sexta-feira, 10 de agosto de 2012

Porque temos que ser todos iguais?


Oi Girls and boys, Vi, escrevendo..

Queridas e queridos, eu  e Pepa conversávamos sobre formas de preconceito e discriminação.


Esse vídeo é muito lindo, e mostra como é o preconceito.

Apesar do avanço da tecnologia, da informação e até de políticas sociais para combater o preconceito, estamos vivendo em uma sociedade muito preconceituosa e que dissemina o preconceito desde que esse seja fonte de lucro.

Muito mais que vivermos em um mundo globalizado estamos vivendo em um mundo de clones, onde se criam padrões de beleza ,  comportamento e etc., e todas pessoas são obrigadas a seguir esse padrão, caso contrario é vitima de discriminação.

Quem já não se sentiu discriminada quando ao entrar em uma loja de roupas a vendedora te mede com o olhar, e decreta, não temos seu numero!



A numeração perfeita  determinada por aqueles que faturam encima do preconceito é 38, acima disso já é preciso uma boa dieta alimentar.

Cuidar das madeixas, também não é fácil para quem não tem descendência oriental, pois o profissional dos cabelos já te olha e oferece algum tipo de alisamento.

Para que alguém pode nascer com cabelos enrolados, encaracolados ou assanhados se não for para dar lucro as empresas de  cosméticos ?


Quem disse que a gente tinha que ter personalidade?

Se não podemos manter nossa individualidade em questões tão insignificantes, pois somos discriminados, imaginem em questões maiores?

É muita demagogia que encontramos!

As mesmas pessoas que levantam bandeiras sobre assuntos que estão na moda defender, são as mesmas que ajudam a vender um padrão determinado por aqueles que faturam com essa padronização do ser humano.

Antes de levantarmos bandeiras, defendermos alguma causa que esta na moda, temos que mudar nossa mentalidade em assuntos do nosso cotidiano;

Como por exemplo, respeitar o cabelo pixaim da nossa amiga, ou o manequim 50 da outra, as rugas , a celulite, a roupa sem grife e tantas coisinhas pequeninas que só revelam o quanto somos preconceituosos mesmo quando nossa boca confessa que não somos e mesmo quando abraçamos alguma causa midiática.

Devemos respeitar as pessoas pelo seu caráter!



Obrigada pelo carinho e atenção... muitos beijos..

Meu carinho para vocês:
Tchau,Vi

36 comentários:

  1. Vi minha linda, adorei seu post!
    Eu sei bem o que é entrar numa loja e não ter nada que te sirva...
    Mas, tenho a esperança que um dia isso mude e as pessoas possam ser vistas como iguais independente do tamanho, do cabelo ou cor da pele.
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Oi Vi bom dia minha linda!!!
    ADOREI o post e esse devia ser matéria de capa de muitas revistas e jornais....é bem isso mesmo que acontece em nossa sociedade, mas ó temos que fazer a diferença, afinal de contas estamos nesse mundo pra isso.
    Bjão pra vc e pra Pepinha.
    Fiquem com Deus,
    Marlene

    ResponderExcluir
  3. Bom dia Meninas!

    Vi, amei o seu texto e me encantei com o vídeo! Honestamente a cultura do preconceito já vem alimentado desde a infância, só o fato de conceituarmos tudo e não abrirmos o nosso leque de possibilidades já nos coloca em situação as vezes preconceituosa...

    Tenham uma ótima quinta! Bjossssssss

    ResponderExcluir
  4. Olá, o preconceito vai existir sempre infelizmente, eu sofro, pensam que sou cigana e ficam atras de mim nas lojas dizendo que vou roubar. Isso é muito triste. Mas eu não me importo, vou deixar uma mais ignorante que ela pra dar uma lição.
    Tenha uma ótima semana e quando for numa loja faz que nem minha irmã começa a experimentar tudo, dá um cansaço nessas gurias.
    bjos

    ResponderExcluir
  5. Vi,
    O problema é que o mundo está tão globalizado que parece que temos que ser todos iguaizinhos, uns clones uns dos outros. Quando saio reparo nas jovens mais nova que eu, todas de cabelo liso e loiro, magérrimas, com as roupas iguais. E olhe que moro em Fortaleza onde não temos com abundancia loiros naturais. O que vejo é que nas turmas dos jovens de hj em dia não vemos mais uma mistura como antigamente, por exemplo, na minha época saia com uma morena alta gostosa, eu baixinha magra pequena, uma outra gordinha mesmo loirinha e outra mega loira linda. E eramos todas diferentes e nos davamos mega bem. Hj se não for a mesma turma, com o mesmo biotipo não dá. Cada um na sua, formaram-se guetos e com isso começa os preconceitos e rixas. Muito feio isso.
    Beijos
    Adriana

