quinta-feira, 3 de abril de 2014

Essa tal felicidade.

Oi Girls and boys, Vi, escrevendo..

Queridas e queridos o que vocês compreendem por felicidade, o que é ser feliz?

Dá para ser feliz 24 horas por dia, o mês inteiro, a vida toda?

Tim Maia achava que  a felicidade, era encontrar sua "metade da laranja", ter uma família como a de seus pais.



Zoroastro  perguntou, à divindade do bem, Ahura-Mazda sobre o que seria a felicidade na terra, a resposta teria sido: "Um lugar ao abrigo do fogo e dos animais ferozes; mulher; filhos; e rebanhos de gado".

Existem muitas explicações, promessas de como ser feliz.

Existem pessoas que escrevem livros de auto ajuda, canções, fazem filmes, inventam religiões, inventam receitas mirabolantes, prometendo como alcançar essa tal felicidade .

Uma indústria surgiu em função de: como obter a tal felicidade..

Vende-se de tudo, cigarros, bebidas, drogas, remédios, viagens, dietas, cirurgias estéticas, veículos, casas, iates, empregos, cursos, roupas, jóias e etc, etc..




Muitas pessoas estão ganhando rios de dinheiro vendendo essa tal felicidade..

Por exemplo, para ser feliz, você tem que ter um carro Porsche.
Como você faz para comprar um Porsche e conquistar a tal felicidade?

Faz uma dívida enorme, impagável para o seu padrão financeiro, passa ter o Porsche e ser infeliz por ter uma dívida enorme que tira seu sono e sua paz.

O vendedor de carros Porsche, talvez fique feliz por você ter comprado o carro, garantiu o emprego dele, a despesa do mês..




A infelicidade do comprador, que acreditava que para ser feliz bastava ter um carro, gera a felicidade do vendedor, que precisa vender o carro para sua sobrevivência.

Vender sonhos, ilusões, mentiras, faz o mundo girar..

Portanto, a crença de que para obter a tal felicidade depende exclusivamente de alguma conquista material, pode ser válida por gerar empregos, por movimentar a economia.


Mas é perniciosa quando induz a pessoa a destruição.

Não podemos tirar os pés da realidade.
Temos que distinguir felicidade momentânea,  da felicidade eterna, aquele estado de paz, realização e alegria eterno.

Essa tal felicidade é impossível de conquistar na vida real.

O psiquiatra Sigmund Freud, o criador da psicanálise, defendia que todo ser humano é movido pela busca da felicidade, através do que ele denominou princípio do prazer. Porém essa busca seria fadada ao fracasso, devido à impossibilidade de o mundo real satisfazer a todos os nossos desejos.

A isto, deu o nome de "princípio da realidade".

Segundo Freud, o máximo a que poderíamos aspirar seria uma felicidade parcial (Fonte: wikipedia.org)



Dá para ser feliz com um alguém da família doente, ou quando vivenciamos o luto?

Dá para ser feliz quando sabemos que pessoas que gostamos estão passando por algum problema?

Dá para ser feliz sabendo que crianças estão na prostituição e nas drogas?

Dá para ser feliz sabendo que tem gente morrendo de fome, ou por falta de assistência medica e etc?

São tantos fatores que impossibilitam que alcancemos essa tal felicidade.

Para alcançar a tal felicidade midiática, que movimenta a indústria e  o comércio, teríamos que nos alienar do resto do mundo, vivermos no estágio da loucura..



Vivemos momentos felizes, que fazem a gente ser grato, a ter esperança e continuar lutando independentemente das tristezas da vida.

Dia desses a namorada do Mick Jagger suicidou-se, ela era famosa, rica, magra, bonita, devia ser amada e conhecendo o "histórico sexual" do seu namorado, ela também devia ser realizada sexualmente..



O que levou ela se matar?
O que leva tantas pessoas nas mesmas condições que ela a fazerem o mesmo, ou a se envolverem com drogas e etc?
(Observando essa questão sob a ótica da tal felicidade comercial, apregoada pela mídia.)

Claro que existem vários fatores psíquicos, físicos, que levam as pessoas a uma atitude destrutiva.

