domingo, 20 de novembro de 2016

Sério ?? Me fale mais sobre isso... ou melhor, nem fale...

... eu não quero saber !

Sim, é post desabafo, é postão, é chato pra quem não gosta de ler, mas eu precisava escrever... 


Todo dia tem gente pedindo orçamento de plaquinhas , porque eu faço plaquinhas pra vender , então é ótimo que tenham vários pedidos de orçamento. Claro que não é todo mundo que fecha, o que é normal, por isso a gente pede orçamento, pra poder cotar e ver se nosso orçamento comporta o gasto. Eu faço isso . E você também faz. É a vida de comércio .

Mas tem gente que acorda com o capiroto no corpo. Porque só isso explica certas atitudes .

E no fim do ano parece que esse comportamento fica mais latente.

Semana retrasada, recebi uma mensagem pedindo orçamento de plaquinhas. Passei !
Passou uma semana e recebi outra mensagem, da mesma pessoa, só que dessa vez o conteúdo era diferente .

A pessoa dizia que minhas plaquinhas eram "fofas", mas que ela tinha achado na cidade dela por um preço "muito melhor" que o meu e muito mais na "moda". E não satisfeita me mandou várias fotos da sua aquisição.

Bom, vamos por partes !

As placas em questão eram aquelas em mdf, com colagem de posters... coisa que na 25 e no Ali da vida tem de baciada. OK !

O preço muito melhor era R$ 5 reais mais barato !

Fofa ? Vou te mostrar a fofura já, já !!!


As minhas plaquinhas são exclusivas, primeiro porque eu corto , lixo, dou base , e pinto cada uma ! 

Tem dia que vou dormir com o braço dormente de dor, mas por incrível que pareça adoro fazer essas plaquinhas, tanto que minhas paredes estão cheias delas. O retorno financeiro não é grande, já que trabalho com uma coisa que não é de primeira necessidade, se eu colocar um preço exorbitante, ninguém vai comprar. E como eu gosto de fazer, pasmem o preço é o mesmo do ano passado, e olha que tudo aumentou.


Se as minhas que são feitas artesanalmente são baratas e eu sei o trabalho que dá produzir cada uma, eu fico imaginando quantas pessoas são escravizadas para produzir um luxo para outras que são tão mesquinhas, que não "querem" pagar um valor justo num trabalho.
Inclusive crianças. Caso você não saiba !

Quando vejo as pessoas muito preocupadas com os imigrantes ilegais lá fora, eu logo penso numa coisa que Vi falou... O Trump vai ter que ralar mooooito para conseguir colocar alguém pra fora , porque as pessoas gostam de ter escravos. E é por isso que muita gente está ilegal. É que nem aqui no Brasil, no meu bairro está cheio de bolivianos, mas surpreendentemente eu só os vejo no domingo, que é o dia de "folga" deles. Trabalham dia e noite em troca de casa e comida, para quem ? Para grandes marcas de roupas. Olha que coisa ? Escravos em pleno século 21 !

E quando alguém compara o trabalho artesanal com uma coisa produzida em larga escala e de forma que agrida a integridade do ser humano, sério... perdeu meu respeito !

Eu nem perco meu tempo ouvindo ! 

Não estou dizendo que a a gente não pode comprar das grandes industrias e seria idiota se dissesse isso. Porque as grandes empresas mantém o país rodando.

E também não estou dizendo que as pessoas tem que comprar meu trabalho, mas gente... é muito capeta no corpo pra vir comparar meu trabalho com plaquinha "xingling" né ?

Trabalho artesanal, é coisa de amor !

Principalmente quando a gente gosta do que faz. É um prazer ver aquela ideia tomando forma. Pensar em cada detalhe.

É bem diferente, mas muitoooo diferente de alguém chegar e jogar mil plaquinhas e mil posteres e dizer :

- Cola ai !

Quer comprar Xingling ? Compre ! 

Mas nunca, NUNCAAAAAAAAAA compare com um trabalho artesanal !!



Obrigada, de nada !!

Bjus 1000 !!! ( e desculpa o desabafo ...)

33 comentários:

  1. Nossa Lia, tem gente que esquece de tomar uma dose de semancol quando acorda! Aff...

    ResponderExcluir
  2. As pessoas perderam a noção mesmo... Tenho muito amor pela plaquinha adquirida com vc... e quando q comprado na SAARA eu receberia uma embalagem linda, feita com carinho e um brinde que colei na cozinha...??? Olha!! Força aí!!

