terça-feira, 25 de agosto de 2015

Mas a grama do vizinho é tão verdinhaaaaa ...


Antigamente (a idosa falando, rsrsrsr) era desse jeito que a gente fazia para espiar a  grama vida  dos vizinhos né ?

Espiávamos pela frestinha da janela, dávamos uma olhadinha de soslaio assim como quem não quer nada e ficávamos pensando :

-Poxa, como fulano faz para ter esse vidão !! Como ele faz para ter esse casamento ?

Hoje em dia nossos muros são as redes sociais.

E ''duvideodó" que você já não tenha se pegado pelo menos uma vez pensando :

- Nossa, como fulano faz para ter essa vida tão perfeita !!

Sim, porque sejamos sinceros, alguém posta vida infeliz na rede social ? Posta a cara amarfanhada ? Posta o fuzuê que é a casa no dia a dia ?
Posta o pão com opa ? ( pão com opa é aquele que você abre e opa, tá vazio, srrsrsr) , posta a briga que teve com o marido ou os filhos ?

Não né gente ! Até porque vida real não gera curtidas ! O que gera curtidas é uma pseudo vida real...

É tirar foto de um ângulo onde a pessoa pareça mais magra... é botar 100 filtros numa foto, dizendo que acabou de acordar, enfim na real ? Nada é real.


E não estou dizendo que isso é errado, afinal ninguém gosta de parecer inferior. 

Mas o problema é quando isso afeta sua vida real. 

Antigamente (a idosa tá "nimim", rsrsrs) nós tínhamos acesso a poucas pessoas. Tinha aquele amigo do colégio que era rico e podia ter dez tênis de marca, tinha aquela sua prima que podia viajar todo fim de semana, tinha aquela vizinha que trocava os móveis uma vez por ano, tinha aquela exibida da sua amiga do serviço que todo dia aparecia com uma roupa nova... enfim, no máximo, no máximo o bombardeio de "vida feliz" se resumia a 50 pessoas ...

O resto era gente como a gente... os colegas da escola que tinham um tênis surrado para bater e um pra sair, viagem ? só nas férias e olhe lá... trocar os móveis ? de dez em dez anos... roupa nova ? só na liquidação...

E a vida seguia... (ás vezes batia uma inveja, uma tristeza... mas logo passava. Você não tinha que conviver com aquelas pessoas o dia todo )
   

Hoje com as redes sociais á um clique, quem consegue deixar de espiar o que o outro está fazendo ?

- Nossa, fulano já está viajando de novo ...
- Nossa , beltrano já foi fazer compras de novo ...
-Nossa, falsiane emagreceu "95 quilos", e ela já era magra...
-Nossa, nossa, nossa...

Já percebeu o quanto isso afeta sua vida real ? Já percebeu o quanto você deixa de viver, só pensando na vida que o outro tem ?

Ou finge que tem né ?

Porque nas redes sociais é fácil escolher o melhor ângulo, a melhor luz, é fácil viver de aparência...

Quando entrei no Instagram, adicionei um monte de perfil fitness (que foi ???? eu tento, ninguém pode dizer que não, rsrsrrs) mas aquilo estava me afetando de forma direta.
Eu via as pessoas malhando, comendo só frango com batata e uma nóia de "emagrecer a qualquer custo" que comecei a ficar meio paranóica  também... ´

Daí pensei - Opaaa, não enfrentei uma adolescência gordinha  sem traumas nem neuras, pra chegar aos 40 e ficar parecendo uma louca querendo ser magra a qualquer preço...

Conclusão ? Excluí todos, só deixei um. De uma mulher sensata, que emagreceu comendo , não tem problemas com comida, não vive na academia. Enfim, gente como a gente.

Não sou contra as redes sociais, mas meu alerta é para que você olhe para sua vida e veja o quanto ela é boa. E que todo mundo tem problemas, inclusive aquela sua "amiga" que só posta alegria.

Vida real não se vê em rede social. Vida real é a sua e de  mais ninguém !!