Mas sem dúvida, criar uma expectativa de felicidade irreal, fundamentada no materialismo, faz surgir dentro da pessoa uma sensação eterna de fracasso, de medo, angústia, e também leva a pessoa a querer sair da realidade, a se destruir.

Aprender a conviver com as tristezas da vida, além de ajudar a gente amadurecer, a dar valor ao que realmente tem valor, contribuem para que sejamos felizes em um almoço de domingo com  a família ou em qualquer outra experiência comum do nosso cotidiano.
Vou me despedindo de vocês
Obrigada pelo carinho e atenção..
 muitos beijos..

Meu carinho para vocês:


Tchau,Vi

38 comentários:

  1. Pena que só começamos a compreender que bens materiais não nos trazem a tão sonhada felicidade e que para sermos felizes precisamos de pouco, quando já estamos passando para o outro lado da montanha! Queremos tanto ser felizes que deixamos passar pequenos detalhes, Eu, pensadora! rsrs
    Enfim, felicidade existe e está dentro de nós!!!
    Bjks, Iaia Arteira

    ResponderExcluir
  2. Nossa Vi até que fim, uma blogueira tem a coragem de escrever sobre essa tal felicidade negociada, comprada. Sinto pena de pessoas que tentam passar isso pra nós via net, parece que nada é difícil, ninguém engorda, todos os casamentos e filhos são perfeitos, nenhuma falta de $, viagens incríveis.... To cansada dessa farsa, minha terapeuta disse que nunca ateve tantos clientes, a maioria atrás da tal felicidade constante, da perfeição. Parabéns pelo texto, bjus

    ResponderExcluir
  3. Felicidades são momentos, ninguém vive feliz o tempo todo.
    Só sei que temos que encontrar alegria mesmo nas nossas tristezas!
    Hoje por ex:. tive um momento feliz, meu oculista me liberou para a leitura, depois de 7 meses de cirurgia.........heheheh
    Linda semana gurias! bjsssssssssssss

    ResponderExcluir
  4. Olá meninas... olá irmãs especiais...
    resolvi entrar aqui hoje pra matar saudades...
    e me deparo com uma postagem linda linda...
    me identifiquei... (pois perder alguém que se ama.... é como perder a felicidade...
    Mas como aprendi e ouvi muito (daquela minha irmã doce)...
    que me ensinou que mesmo nas maiores dificuldades era pra eu dizer:
    "Em tudo dai graças" difícil né?? pois como dar graças nas dificuldades...
    mas tenho feito isso... pois se tudo é da vontade de DEUS... darei graças!!
    Não perdi e se DEUS quiser não quero perder a felicidade...
    Mas a saudade doi... aahhh como doi...
    Meninas estimadas perdão pelo (abandono), mas tô me esforçando pra não cair...
    e continuar nas minhas atividades... estou mais voltada pra família, pois, estamos procurando ficar juntas todos os dias, pra pelo menos dar uma aliviada nessa tal "saudade" que nos consome e nos faz chorar...
    Adorei entrar aqui bem hoje... pois amei... adorei tudo o que li... vcs são demais!
    Bjus com muito carinho e com... saudades!!
    *lembram de mim??? eu sou a Coruja.. rsrsrs!!

    ResponderExcluir
  5. A felicidade pra mim não é essa alardeada pela mídia. São momentos bem simples vividos no dia a dia e que, somados, nos deixam felizes. Lindo te ler! beijos,chica

    ResponderExcluir
  6. Vi muito bom teu texto..sim porque essa busca tão incessante por essa tal felicidade? hoje somos escravos dela. Ontem fiz esse questionamento com meus usuários moradores de rua...ninguém é 100% feliz, temos sim que aprender nos alegrar e nos satisfazer com pequenas coisas, com as pessoas..com nossos próximos..beijus flor..estás melhor? essa gripe/virose sei lá o que tá fogo aff..beijus na Pepa tb..amo vcs!