    ResponderExcluir
  3. Oi boa tarde olha quem trabalha com público é triste tem que ter paciência para não mandar longe.
    As pessoas acham que tudo que a gente faz e fácil de fazer que acham mais barato.
    Eu no meu trabalho quando começam no tá caro a fulana faz mais barato já digo pois então faça com a fulana mas que dá raiva as vezes dá.
    Mas povo é assim beijos e um bom domingo Eliane Lima

    ResponderExcluir
  4. Pera, calma, dá qui um abraço. Respira.
    O brasileiro tem este mal hábito. Mas fica no positivo, naqueles que amam a sua arte e admiram o seu talento. Para estes vc pode vender tranquila porque pagamos com prazer!
    Te admiro muito menina. Relaxa

    ResponderExcluir
  5. Esses dias tive, digamos uma leve discussão, porque uma mulher foi em uma feira de artesanato, fotografou o produto da artesã, colocou, o preço e disse o quanto é o que usou para "tentar fazer igual". Falei que igual não ficou,e o que ela fez foi horrível, pois era a criatividade da artesã que ela copiou e estava divulgando na net. Se ela não era criativa para tal, que ficasse quieta. Fico muito puta com as pessoas q não valorizam os trabalhos dos artesãos e utilizam-se de mão-de—obra escrava.

    ResponderExcluir
  6. Olha. Dá raiva.
    Quando me falam que o que eu cobro é caro demais, dá vontade de pedir para vir aqui em casa fazer mas com meu bebê de 11 meses que é um grude e tenho que fazer praticamente tudo com ele no colo (inclusive ir no banheiro).
    Teve uma pessoa que fazia mil orçamentos comigo na época em que eu trabalhava com biscuit e em seguida dizia que era caro e que ela mesma ia fazer. Parei de trabalhar com biscuit e pasme: a criatura está trabalhando com isso agora e fazendo coisas horrendas que não chegam a metade do que eu fazia.
    Mesma coisa mdf, ia dormir dr madrugada com os braços ardendo por conta da tendinite pra pessoa falar que o custo do material não era nem um terço do que eu cobrava.
    Está difícil, viu?
    Agora estou trabalhando só com tecido e já me falaram que foram ver o preço do tecido e acharam absurdo o tecido que eu uso custar 20 reais e eu cobrar 90 na peça.
    Juro que quase mandei ela comprar o tecido e pendurar na parede.
    Te entendo perfeitamente. Está cada dia mais difícil trabalhar com artesanato com amor.

    ResponderExcluir
  7. Olha. Dá raiva.
    Quando me falam que o que eu cobro é caro demais, dá vontade de pedir para vir aqui em casa fazer mas com meu bebê de 11 meses que é um grude e tenho que fazer praticamente tudo com ele no colo (inclusive ir no banheiro).
    Teve uma pessoa que fazia mil orçamentos comigo na época em que eu trabalhava com biscuit e em seguida dizia que era caro e que ela mesma ia fazer. Parei de trabalhar com biscuit e pasme: a criatura está trabalhando com isso agora e fazendo coisas horrendas que não chegam a metade do que eu fazia.
    Mesma coisa mdf, ia dormir dr madrugada com os braços ardendo por conta da tendinite pra pessoa falar que o custo do material não era nem um terço do que eu cobrava.
    Está difícil, viu?
    Agora estou trabalhando só com tecido e já me falaram que foram ver o preço do tecido e acharam absurdo o tecido que eu uso custar 20 reais e eu cobrar 90 na peça.
    Juro que quase mandei ela comprar o tecido e pendurar na parede.
    Te entendo perfeitamente. Está cada dia mais difícil trabalhar com artesanato com amor.

    ResponderExcluir
  8. Ai ai ô gentinha difícil, né?
    O mesmo acontece com os tecidos que estampo.
    Todos originais, trabalheira, tintas caras, tecido fino idem.
    Está caro, não quer, meu bem? Vá procurar em outro lugar, tá?
    Esta é a vida de quem tem prazer no que faz, mas não estou nem aí!
    Quem gosta e dá valor, compra!
    Não se aborreça com as "sem noção" ahahah
    joturquezzamundial
    Beijos.

    ResponderExcluir
  9. É pra acabar com a paciência da gente mesmo! Tô contigo em cada palavra, só quem faz sabe como é...Um abração de urso pra você, lindona.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Oi Lia, bt!
    Gente sem noção é assim mesmo, não tem o que fazer, ou pior, de repente ela nem viu preço mais barato só queria saber o seu preço p/colocar nos trabalhos dela.
    Tem gente que é assim. Liga não pq não vale a pena!
    Bjssssss e uma semana de sucesso e abençoada p/vcs é o que desejo

    ResponderExcluir
  11. È por essas e outras que cada vez te admiro mais !!!!!
    bjs

    ResponderExcluir
  12. Pintar, lixar, pintar de novo, decorar, envernizar, ou encerar, credo, cansa! Eu faço, sei o trabalho que dá. Fora que não são feitas em série! Olha, eu já iria responder a safada com um xingamento bem cabeludo. Tá, mentira, não faz meu estilo, mas um MORRA em letras grandes eu teria mandado pra safada!!!