    ResponderExcluir
  6. Vi, que post maravilhoso! O vídeo, o texto, os exemplos! Estou aplaudindo. Quantas vezes sofremos discriminação por coisas tão pequenas. Recentemente, sofri preconceito dentro da minha igreja, por querer aprender a tocar um instrumento musical diferente com a idade que tenho. E eu só tenho 32! Deixei de tocar flauta (o aparelho ortodôntico está me machucando muito) e quero aprender violão agora. Por isso sofri preconceito do tipo: "Pra que mudar agora?" As mais suaves diziam: "É bom, quando as senhoras forem fazer alguma visita, vc pode tocar os hinos"...
    Não! Não quero aprender para tocar em visitas! Isso eu já faço com as minhas meninas e confesso que é maravilhoso, mas eu quero aprender para tocar nas praças, nas escolas, nos asilos, no dia de domingo, com a igreja cheia! Quero que as pessoas vejam que podemos aprender e sempre aprender, nunca parar!
    Obrigada pelo post de hoje! Mil beijos em vc e na Pepa.
    Ana

    ResponderExcluir
  7. Bárbaro!
    O pior é que quem nasce com alguma limitação ou diferença do padrão, tem que sempre estar provando suas capacidades para os que não a conhecem, para fazer entender que consegue fazer tal coisa.. Enfim, super desgastante.
    Beijinho e tudo de bom...

    ResponderExcluir
  8. Vi, você tem toda a razão... eu mesma já ouvi 'não temos o seu número' de uma vendedora, que nem sabia se era um presente o que eu iria comprar.
    E o vídeo é lindo. Adorei.
    bjs
    Sônia

    ResponderExcluir
  9. Isso aí Vi!!
    Exercício que todos nós temos que praticar, por que, em menor ou maior, sobre um ou outro assunto todos nós cometemos nossos deslizes...
    Afff!!!
    Temos que nos policiar sempre...
    Luz...muita luz em nossos caminhos.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  10. Minha doce Vi!
    Vc não tem noção de como a sua postagem me fez feliz neste momento! Ganhei o dia! Graças ao meu bom Deus que a envolve e inspira e mantém e tudo!
    Querida, faço minhas as suas palavras maravilhosas, cheias de verdade e justiça!
    Abençoada seja você e todos os seus!
    Bjssssssssssssss, quérida!
    P.S.: Nem preciso me estender: vc disse tudooooo!!!

    ResponderExcluir
  11. Vi assim vc não ajuda a Natura, a L'oreal, a Nivea e nem os fabricantes de esmaltes e roupas fashion.....Não ajuda tb as revistas de moda e beleza...Onde esse povo todo vai trabalhar? Técnicos em química, jornalistas, editores, empresas de distribuição, gráficas, empresas de embalagens sem falar nas blogueiras F Hits!!!!! Brincadeiras a parte, entendi sua opinião...No entanto o mundo capitalista é assim mesmo...vivemos em uma roda e alimentá-la é necessário......Bjus!!!

    ResponderExcluir
  12. Vi,
    Que vídeo lindo e emocionante....até chorei !!!

    Acho seu post super coerente, pois em um mundo onde todos querem ser iguais (lembrei do vídeo do Pink Floyd - The Wall), ser diferente as vezes assusta, mas o tempo nos faz acostumar e ver que vale a pena ser nós mesmos...adorei!

    Bjão

    ResponderExcluir
  13. Diante dessa verdade absoluta, só um comentário posso fazer:" Para mudar alguma coisa, temos que começar com a pessoa do espelho"...
    Parabéns, querida Vi!
    Bjnhos,Ana

    ResponderExcluir
  14. Amei, o post Vi, perfeito e real. beijo enorme Andrea.

    ResponderExcluir
  15. Preconceito é o ó! E não tem jeito: todos nós temos algum, exatamente como vc disse, mesmo quando dizemos q não! Assim como todos os nossos outros defeitos, possíveis de mudança, é uma atitude que merece reflexão e constante cuidado! Aceitar o outro como ele é, com todos os seus defeitos, é uma arte, uma bela virtude, e uma ótima maneira de se viver feliz!

    Beijokinhas!

    Luiza Mallmann
    decorarsustentavel.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Amore,

    Eu visto o manequim 44, e já acho um desrespeito as magazines só venderem números até 42 no máximo.

    Nêgo enche a gente de MC Donald's, receitas de comidfas assim ou assado, e depois quer vender roupa para magras.
    Assim complica!

    O Brasil está obeso e ninguém notou!

    Beijos amores!!!