    ResponderExcluir
  7. Oi Vi, que bom que voltou, senti sua falta e dos seus questionamentos. Vi, felicidade para mim, é estar em paz com minha consciência e viver de acordo com meus princípios. Sei, perfeitamente, que existem muitas injustiças no universo e que não posso resolvê-las, portanto, procuro fazer, dentro dos meus limites, fazer, o melhor que posso pelas pessoas mais próximas.
    E, eu fui ajudada, também, quando precisei de uma mão.
    O que nada custa é o que mais satisfaz, às vezes é um olhar, um sorriso, um aperto de mão, um abraço ou uma palavra é quando vemos nosso próximo, como um irmão, que todos somos, em Cristo.
    Feliz por receber seu texto, agradeço o carinho, que seja sempre abençoada, abraços carinhosos
    Maria Teresa

    ResponderExcluir
  8. Oiiii, que delicia de texto Vi,eu acredito que felicidade ,é momento...e que devemos aproveitar muito bem cada momento...Feliz por ter passado por aqui...bjinhoss

    ResponderExcluir
  9. Oi Vi...felicidade para mim são momentos e nos últimos dias são bem raros...mas vou levando e sorrindo para espantar a tristeza quando ela insiste em ficar...mas continuo na luta incessante para não deixar a peteca cair e o que esta me ajudando nestes dois anos que estou desempregada é essa cumplicidade com outras blogueiras,de poder dizer o que vai na minha alma,já que terapeuta nem pensar,cadê o dindim para isso...bjs queridas Vi e Pepa...desejando a vcs um final de semana cheio de felicidades...

    ResponderExcluir
  10. Oi Vi, para onde caminha esta humanidade tão desumana, não é?
    Ser, ter e agora o PARECER tá em alta para ser "feliz".
    Acho que todos deveriam se perguntar de vez em quando o que fariam se perdessem a visão , não pudessem mais andar, ou coisas assim...O que mais o deixaria feliz?
    A resposta a gente tem todos os dias e nem prestamos atenção, nem valorizamos!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  11. Vi, tudo bem?
    A felicidade é quase nada...se prestássemos atenção em tantos momentos felizes que passamos, que podem ser segundos... Penso que ela esteja nas coisas simples da vida. Lindo post, amei. Bela reflexão mesmo.
    Bjos e uma linda quinta.
    Sheyla.

    ResponderExcluir
  12. Muito bem escrito, Vi!
    Eu não acredito que a felicidade esteja em algo material, nesse ponto sou bem pé no chão.
    E as catástrofes do mundo me afetam tanto a ponto de há muito tempo atrás eu ter deixado de ver os jornais sensacionalistas, pois acredito que tem muita bondade e muita coisa legal no mundo que não é divulgada.
    Acho que a falta de saúde mental, física e espiritual é um dos maiores causadores da infelicidade, pois quando estamos doentes percebemos que todo o resto é apenas secundário.
    Essa moça, apesar de tantas qualidades, provavelmente não tinha paz de espírito, não tinha saúde espiritual, o que a fez se deprimir. Acredito que a busca constante por algo material não traz felicidade a ninguém, pois ela mora nas pequeninas e microscópicas coisinhas do dia-a-dia, como disse hoje em minha postagem.

    Abração esmagador e belos dias.

    ResponderExcluir
  13. Ai Vi, vc tocou numa "ferida aberta" pra muita gente.
    Eu acho que não da pra ter felicidade plena sem ser uma pessoa alienada.... tem muita coisa ruim nesse mundo... mas quando a gente ta de alguma forma realizada com os pontos principais da vida humana, tipo trabalho, casa, familia amigos, ja é meio caminho andado.... muito coisa me deixa chateada nessa vida, principalmente quando assisto aos telejornais, mas dai eu vou deitar e no meu travesseiro penso, - Ah, mas na geral, pra mim, ta tudo bem.... e durmo feliz.... não sou uma pessoa alienada nem egoista, mas no geral, minhas necessidades humanas me faz uma pessoa feliz.
    Um beijo querida e inte.

    Blog da Gullo

    ResponderExcluir
  14. Olá Vi,
    Adorei seu texto e, concordo quando você diz que vivemos momentos felizes, sempre falo isso por aqui.
    Bom ter tocado no assunto "ter" pra comprar a felicidade, quando na verdade isso não existe.
    Bem, vamos vivendo e, tendo os nossos momentos felizes, com a esperança que dia melhores virão.
    Beijos e, desde já um excelente final de semana.

    ResponderExcluir
  15. Oi Vi querida, ótimo texto!
    Felicidade para mim é ter saúde!!!!!!!!!!!!!
    E aproveitarmos os momentos de paz durante nosso dia a dia.
    Não sou "material", acredito que o "menos é mais" em todos os sentidos.
    Mas gostaria de estar sempre perto dos meus queridos ............
    Beijos amiga.

