quinta-feira, 30 de abril de 2015

Liberdade e empoderamento.

Oi Girls and boys, Vi, escrevendo..
Queridas e queridos o dia esta raiando, 6 horas, e passa pela rua uma criatura com seu veículo com o som nas alturas, o som é tão elevado que  ele está a vários quarteirões da minha casa e estou escutando o som.

Esse fato já é péssimo, mas acrescente a isso a qualidade do que ele ouve, aquilo não pode ser chamado de música, é um filme pornográfico sonoro da mais baixa categoria.
Eu como mulher me sinto agredida verbalmente por aquilo, porque trata a mulher como um objeto de dar prazer ao sexo masculino.

Tem coisas na vida que a pessoa tem o direito de gostar, fazer e etc, mas daí, impor o gosto dele para os outros usando o argumento da liberdade de expressão é uma agressão ao direito do outro, que não é obrigado a ouvir, ver, aquilo.
Mas em nome das "liberdades", os direitos dos outros estão sendo cerceados, inclusive o direito das mulheres.

O problema todo esta na sutileza que a mídia tem, em transformar  a violência sexual contra as mulheres, em empoderamento feminino.
Sabe o que é empoderamento?
Nesse link da Unifem tem explicação.
O empoderamento divulgado nessas musicas, em certos filmes, propagandas, em certos bailes e outros eventos, não tem nada em comum com o empoderamento divulgado pela ONU.(Organização das Nações Unidas)

Segundo a mídia, a mulher tem que mostrar para o mundo que é dona do seu corpo, por exemplo,  ela tem que protestar mostrando os seios para o mundo, vai protestar contra o governo, mostra o seios; vai protestar contra o palito de fósforo, mostra os seios; vai protestar contra o inverno, mostra os seios..
Ela tem que mostrar que é dona do seu corpo, indo no baile funk e deixando todos homens do baile se esfregarem nela, tratar ela como cachorra, e fazendo sexo com a maioria dos homens presentes.

A filha de uma conhecida engravidou assim, não sabe quem é o pai, ficou grávida do baile funk.
Onde, uma mulher está se empoderando, ficando grávida de um desconhecido que ela nem viu a cara?
Em plena era do DNA é absurdo que crianças sejam privadas do seu direito de saber quem é seu pai biológico, porque uma mulher resolveu fazer sexo sem responsabilidade nenhuma.
E na maioria dos casos, quem assume essas crianças são os avós maternos, porque muitas das mães do "empoderamento" são irresponsáveis em todos os aspectos da sua vida.

Este conceito errôneo de empoderamento esta sendo amplamente divulgado, em propagandas, em filmes, novelas, musicas e etc, claro que sutilmente...
Mostram mulheres lindas, bem resolvidas, bem sucedidas, e que não tem nenhuma responsabilidade sexual.
E nenhum personagem contrai doenças sexualmente transmissíveis, raramente alguém engravida..
Quantos filmes, novelas, você assistiu a cena: vamos colocar camisinha?

Aliás, qualquer semelhança entre esse tipo de "empoderamento" com aquelas velhas propagandas de cigarro, não são mera coincidência.
Aquelas propagandas faziam a seguinte apologia : bem sucedido na vida é quem fuma.
Hoje a propaganda é: bem sucedida é, quem é dona do seu corpo, faz o que quer dele (sexo irresponsável), não precisa estudar, trabalhar duro, ter responsabilidade, nem assumir as consequências dos seus atos..

Enquanto alguns se deixam enganar pelo falso conceito de empoderamento,  'a cada 90 minutos, 15 mulheres são assassinadas; a cada 60 minutos, 2 mulheres são atendidas em hospitais públicos com sinais de violência sexual.
Mulheres com idades entre 15 e 44 anos correm mais risco de serem
estupradas e espancadas do que de sofrer de câncer ou acidentes de carro'. (essa informação esta no artigo Brasil Post)



Mudando de assunto,  a Jussara do Blog Minas de mim esta comemorando aniversario do blog e fazendo um sorteio, você pode se inscrever até o dia 09/05/15.

Vale a pena conferir!
Vou me despedindo de vocês
Obrigada pelo carinho e atenção..
 muitos beijos..
Foto: Pinterest

Tchau,Vi
Obs: Todas imagens que não tem o link do autor, é porque a imagem já esta tão difundida na internet que é impossível determinar seguramente quem é o autor, para saber onde encontrar a imagem, click com botão direito do mouse na imagem, ao abrir a janela, click em 'pesquisar essa imagem no Google' e aparecera o histórico de todos blogs, sites, e etc onde tem a mesma imagem.