    ResponderExcluir
  17. Lindo post Vi.
    Mas me parece tão longe o dia disso acabar.
    A cada dia a coisa piora.
    Eu já sofri na pele também.
    Em uma época que morava em um conjunto residêncial "tido com de rico" e te digo que se fosse mesmo não teria condições de pagar o aluguel, mas eis que toca a campainha do meu apartamento e um rapaz perguntou se poderia falar com a dona da casa.
    Quem atendeu fui eu, e aquele dia entendi que ele pensou que eu era a doméstica por eu ser negra.
    É horrível.
    Mas não me abalo por isso.
    Um grande abraço.

    ResponderExcluir
  18. Totalmente apoiada, Vi!
    bjs e bom final de semana!

    ResponderExcluir
  19. Vi, o preconceito é geral , porque nós pessoas esquecemos de amar as diferenças. Virou essa confusão total. Ultimamente , já estou sofrendo o preconceito das rugas.
    Nem te digo o que eu ouvi recentemente. Só tenho a lamentar e pedir a Deus por essas pessoas que não tem coração. Dia delas chegará, com certeza.
    beijos
    Zizi

    ResponderExcluir
  20. vídeo e texto mais q perfeitos!

    Preconceito?? Tô fora!! afff


    saúde,paz boa sexta-feira

    Ro

    ResponderExcluir
  21. Oi, Vi!
    Lindo vídeo, fiz libras e tenho maior vontade voltar as aulas, gosto de conversar com meus amigos surdos, essa diversidade é que faz a diferença em nossas vidas, tenho um filho Síndrome de down/autista, e só o que eu gostaria que as pessoas respeitassem isso a diferença ela faz parte de todos nós, seja pela aparência física, já pensou todos iguais gêmeos com as mesmas medidas? Com roupas iguais, haaa não?! E as nossas arteirices? Sem a diversidade adeus ao artesanato as coisas belas da vida ser diferente é natural.
    Bjus
    Cris

    ResponderExcluir
  22. Coincidentemente hoje pude comprovar isso:comentei com uma amiga que precisava arrumar o cabelo para tirar uma foto e ela disse:
    -Faz uma escova caprichada,vai ficar ótimo!
    E eu :
    -Porque...você acha que é só cabelo liso que é bonito?
    Ela ficou tãããooo sem graça...

    Ninguém merece!
    Beijo!

    ResponderExcluir
  23. Sofro muito preconceito porque não gosto de ser "maria vai com as outras'.Gosto de ser eu mesma independente de estar ou não se usando.A minha casa, as minhas roupas e eu mesma, uso oque EU acho que esta bom.Adoro velharias, móveis antigos, costumes de ontem, lembranças de uma vida.Adorei suas idéias.LEGAL VI.bjos da ELO.

    ResponderExcluir
  24. Muito legal este post...viva a diversidade...preconceito zero.

    ResponderExcluir
  25. Aplausos!!!!E assino em baixo!!!
    Acho que uma das grandes dificuldades do ser humano é praticar aquilo que diz e defende.
    Infelizmente existe muita discriminação velada...

    Beijão Vi.

    ResponderExcluir
  26. De muita sensibilidade o vídeo, uma das frases que considero mais realizadoras na construção se um ser humano melhor é justamente a pergunta: Por quê?
    E sua postagem é bem pertinente nesses dias em que as pessoas querem mais ter e parecer do que realmente ser o que é. Além de imitar padrões do momento as pessoas estão cada vez mais tentando imitar a pesonalidade de outras que julgam ser mais interessantes que si mesmas.
    Penso que o segredo é encontrar o nosso porquê e se preocupar menos com o porquê dos outros, estes são só para respeitarmos.
    Vi, valeu pela visita ao meu blog, bjsss

    ResponderExcluir
  27. Guriazinha, adorei o teu post. É bem verdade tudo que tu escreveu, agora me diz uma coisa. Pq os "grandes" estilistas só fazem roupas pra mulheres pele e osso? Isso é puro preconceito.Como se todas as mulheres tivessem 1,90 cm e 54 kg! Fazendo as gurias deixerem de comer,muitas até comem mas vão correndo para o banheiro vomitar tudo!Ou quem disse que para ser um mulherão tem que ter um corpão maravilhoso tipo "Mulher Melancia"? Penso que o mundo esta perdido... O cárater,humildade,a honestidade,lealdade nada mais vale.O ser humano está perdendo tudo e pensa que está ganhando muito!

    Beijocas

    Raquel-Guaíba/RS
    raquelffazendoarte.blogspot.com

    ResponderExcluir
  28. Vi, eu poderia relacionar detalhes pífios sobre preconceitos relacionados a minha pessoa, estes ocorreram na fase adulta. Hoje, eu tenho pena destas pessoas, porque eles são pobres de espírito! E a inveja é realmente doentia.