    ResponderExcluir
  16. Felicidade com certeza não pode ser baseada em bens materiais de nenhum tipo...a verdadeira se esconde dentro da gente...
    Outro dia me peguei sorrindo ao olhar para minha cachorra deitada aos meus pés se espreguiçando toda feliz...e olha lá a felicidade em meu peito com uma ação tão simples! E por assim vamos...deixando ela acontecer!
    Ótimo texto Vi...para refletir!
    Beijos
    CamomilaRosa

    ResponderExcluir
  17. Oi Vi,
    querida texto maravilhoso, e o que será essa tal felicidade, para mim a vida não é feita só dela, e sim de momentos pois como diz, como podemos ser felizes com tanta infelicidade ao nosso redor, ela é simples de encontrar e não está em bens materiais e sim em saber que sua família está bem, em segurança, com saúde, para mim isso já é o bastante, já fiz todas as loucuras da juventude, fui uma criança muito feliz, uma adolescente normal,e sou uma mulher realizada, o que pedir mais? só paz para o mundo.
    Bjs.
    diz a Pepa que meu fatiador não é chique não, ganhei na coleção de Caras.

    ResponderExcluir
  18. Oie Vi :)
    Mulher, que sábias tuas palavras, entrou na alma e me fez refletir!!!
    Bem, eu vejo a felicidade minha e de minha família em momentos que estamos juntos, tendo oq comer, com muita saúde e sem dívida alguma rsrsrs'''''
    Adorei Vi :)

    Um beijão pra você e pra Pepinha...saudades!
    Luh

    http://luanaflordemulher.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Oi Vi, tudo bem? Você melhorou?
    Muito bom seu texto, eu acho que a felicidade está dentro de cada um e ela só acontece quando conquistamos a qualidade de praticar o bem ao próximo de coração aberto, a caridade verdadeira. Jesus disse que fora da caridade não há salvação e que o caminho da felicidade eterna está no amor ao próximo e na caridade verdadeira! E tudo isso não tem relação alguma com a matéria, pra mim é óbvio e claro que "o ter" não está relacionado com a felicidade e eu acho que ter paz na consciência quando existe alguma dificuldade real na vida da pessoa, como uma morte ou doença, e saber enxergar estas dificuldades tendo a consciência de que tudo por aqui é passageiro e que não há nada que possa acontecer sem que haja algo para nosso crescimento e aprendizado faz com que tenhamos um pouco mais de leveza e bem estar diante dos problemas. Pode-se não estar plenamente feliz durante um processo doentio na família ou pela perda de uma pessoa querida, é preciso deixar a tristeza fluir sim, chorar tudo que tiver para chorar, viver intensamente esse momento, mas sempre com fé em Deus, tendo plena consciência de sua infinita misericórdia na vida de cada um de nós e seguir lutando e transformando as mazelas interiores que existem dentro de nós, para que um dia possamos alcançar a felicidade verdadeira!
    Beijos meninas, fiquem com Deus. Tenham um ótimo fim de semana.

    ResponderExcluir
  20. Vi, ontem assisti ao filme SOS, mulheres ao mar e tem umas falas lindas sobre a felicidade, assiste!Para mim, a felicidade é feita de momentos, não dá para estar feliz sempre, ainda mais num mundo tão injusto!Bjs!

    ResponderExcluir
  21. Olá vi,muito bom seu post!
    A mídia nos passa uma tal felicidade material que já desisti dela a muito tempo,se eu não não for feliz com a minha realidade e ficar buscando coisas que eu não tenho,sempre serei infeliz.Acho que o principal de tudo é procurarmos fazer o que gostamos ( trabalhar) o restante vem mais suave!
    Boa sexta!Bjus

    ResponderExcluir
  22. essa tal felicidade em Vi...realmente a cada notícia bomba´stica dessas percebemos que a felicidade está nas pequenas coisas,gestos e atitudes...não existe felicidade contínua e precisamos nos moldar a cada momento que elas nos proporciona..infelizmente percebemnos que as pessoas que sempre tem demais, sãoa s que mais sofrem e passam por momentos de tristezas sem fim...bj e fim de semana feliz ....a voces viu