    ResponderExcluir
  13. Difícil! Sem noção! O negócio é ignorar e continuar. Mas teu post ajuda a gente a fazer a "catarse" :)
    Bjooooo

    ResponderExcluir
  14. O que dizer disso né? Ao que me parece a pessoa em questão ainda volta pra querer espernear....se estivesse moooooito satisfeita com a Ching ling, não voltaria.

    ResponderExcluir
  15. Eu te entendo perfeitamente, ainda por estes dias comentei sobre isso com uma amiga. O brasileiro não tem o hábito de valorizar trabalhos manuais e diga-se de passagem, também não tem bom gosto, como é o caso da pessoa que você citou. Simmmm, trabalhos manuais são feitos com dose de carinho e muito amor, principalmente quando a pessoa faz sem intenção de ficar "rycaaaa" com eles, não é mesmo? Continue querida fazendo suas plaquinhas maravilindas e desabafe quando necessário... adorooooo! Bjs e ótima semana.

    ResponderExcluir
  16. Olá, sou eu, Marisilda Nietto, eu JAMAIS faria isso com uma pessoa que produz trabalhos artesanais, AMO teus trabalhos, mas infelizmente, tenho passado por "perrengues" inimagináveis, mas sempre dou um "pitado" dando idéias de plaquinhas para você, (estou mentindo?), vira e mexe vejo placas ou dizeres e mando pra você, mas um dia terei uma plaquinha e um quadrinho exclusivo, teu e da Renata Montenegro, vivo falando isso. Ah, também sonho com uma Pepa exclusiva tua. Um dia terei, se Deus quiser e ele vai querer. Beijos e não esquente com essa gente "nociva". Tudo de bom!

    ResponderExcluir
  17. Educação anda em falta ultimamente.
    Fiquei aqui me perguntando, se ela comprou no camelô e ficou satisfeita, ok. Mas pq diabos ela tinha que ficar mandando e-mail desse tipo? Eu hein...
    E realmente, nunca se compara um trabalho artesanal.
    Beijos e uma semana super produtiva!!

    ResponderExcluir
  18. Dá raiva mesmo ...Eu sei o que é isso tbm,as pessoas não dão valor no trabalho do próximo,só olham o seu próprio rabicó...Continue fazendo esse seu lindo trabalho,e pode desabafar sempre que precisar ...Tenha uma linda semana produtiva...bjos....

    ResponderExcluir
  19. Né? Que povo sem noção....não sabem diferenciar um trabalho artistico artesanal de algo feito em grande escala. Para mim com certeza teria muito mais valor uma plaquinha exclusiva feita pela mão e coração de uma pessoa maravilhosa como a Pepa ou como a Vi. Toda vez que eu olhasse para minha parede lembraria que a essencia de uma pessoa maravilhosa está no meu lar atravez de sua obra e isso pra mim é único...Liga pra esse povo não Pepa...beijão quando eu tiver uma grana eu vou encomendar uma pra embelezar meu cantinho ehheheheeh bjsss

    ResponderExcluir
  20. Lia post apoiado com certeza não existe comparação entre um trabalho artesanal de um trabalho feito em massa, Eu já passei por isso com minhas criações desde as minhas caixinhas de madeira até os reciclados, acham que porque eu pintei um garrafa reciclada não tenho que cobrar... então hoje faço quando quero e quando quero doar para alguém. Pouco serem entendem poesia a mesma coisa poucos serem entendem e respeitam artesanato.
    beijokas
    Paty

    ResponderExcluir
  21. Lia querida,
    Falta de educação, pessoa sem noção.
    Infelizmente a gente encontra pessoas de todos os tipos, eu me decepciono
    a cada dia com o ser humano.
    Você é quem tem que valorizar o seu trabalho, suas plaquinhas são bem feitas,
    e merecem ter um bom preço. Tudo que é de qualidade tem que que valor.

    Beijinhos no seun ♥

    ResponderExcluir
  22. Certíssima!!! Eu tô quase desistindo de vender meus trabalhos por causa disso. Faço e uso ou presenteio quem valoriza, assim como eu. Outro dia uma amiga me falou o seguinte sobre ponto cruz: peça bordada não é item de primeira necessidade, é luxo. E luxo é pra quem pode. Então se não pode pagar não compre e pare de desvalorizar nosso trabalho!!!!!!

