terça-feira, 17 de agosto de 2010

Jamie Olivier e eu !!! A Itália de Jamie...

Me diz se essa não é a melhor coisa para se fazer num dia frio como hoje ? Eu estou adorando esse livro, não sei se pela descendência, mas as fotos, a comida, (a que me acostumei a comer deste pequena... polenta, aff como eu gosto de polenta... com parmesão, nhan.... )  
Mas de todos os livros dele, esse está sendo o meu predileto... Já tem um tempo de lançado, mas ontem passando pela livraria, ele abriu aquele sorrisão prá mim e disse -"oh, baby me leva..."  e que surpresa de-li-ci-o-sa !!!
As receitas  deste livro são muito mais a minha cara, não que as do outro eu não goste...(té parece...)
Mas essas eu já tenho mais intimidade... 
Olha esse almocinho que ele preparou para uns colhedores de uvas (coisinha meiga...)
Até o padre entra na roda... O capítulo de saladas é um caso á parte. Até com esse frio elas ficam apetitosas...
Talvez o capitulo de carnes seja o mais complicado... nada que também seja um sacrilégio, afinal nós
 temos a mania de não querer ver, e assim achamos que as coisas não acontecem... eu não como quase nada de carne, não gosto... não sou vegetariana (poderia até ser).
Mas como ele mesmo diz no livro, ao invés de comermos carne com  procedência duvidosa sete dias por semana, que comamos duas ou três vezes, mas que saibamos de onde vem, como é produzido... mais cara sim, (por que os orgânicos são beeeem mais caros) mas sem aqueles quilos de hormônios e remédios que eles enfiam nos animais. Daí que, se a gente pensa no que estamos dando para nossa família comer, toda aquela parafernália industrializada, essa foto ai de cima não chega a nos constranger tanto... Desde sempre lembro de minha mãe fazendo nossos hambúrgueres, com carne que ela mesma moia (isso eu faço até hoje, não compro carne moída nem por decreto... ) meus tios no interior criavam animais para seu consumo e tal qual a menina da foto encaravam aquilo com naturalidade, afinal as pessoas tem que comer néam ?  
Sei que os vegetarianos e vegans vão odiar esse post, mas gente é a realidade... Seria bom não comer como canibais, talvez assim as criações seriam mais humanizadas, mas é esse o mundo que a gente vive.  E não tenho o menor poder de mudar qualquer coisa, então...
Daí que outro dia no super, naquela correria para fazer o almoço, passei nos supergelados e comprei aqueles steaks de frango... oh, oh... quando eu parti e vi aquela massa que só Deus sabe o que é, meu estômago disse :-"Pera ai !!! Isso não vai cair bem não..."  e não consegui comer e decidi, aqui em casa eles não entram mais...(até porque olha a incoerência: não compro carne moída, que ainda seria cozida, mas comprava steak que "já vem pronto" só para aquecer... heloooooo !!! )
Mas voltando ao assunto,as sobremesas não são aquelas coisas "liendas", são apetitosas e não vejo a hora do meu  limoeiro começar a dar...
Prá fazer esse "sorbet" (chique né bem ??)
Bom tenho moooitas receitinhas novas, será que farei ?? Isso é tema para o post "A saga da Pepa em regime, que não desiste de comprar livro de receita"( fazer o quê ? é mais forte que eu...)
Bjus1000 e agora vou me deitar com Jamie, quer dizer com o livro néam, que não tô podendo, rsrsrrsrsrs !!

6 comentários:

  1. Oi, Pepa!
    Que lindo este seu post! Seu talento com as palavras é algo que me encanta.
    Adorei a parte do seu texto sobre a carne. Sou gaúcha e aqui se come muita carne... Hoje estou comendo umas duas vezes por semana e isso já é motivo para comemorar. Ah, aqui em casa, não entram esses congelados! Mas, por outro lado, compro bastante presunto (que sabe lá quais os processos necessários para produzi-lo e quais os ingredientes!)... Enfim, assim como você fez, acho válido a gente sempre se questionar sobre essas nossas incoerências...
    Ah, quero aproveitar e fazer um pedido: você, que é uma moça "prendada", conhece alguma receita que leve germen de trigo? Tem que ser uma receita facílima, porque eu sou um zero à esquerda na cozinha...rsrs... Comprei o germen para fazer um bolo e não acertei a receita!... agora, estou com meio pacote à espera de uma comidinha legal.
    Beijosss,
    Vanessa

    ResponderExcluir
  2. Que legal o seu post!
    Vou procurar o livro para comprar! Como e complicado esse assunto de procedência dos alimentos! Adoro produtos orgânicos, tenho uma horta ( Abobrinha, tomate. cebolinha, beringela, brocolis, pimentao, couve bruxelas), quase nao compro verduras, mas a carne e mais dificil controlar a procedencia!
    Beijos
    Mirane

    ResponderExcluir
  3. Este livro é bom mesmo... qto ao capitulo das carnes... fazer o que né???? mesmo assim continuo carnívora...

    bjssss amiga

    ResponderExcluir
  4. Oi Pepa.
    Aprimorando os conhecimentos,hein ?? Desse jeito vai abrir um restaurante!!
    O que você falou da carne está certíssimo.Como pouco mais como...
    Queria ser "vegetinha",mais ainda não cheguei nessa fase,rs,rs...
    Um beijão.

    ResponderExcluir
  5. Oi, Pepa!
    Obrigada pela sua visita carinhosa.
    Oba! Vou aguardar a sua ajuda culinária.
    Beijos e um ótimo dia para você!
    Vanessa

    ResponderExcluir
  6. Quero esse livro logo, amo! Vou linkar teu post no meu, pois pode interessar meus leitores!

    Beijooooo

    ResponderExcluir

Se você soubesse o quanto nos deixa feliz com suas palavras ,falaria mooooito mais !!!

Se você deixou um comentário e nós ainda não respondemos, não fique chateado, ás vezes demora, mas a gente chega lá !!!
Bjus 1000.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Voltar ao topo