    ResponderExcluir
  23. Falou e disse. Sempre certeira. Penso muito nisso, em especial em relação. a Kerstin. A gente quer ver filha feliz - mas ... ai, é difícil saber o caminho das coisas para que seja a felicidade real, mesmo! Bj

    ResponderExcluir
  24. Oi Vi!! Nunca tive esse questionamento sobre felicidade ou muito menos sou neurótica em ir em busca dela. Posso dizer que me acho uma pessoa feliz com o que Deus me deu. Lógico que tenho sonhos, mas não quero confundi-los com felicidade. Momentos de tristeza todos nós temos e passamos e acho que isso constrói o ser humano.

    Um grande beijo,

    Kaku

    ResponderExcluir
  25. Hola Pepa querida ,, que buen post de la felicidad !, muhh creo que es a momentos , hacer feliz al resto ,, y disfrutar de cada instante!,

    ResponderExcluir
  26. Puxa Vi, que texto reflexivo...Mas concordo plenamente com você e com Freud: temos é momentos felizes. E devemos aproveitá-los pois não é toda hora que somos felizes. E olha, qualquer alegriazinha me faz feliz, sou simplesinha mesmo. Não é o ter que me encanta, mas o ser, o outro, os sentimentos, as atitudes...isso sim faz toda a diferença e a felicidade pra mim. Adorei sua reflexão. Fui para a feira de pacht no Shoping Frei Caneca, mas fomos "voando", achei melhor nem avisá-las pois a coisa foi louca....em outra oportunidade, com mais tranquilidade nos conheceremos pessoalmente. Aguarde....
    Bjs

    ResponderExcluir
  27. Algumas pessoas tem uma pre-disposição para a felicidade e a encontram em tudo que conseguem. Quando abrem a janela, já se encantam com o novo dia, ainda que tragam em si razões diversas para vê-lo feio e nublado. Outras, se rejubilam diante de uma aquisição e, minutos depois, deixam de valorizá-la, aspirando mais uma. Eternos insatisfeitos, De tanto observar, passei a crer que a felicidade reside dentro de cada um. Alguns a vivenciam, outros vivem a procurá-la. Bjs.

    ResponderExcluir
  28. Voltei para dar um recadinho ...........

    Mudei os nomes dos meus blogs:

    Turquezzavariedade é agora Jo Turquezza Variedades

    Turquezzaregiaooceanica é agora Jo Turquezza Rio de Janeiro

    Por favor, troque na sua listagem e, se puder, avise às amigas, ok?
    Obrigada.

    ResponderExcluir
  29. Oi Vi.
    Principalmente hoje em dia estão vinculando a felicidade a ter e muitas vezes somos felizes com tão pouco... Acho que a felicidade é uma questão de escolha.
    Bom finde!
    Bjos.

    ResponderExcluir
  30. Oi Vi,
    Ótima reflexão deste assunto tão complexo.
    São pequenas doses de felicidade, hoje em dia, que me deixam num estado de contentamento: o olhar do marido, a gargalhada do meu filho, a minha mãe dizer que está tudo bem, um telefonema que recebi de uma amiga querida de mais de 20 anos.
    Dias felizes por ai!
    Bjk.

    ResponderExcluir
  31. Realmente felicidade é uma ideia pessoal, o bom de uns, pra outros nem tanto, tento não colocar tensão sobre a vida das minhas filhas, não as crio
    para terem milhões ou para ter o melhor emprego do mundo, só espero
    que elas sejam felizes, pois pra mim,
    felicidade é ver feliz quem a gente ama,
    já fui funcionaria pública e trabalhava arrumadissima várias horas do dia,
    larguei tudo, hoje fico entre meus paninhos e minhas pequenas, muitas horas do dia meio descabelada e de
    chinelo e me sinto em paz e feliz!