    ResponderExcluir
  23. Falou tudo, Lia. Te dou o maiorrapoio!Deus frutifique o trabalho das tuas mãos...e da Vi, claro!
    E sabe de uma coisa, não queime teus neurônios com gente medíocre! Bjo proceis, fazedoras das plaquinhas marlindas! ����
    Lan

    ResponderExcluir
  24. Exatamente isso!! A maioria das pessoas não valoriza o trabalho artesanal! Infelizmente!!
    Mas não se abale, bola pra frente e fé em Deus!😘😘

    ResponderExcluir
  25. A-DO-REI !!!!!!! Falou por todas as artesãs que fazem trabalhos com muito amor como eu e outras amigas ! Tudo o que tu falou está correto e bem explicado , vou repassar ... um super mega abraço ! Jane

    ResponderExcluir
  26. Esse tipo não tem jeito mesmo! Infelizmente ainda acontece demais.
    Outro dia, uma disse que meus panos de prato eram lindos, mas em tempo de crise aquele preço era alto. Me deu vontade responder que se ela não tinha poder aquisitivo para comprar, outros tinham. Mas, como ela não merecia meu estresse, excluí a dita cuja e o comentário da minha página.

    ResponderExcluir
  27. Artesão sofre!! Mania que esse povo tem de comparar arte com Xingling...qual o problema? Afff!!
    Beijão!

    ResponderExcluir
  28. Oi Pepa, achei um desaforo ela ainda lhe mandar as fotos,rsss. Sem noção nenhuma !
    Eu já passei por isso algumas vezes. Quando vendia minhas lembrancinhas em eva feitas à mão. Tirada peça por peça no eva, cortadas na tesoura e pintadas por mim. Levava em algumas lojas que comparavam meu preço com aquelas lembrancinhas feitas em grande escala por cortes de máquinas. É duro, eu sei ! Mas não deixemos isso nos abalar. Tem muitas pessoas que nos dão o conhecimento. Seus trabalhos são lindos. Tudo de bom querida. Um beijo para as você e a Vi.
    https://osimplesmundodemaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  29. Concordo com tuuuuuudooooooo!!!
    Aqui onde moro, são poucas (muito, muito poucas) pessoas que compram artesanato. Tem a cidade de Pedreira logo alí com tudo feito em larga escala e tem os chineses com tanta coisa nova, que as artes e o bordado sempre ficam em segundo plano. Ou então acham muito caro o trabalho. Enfim, não vou repetir suas palavras, mas as vezes fico muito triste!
    Beijos e parabéns pelo post...desabafo, mas realidade!
    CamomilaRosa

    ResponderExcluir
  30. Lia, um objeto artesanal é muito, mas muito mais charmoso que qualquer correspondente industrializado. É chic! Não há a menor comparação. A energia de um item artesanal é maravilhosa - sempre me faz refletir nas emoções e inspirações do autor. Aqui em casa é assim: tela exclusiva pintada a óleo, escultura, plaquinha, pepinha... Ou seja, o máximo de objetos feitos à mão. Se não posso ter algo feito à mão, pelo menos evito que seja linha de produção. Senti pena dessa pessoa que entrou em contato com você - pena pela pobreza de critério e pela falta de entendimento. Quanto a ti, continue pintando o 7! Beijos!

    ResponderExcluir
  31. Enviamos um convite para o teu email :)

    ResponderExcluir
  32. Me identifiquei! Também trabalho com produto artesanal, escolhi fazer somente panos de prato. E quando falam que tá caro, eu penso que elas não imaginam o trabalho que temos para fazer um a um. Postei um produto de R$10,00 e acharam caro. Daí a minha filha respondeu com uma foto de um pano de chão, em supermercado, com etiqueta: R$7,00...rs Mas, temos que ter um argumento lógico e simpático para mudar a visão de algumas pessoas e seguir fazendo aquilo que amamos fazer! Um beijo e obrigada por visitar e comentar no meu blog! Bom FDS!

    ResponderExcluir
  33. Ó céus! Eu comecei o dia enviando uma mensagem de whatsapp pro Rodrigo Maia, presidente da Câmara dos Deputados, criticando essa cretinice de quererem anistiar crimes de caixa 2, e agora vou encerrar o dia espinafrando essa pessoa sem noção. Ou não. Melhor nem dizer nada, porque você disse tudo e concordo com tudo o que você disse. Só me espanta que uma pessoa que se interessa pelas plaquinhas "xingling" tenha demonstrado interesse pelo seu trabalho artesanal... porque o artesanato está anos luz a frente de qualquer produto em série... não há termos de comparação! O artesanato tem muito de sonho envolvido, de energia, e quem curte isso sabe que o que paga por ele será sempre muito inferior ao que ele de fato vale. O artesanato será sempre uma pechincha porque sempre - tenha o preço que tiver - valerá mais do que estiver sendo cobrado, justamente por ser único e por tudo o mais que você sabe. Ah... nem vale a pena se aborrecer com quem não entende isso. Buhhh!
    Abraço!

    ResponderExcluir

Se você soubesse o quanto nos deixa feliz com suas palavras ,falaria mooooito mais !!!

Se você deixou um comentário e nós ainda não respondemos, não fique chateado, ás vezes demora, mas a gente chega lá !!!
Bjus 1000.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Voltar ao topo