Bjus 1000 e uma ótima semana


19 comentários:

  1. Sempre com textos coerentes ,amo muitooooo rsrsrs ,eu sou o que sou e não me iludo com a grama do vizinho .Acho que sou meio estranha kkkkkkkkk
    Bjoooo meus amores ,saudades
    Sonitcha

    ResponderExcluir
  2. Hehehe, o fato é que a internet tanto facilitou quanto complicou. Particularmente, acho q roupa suja se lava em casa (aquelas indiretas que algumas pessoas jogam às outras - pq sabem q uns vigiam os outros - me enojam) e uso as redes pra me instruir, divertir e interagir com pessoas queridas, próximas e familiares. E acho essas mulheres que publicam receitas deliciosas na internet pura ostentação maldosa, viu? kkkkkkkkkkkkk
    Mas sim, intimidade é pra vida privada. Os problemas e as alegrias diárias tb. Quanto mais quietos ficamos, menos nos incomodam.
    Beijão...

    ResponderExcluir
  3. Concordo e assino embaixo. Já passei desta face, graças a Deus!!! Também passei da fase de neuras por causa do cabelo. Assumi meus cachos. E amo meus cabelos brancos. Vivi 7anos e meio numa cidade onde se você não tem cabelo longo, liso e louro você não é ninguém. Quando eu ia de cabelo"meu" na padaria, me tratavam de um jeito. Quando ia de cabelo escovado e chapado, era outro tratamento. Não vou dizer o que eu sentia e tinha vontade de dizer sobre a situação e as pessoas em respeito a quem este lendo este post. To contigo e não abro!!!

    ResponderExcluir
  4. Oi, meninas espertas e queridas, rsrs.

    Eis aí mais um post certeiro! Nas redes sociais todo mundo só quer mostrar o lado bom (e muitas vezes irreal) da vida, por isso a gente tem de ver tudo com certa reserva. É claro que ninguém espera que as pessoas fiquem lá expondo as próprias mazelas, pois este seria outro extremo indesejável, mas a insistência em querer parecer sempre muito feliz e bem sucedida, já é um atestado da própria carência da pessoa, do grande desejo dela de ser bem aceita e admirada (amada, enfim, rsrs).

    Ah, quanto às bolachas digestivas lá do blog, elas são bem do tipo que resistem bem ao tempo, por causa da pouca manteiga e açúcar (eu as fiz novamente com um pouco mais de manteiga e acho que ainda assim elas resistiriam).

    Um beijo e boa noite

    ResponderExcluir
  5. Redes sociais: a vida mostrada de acordo como a pessoa é. Acho assim.
    Não acho a grama do vizinho mais verde que a minha, não é hipocrisia, é verdade mesmo.
    Não sei se é porque já atingi uma certa maturidade (ai que velha) ..........
    Enfim, gente metida e prosa não faz parte do meu cotidiano (real ou virtual).
    Gosto da vida simples.
    Beijos.
    joturquezzamundial

    ResponderExcluir
  6. Muito bom!!! rsrsrs
    Bjs meninas!!

    ResponderExcluir
  7. Teve uma época, uns 4 anos atrás, vi vários "bafos" na blogosfera, era blogueira inventando que tava doente, outras criando companha e detre vários casos descobriu-se que algumas histórias eram mentiras. Amigas blogueiras com eu saio na vida real ficaram horrorizadas, mas eu achei tão normal. Nos blogs, ou rede social seja qual for, as pessoas só mostram o lado bom, as coisas bonitas, mas assim como na vida real, no mundo virtual tb tem tudo o que é ruim. Eu cuido é da minha grama, deixa a do vizinho pra lá rsrsrs.
    Bjs

    ResponderExcluir
  8. As redes sociais nos iludem bastante, se não tivermos os pés no chão, a gente cai literalmente, rsrs
    Eu já tive essa fase, a de acreditar em tudo o que via nas redes sociais, mas agora ela já passou. A realidade é muito diferente e o 'buraco é mais em baixo", hahaha
    Bjs

    ResponderExcluir
  9. São as vidas vazias preenchidas de fama virtual...Acho mesmo que existem pessoas que precisam desse alento falso, para se sentirem bem. Já vivi o suficiente, para dizer: no meu tempo, rsrs...Acho que sou a idosa que grudou em você, rsrs...Excelente papo, acertou!
    Beijos, Ana

    ResponderExcluir
  10. Ainda outro dia comentei sobre esse assunto na escola onde trabalho. Incrível! Usei algumas palavras muito parecidas com as suas. É isso mesmo, as pessoas têm como cuidar da vida do outro sem sair da sua própria casa. Eu também sou idosa rsrs... No meu tempo... BJs

    ResponderExcluir
  11. Oi meninas,pão com opa foi ótimo! Kkkkkk... é claro que a vida virtual é mascarada,afinal que graça teria contar as mazelas do dia a dia em uma rede social? Também iria afastar as pessoas. O outro que deve valorizar a própria vida e ter consciência que todos nós temos momentos bons e outros ruins. Bjsss.