    ResponderExcluir
  32. Oi Vi
    É muito triste pessoas lutarem pela felicidade através de expectativas dos outros. Triste a história da namorada do MJ. Eu tenho momentos felizes e tento mantê-los o mais tempo possível no meu coração. Descobri com o tempo que depende de nós e de mais ninguém. Eu busco estar bem diariamente para não deixar a tristeza chegar. Não é fácil,mas não é impossível.
    Temos que nos motivar e não deixar a tristeza fazer morada ...

    bjs
    Paty

    ResponderExcluir
  33. Oi Vi
    Como sempre filosofando e sempre com sabedoria. Eu pensei a mesma coisa sobre a namorada do Mick Jagger, esse mundo está louco.
    Ninguém consegue ser feliz 100% o tempo todo mas dá pra se sentir bem e feliz a maior parte do tempo.

    Um grande bjo pra ti mulher sábia

    ResponderExcluir
  34. Vi querida,
    Belíssimo texto e de grande sabedoria!Felicidade são os momentos bons da vida,na verdade se o
    ser humano for bom,muitas alegrias serão conquistada.Um maravilhoso e abençoado domingo.fique
    com Deus.
    Grand beijo

    ResponderExcluir
  35. Oi Vi, eu penso na felicidade como algo bem simples, tão simples que pode se tornar complicada para alguns. Quem espera encontra-la em um pacote enorme, embrulhada em papel fino e fitas deveria sentar para não cansar... Felicidade vem em pequenas, simples e diárias porções, está no cotidiano, na cama arrumada com carinho, nos lençóis cheirosos, na toalha limpa e macia, nas refeiçôes partilhadas com a família e amigos, café quentinho, cheirinho de terra molhada... nas pequenas delicadezas vividas... Beijocas

    ResponderExcluir
  36. Oi Vi! Que bom que estás de volta! Parece que meditaste bastante durante o recolhimento, né? Gostei muito do que escreveste e fecho 100% com a tua conclusão! Devemos tentar ser felizes com todas as tristezas que existem porque infelizmente, elas estão por aí e não temos como simplesmente, apagá-las de nossas vidas. Particularmente, uma coisa que me incomoda muito e me deixa muito triste, mas muito triste mesmo, é o abandono de animais. Tenho 27 cães e 18 gatos, todos recolhidos na rua, e não tenho mais porque me dei conta de que não posso salvar o mundo, não tenho como salvar todos os animais que sofrem maus-tratos e estão abandonados, ou seja, tive e estou aprendendo a conviver com isso. Qualquer tipo de injustiça me deixa triste, seja com os animais, seja as várias injustiças que assistimos nos jornais e noticiários todos os dias. Quando vejo uma criança doente, como esta da foto que postaste, fico pensando "por que esta criança tem que sofrer deste jeito? Isto é uma injustiça!", mas não temos como mudar este quadro e sim, tentar tirar alguma lição disto e ajudar no que estiver ao nosso alcance. Desculpa! Me empolguei! É que estes assuntos mexem muito comigo, deve ser por causa do meu signo, cujo senso de justiça é uma forte característica. Bjinho e boa semana!

    ResponderExcluir
  37. Oi Vi esse tema do post nos faz refletir muito. Sempre me pego pensando nas coisas que acontecem em nossas vidas e que passam batidas sem ver a dimensão e importância. Felicidade é um estado de graça, e graça a gente recebe a todo momento do grande CRIADOR em cada batida do coração e nem prestamos atenção nisso. Tenho medo dessa mídia desenfreada que promete a tal felicidade e infelizmente muita gente está correndo atrás e deixando de viver o verdadeiro sentido da felicidade. Que pena né...
    Vi obrigada por me alertar sobre a notificação do Malware, já fiz a inspeção e parece que tá tudo em ordem agora. Se não for pedir muito dá uma checada por lá pra mim e se continuar me avise, desde já agradeço pelo carinho.
    Bjos e fique com Deus,
    Marlene

    ResponderExcluir
  38. Oi amigas, queridas

    Vi, como voce escreve bem, eu que nem gosto muito de ler, leio seus textos e nem percebo, pois
    são muito inteligentes e esclarecedores.

    Eu também acredito que felicidade, são momentos e não bem materiais, ou outra coisa qualquer.

    beijo carinhoso

    Regina Célia

    ResponderExcluir

Se você soubesse o quanto nos deixa feliz com suas palavras ,falaria mooooito mais !!!

Se você deixou um comentário e nós ainda não respondemos, não fique chateado, ás vezes demora, mas a gente chega lá !!!
Bjus 1000.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Voltar ao topo