13 comentários:

  1. BOM DIA, COLEGA VI!
    É... REALMENTE É LAMENTÁVEL A SITUAÇÃO DA SOCIEDADE PARA CONOSCO, MULHERES.
    EU MESMA, SOU OPERADORA DE CENTRO DE USINAGEM, COM DEVIDA EXPERIÊNCIA E FORMAÇÃO... NÃO CONSIGO ME RECOLOCAR EM MINHA ÁREA POR SER MULHER, HÁ MAIS DE 3 ANOS. É MUITO PRECONCEITO, MUITA IGNORÂNCIA. REZO A DEUS QUE UM DIA, ISSO MUDE.
    CARA MOÇA...
    VENHA VER MINHA POSTAGEM NOVA. SE ENCANTE COM MAIS UMA LINDA RESTAURAÇÃO FEITA POR MINHAS HUMILDES MÃOS.
    SUA VISITA E COMENTÁRIO ME SÃO SEMPRE ESPECIAIS. VOU GOSTAR DEMAIS!
    TENHA UMA LINDA QUINTA.
    ABRAÇÃO PRA VOCÊ! :)

    ResponderExcluir
  2. Ah VI que mundo estranho é esse?
    Tudo de ruim é normal, jovens perdidos nesse mundo louco.
    Não sou puritana, nunca fui, mas não aceito essas "modernidades",
    Cenas de amor puro não está mais na "moda".
    Pornografia anda solta.
    Cada letra de "música" de arrepiar, de tão ruim e ofensiva.
    É está difícil achar tudo isso normal.
    Obrigada pelas flores.
    Beijos querida.

    ResponderExcluir
  3. Adorei seu post. Mto esclarecedor e verdadeiro.
    Vc sempre escrevendo com mta propriedade sobre os assuntos do nosso cotidiano.
    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Olá Vi! Quanto aos carros com som alto, Campinas criou a Lei do Pancadão que dá multa as pessoas que agem dessa forma e a multa é pesada. Com relação ao restante do post, você descreveu perfeitamente o perfil da mulher atual e de como a sociedade a trata. Dou aula para adolescentes e não consigo me acostumar com a atitude das meninas que se desvalorizam, se jogam e se esfregam nos meninos. É lamentável! Bjs

    ResponderExcluir
  5. Boa tarde ,Que texto bacana adorei ler tantas verdades
    que são sufocadas com tanta baixaria que anda tendo por aí , está de parabéns.
    bjs e bom fim de semana.


    http://eueminhasplantinhas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Vi,

    Voce disse o que costuma estar entalado na minha garganta! Muito bom!

    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Muito boa a reflexão Vi...a liberdade está virando Libertinagem, gerações antigas lutaram pela valorização da mulher e infelizmente as jovens de hoje parece fazer o caminho inverso...

    ResponderExcluir
  8. Vi, aqui em matéria de som, na verdade "ruído", é a mesma coisa. Outro dia emparelhei com um fulaninho do lado do carro e juro que não acreditei na letra da porcaria do som. Ainda bem que estava sozinha porque fiquei com vergonha. Com o perdão da palavra, mas um caretinha assim só pode ter merda na cabeça, ou como diz meu pai, "a cabeça só serve para separar as orelhas"....kkk
    Grande beijo.

    ResponderExcluir
  9. Vi,
    Sinceramente, eu detesto essas musicas! Por aqui, nao vejo muito esse tipo de situacao.
    Mas, ja ouvi e as letras sao pessimas! Acredito que isso leva a desmoralizar a mulher, levando sempre a violencia. Esses numeros estao aumentando a cada dia...
    Parabens pela postagem!!! bjs e um lindo final de semana!!!

    ResponderExcluir
  10. Vi querida,
    Quando vejo tudo isso,desanimo de ter filhos.Excelente post!!!Um ótimo
    final de sábado e um domingo maravilhoso.
    Um super beijo

    ResponderExcluir
  11. Oi Vi, é muito triste ver essas meninas tão jovenzinhas e vulneráveis a essas apelações que sutilmente (algumas vezes escancaradamente) vão dominando uma geração como vc comparou ao caso dos cigarros...Não acredito que as coisas melhorem, a raiz é social, entra governo, sai governo e a "poeira! vai para debaixo do tapete, as medidas são sempre tapa buracos.
    Lembro da época da boquinha da garrafa muitas mães que hoje reclamam achavam bonitinho as menininhas dançarem nas festinhas...E assim caminha nossa sociedade, cada vez pior e o ônus é de todos.
    Não conhecia a palavra empoderamento...valeu pela dica.
    Bom domingo proceis, beijos!

    ResponderExcluir
  12. Oi, Vi,

    Concordo absolutamente com as colocações feitas: acho um absurdo alguém perturbar os outros com sons altos, ainda que se executem músicas que sejam do inteiro agrado do outro. Tudo nesse mundo tem o seu tempo, e ninguém deveria ser obrigado a ouvir uma música por imposição de outra pessoa. Ouvir músicas ofensivas e de mau gosto, então, é um horror. Quanto ao falso empoderamento da mulher a coisa realmente chegou a um nível de total estupidez, porque as pessoas agem como se não tivessem o menor discernimento. Pessoalmente eu acho que todos os atos impensados e que resvalem para a irresponsabilidade são empobrecedores da raça humana, especialmente das mulheres, que sempre foram alvo da manipulação e também do abuso de homens sem escrúpulos. Hoje a mídia é uma das grandes propagadoras dos valores falsos, o que torna tudo mais difícil e caótico. Mas eu tenho certeza de que chegará o dia da reviravolta, como chegou o dia em que o tabaco foi nocauteado, rsrs.

    Beijo pra você e pra Lia. Boa noite e boa semana pra ambas!

    ResponderExcluir

Se você soubesse o quanto nos deixa feliz com suas palavras ,falaria mooooito mais !!!

Se você deixou um comentário e nós ainda não respondemos, não fique chateado, ás vezes demora, mas a gente chega lá !!!
Bjus 1000.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Voltar ao topo