau que não cabe o pé.Tem a fórmula de Blondel,que diz que o espelho tem que ter 16-18 cm e o degrau 25 cm,prá ser confortável.Mas a maioria das escadas passam longe.
    Besitos e tenha um fim de semana abençoado

    ResponderExcluir
  2. Pepa, muito verdadeiras e certas tuas dicas e temos que lembrar também das famosas barras nos banheiros... Há tanto a cuidar pois de repente um tombo e tuuuuuuuuuuuuuuuuudo pode estragar na vida de todos! bjs, chica

    ResponderExcluir
  3. To pedindo uma barra de segurança no meu banheiro desde que construí a casa e até hoje nada !!!!! Marido diz que é jovem ainda rsrsrsrsr( to esperando ele cair pra ver acontecer) Brincadeiras a parte tem gente que não pensa nisso ou não quer pensar de jeito nenhum. Precisei brigar pra que fosse instalada na casa da sogra (74anos). O povim dificil so!

    ResponderExcluir
  4. Oi Vi, bt!
    Post super interessante o seu. Tem gente que só pensa nisso depois que leva um belo tombo.
    Por falar em nem pensar no perigo, eu sou uma dessas pessoas, confesso kkk. Acho também que determinados cuidados já deveriam ser tomados em qualquer fase da vida, pois tombos acontecem sem escolher idade.
    Bjsss amiga

    ResponderExcluir
  5. oi Vi, nem precisa ficar velha pra ter restrições; no último mês da minha gestação eu fiquei de repouso e não podia subir escadas. Eu morei numa quitinete, no 3º andar de um prédio sem elevador, há 10 anos atrás e mesmo cheia de vitalidade quase morria pra subir com as compras do supermercado.
    bjk

    ResponderExcluir
  6. Oi Vi! Quando se é jovem não se pensa nos limites do corpo, pensa que envelhecer é apenas enrugar e ficar de cabelos brancos. Minha casa é térrea e tem uns degraus da sala para a lavanderia, eram altos, mas tive que diminuí-los por causa do cachorrinho de meu pai que ficou comigo, era pequinês, bem baixinho e idoso. Ele faleceu mas a mudança hoje serve para mim que tenho condromalacia patelar. Logo penso em transformá-los em rampa.
    Esse tema é bem bacana, uma casa é cheia de armadilhas, adorei o post!
    Abraço e obrigada pelo carinho!

    ResponderExcluir
  7. Nossa! Parece que vc adivinhou o problema que venho enfrentando. Em plena terceira idade, vendi uma casa térrea e comprei um sobrado!!! Pra vc ter uma ideia do tamanho do arrependimento, já coloquei a venda. Esse seu post é um alerta aos incautos que, como eu, na hora de adquirir um imóvel, se apaixonam por uma casa que não é a mais indicada na fase da vida em que se encontram.

    ResponderExcluir
  8. Achei o post muito interessante! Temos que planejar a terceira idade! Não tenho casa própria, mas se um dia for construir uma, vou fazer uma térrea. Bjs

    ResponderExcluir
  9. Ótimas dicas, Vi! Moro em apartamento, sem elevador. Enfrento escada todo dia, é mesmo um complicador para os mais velhinhos, rsrs
    Beijinhos, Ana

    ResponderExcluir
  10. Ai, ai, dá até arrepio na espinha esse papo. Minha casa é totalmente inadequada para pessoas com alguma deficiencia ou idade mais avançada. Mas fala de mudar daqui pra ver....aff....o jeito vai ser morrer antes....kkkk

    ResponderExcluir

Se você soubesse o quanto nos deixa feliz com suas palavras ,falaria mooooito mais !!!

Se você deixou um comentário e nós ainda não respondemos, não fique chateado, ás vezes demora, mas a gente chega lá !!!
Bjus 1000.

Subir