    Porém, vejo minha filha sofrer bullying na escola, em parte pela timidez dela, pelo sofrimento que já passou tambem e que é responsavel por esta timidez, e por ter um pé diferente. Eu já disse a ela que é uma sorte ter um defeitinho no pé, que pode ser um dia consertado via cirurgia plastica, do que ter algo escondido que ninguem vê, como cancer ou cardiologico.

    Adorei e me emocionei com seu post.

    PARABENS! Disse tudo!

    Beijos

    ResponderExcluir
  29. COMO SEMPRE VI O MÁXIMO ESSE POST,AMEIII.
    É MUITO PREOCUPANTE ESSA INVERSÃO DE VALORES HOJE VOCÊ VALE PELO QUE VOCÊ É FISICAMENTE E ECONOMICAMENTE NÃO IMPORTANDO OS SEUS VALORES MORAIS,SE É INTEGRO,HONESTO ,NÃO SE TEM MAIS PALAVRAS .VEJO JOVENS PERDIDOS TENTANDO SE ENCAIXAR EM PADRÕES PRATICAMENTE IMPOSSÍVEIS ,MULHERES PLASTIFICADAS QUE NÃO ACEITAM A CHEGADA DA IDADE,MENINAS PROCURANDO UM CORPO PERFEITO CUSTE O QUE CUSTAR,TODAS QUERENDO TER O PEITO DE FULANA DE TAL, O NARIZ DE CICLANA,O CABELO DE BERTANO E POR AI VAI EU ACHO TRISTE VOCÊ PERDER TANTO TEMPO QUERENDO SE TRANSFORMAR EM OUTRA PESSOA.
    O MAIS DIFICIL DE TUDO ISSO É CRIAR OS FILHOS ,MAS EU PARTICULARMENTE NÃO ME CANSO DE TENTAR PASSAR PARA ELES QUE O MAIS IMPORTANTE É O QUE ESTÁ AQUI DENTRO,POIS O QUE ESTÁ POR FORA NÃO VAI DURAR É PASSAGEIRO E NÃO QUER DIZER NADA, ABSOLUTAMENTE NADA,NÃO IMPORTA COMO É O SEU CABELO,SEU NARIZ,SUA CASA,MAS SIM OS SEUS VALORES,O SEU CARÁTER ISSO NINGUÉM VAI TIRAR DE VOCÊ NUNCA.
    BEIJOS

    ResponderExcluir
  30. adorei o blog.

    Aguardo a sua visita, http://larissacanziani.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  31. Adorei seu texto e esplanação do assunto. Antes o que era chateação na escola hoje é bullyng.
    Muitas traumas de hoje é proveniente do passado por conta de preconceito. Tenho visto muita teoria, mas pouca ação... é muito triste ver o preconceito. Mas enfim, se cada um falar sobre o assunto e cada um que ler e espalhar a semente já faz diferença.
    Assim espero..

    bjs e ótimo fim de semana
    Paty

    ResponderExcluir
  32. Verdade verdadeira, Vi. Sabe aqueles ensinamentos que não são dados na escola e que são os que você vai se lembrar pra sempre, como escovar os dentes e amarrar os sapatos? Acho que com o preconceito é assim. As atitutes preconceituosas falam mais alto que as palavras; desse modo ele se perpetua :(

    ResponderExcluir
  33. Reflexão muito pé no chão, como sempre. O pior é quando esses conceitos e preconceitos dão um nó na cabeça no que se refere a autoestima. É um problema contínuo aqui em casa - a filha tá sempre achando que devia ter mais cabelo, mais peito, menos ombro, e assim vai... haja paciência e sabedoria pra acompanhar isso! Abs.

    ResponderExcluir
  34. Oi Vi, adorei o post de hoje. No mundo atual, tão cheio de modernidades e liberdade é com horror que vemos que nosso mundo ainda está cheio de preconceito e parece que aumenta cada vez mais. Hoje o jovem tem preconceito com tudo, até coisas antes considerada normal. Cadê a liberdade e a modernidade que tanto apregoam? Precisamos lutar muito antes que a coisa se torne sem controle. Bjus.

    ResponderExcluir
  35. Vi amiga querida e amada...
    Falou tudo que tenho pensado e repensado nesses dias...
    bjuuuuuuuus e ótima semana...

    ResponderExcluir
  36. Oi Vi, obrigada pela visia ao meu cantinho.
    Já faz um tempo que uso meu cabelo cacheado, e é realmente impressionante como as pessoas estranham que não aderi a moda do ¨liso¨....
    Não podemos nos deixar levar pelas aparências...
    Beijos!!
    Silvana

    ResponderExcluir

Se você soubesse o quanto nos deixa feliz com suas palavras ,falaria mooooito mais !!!

Se você deixou um comentário e nós ainda não respondemos, não fique chateado, ás vezes demora, mas a gente chega lá !!!
Bjus 1000.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Voltar ao topo