    ResponderExcluir
  12. Oi Pepa!

    Sei que pode parecer esquisito, mas acho que comigo não tem essa de " a grama do vizinho ser mais bonita". Sei lá, acho que por saber que nem tudo que está por aí é realmente o que é, eu nem olho. Não curto muito quem fica ostentando isso ou aquilo, pelo contrário...curto as pessoas mais simples e divertidas. Acho que atingi um grau de levar e pensar nas coisas mais leves... Alguns podem até achar isso uma coisa meio Poliana, meio fake, mas não tenho que ficar reclamando do dia a dia para parecer mais autêntica.
    Sabe acho que isso também acontece porque, às vezes, um monte de gente que a gente nunca viu te envia convite para ser adicionada...não consigo entender isso...morro de sem graça, mas se eu não conheço, se não é alguém que eu já vi algum comentário em um blog que acho legal eu simplesmente não adiciono; não consigo ver "ligação"...
    Achei legal o "pão com opa", rsrs não conhecia a expressão...

    Beijos, Renata
    palpitandoemtudo

    ResponderExcluir
  13. Pepa querida,
    Minha mãe contou que viveu muito a curiosidade de olhar pela fresta da janela,mas se metesse na
    vida dos outros a surra é certa!Quanta as redes sociais,tem que fazer de ouvido de mercador,eu
    particularmente só quero saber de coisas boas que vão acrescentar na minha vida kkkkkk,pois
    vir aqui,já faz parte ,pão com opa,amei!!!
    Grande beijo

    ResponderExcluir
  14. Parabens pela sinceridade e alerta!

    No inicio, nas redes sociais, eu notei os "exageros" das vidas "perfeitas" de muita gente. Sabe, é uma photoshopada no ego de muitos. Artificialidade num mundo cada vez mais vazio.... e não faltam pessoas para retocarem seu narizes e pintarem os cabelos de loiro. OMG! São milhares de mulheres com a cara xerocada de outra. Tudo quase-gemeas-identicas!

    Outra coisa que fico boba, como tanta gente consegue viajar tanto?! Olha, minha mãe vai fazer 80 anos em dezembro, não a vejo já tem 2 anos, fiquei arrasada quando ela operou o quadril e fui a unica que não pôde ir até ela. Ela mora em Berlin/Alemanha. Não dá. Meu dinheiro não dá. E olha que eu ralo.

    A unica coisa que realmente me deixa triste é não poder ver minha mãe, do resto, do que as pessoas são, fazem e inventam não ligo. Eu penso que vivo num mundo e o resto noutro. E pronto.

    Ah, outro dia, a novela das 21H "Babilonia" mostrou um carinha, acho que é o Clovis, que taz fotos-montagens, insere pessoas nos lugares que elas querem. Então, provavelmente, esta é a realidade mesmo.

    Bjs

    ResponderExcluir
  15. Oi Pepa! Acho que essa é uma explicação para as pessoas estarem tão literalmente ligadas na vida virtual, não conseguem ficar minutos convivendo no mundo real sem estar espiando o mundinho feliz e perfeito. Esses dias estava olhando para meu tênis (sujinho :( ) e furado na ponta e pensei, preciso tirar uma foto disso e postar pra ver a reação da pessoas...Hahaha, tive coragem, não!
    Temos mesmo que prestar atenção para não nos perdermos de nós mesmos nessa loucura toda.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  16. Clap clap clap... Adorei o texto devia ser visto por 99% das pessoas que criam suas redes sociais, vi a um tempo atrás um texto que o autor dizia que queria morar no facebook pois lá não existe, falsidade, nem inveja todo mundo vive sorrindo e feliz.. Ultimamente minha timeline foi invadida por algumas indiretas, lamentações e imagens tenebrosas mas logo bloqueie e tento ver sem olhos de inveja coisas interessante de pessoas que realmente tem algo para acrescentar.. BjoO grande adorei o texto!!

    Att; Wesley Felício

    ResponderExcluir
  17. Adorei o texto , mas sou uma exceção, eu conto tudo na minha rede social, não sei viver de fingimentos!

    ResponderExcluir

Se você soubesse o quanto nos deixa feliz com suas palavras ,falaria mooooito mais !!!

Se você deixou um comentário e nós ainda não respondemos, não fique chateado, ás vezes demora, mas a gente chega lá !!!
Bjus 1000.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Voltar ao topo