quinta-feira, 27 de julho de 2017

Coisas que você deve saber sobre gatos.

Oi Girls and boys, Vi, escrevendo..

Queridas e queridos sempre tivemos cães e gatos,  já tivemos tantos que não dá para contabilizar, não posso dizer que sou uma especialista em gatos, mas tenho algumas informações que pode ajudar.

Quando se tem animais de estimação, temos que saber que vamos ter que enfrentar momentos difíceis como doença, morte.

Já tive muitos gatos que desapareceram, outros que foram envenenados, e foi observando certos fatos que nos fizeram tomarmos certas precauções que proporcionaram que nossos gatos tivessem uma vida mais tranquila e mais longa.




Castrar gatos, é essencial para sobrevivência deles, um gato no cio tem menos possibilidade de continuar vivo, pode ser atropelado, envenenado, morrer de fome e etc.

Gatos machos, mesmo castrados ainda saem procurando o que não perderam, por isso é necessário telar janelas, portas para evitar os "passeios".

Se você mora em uma casa como eu e Pepa, isso é impossível, por isso só temos gatas (fêmeas), elas não saem procurando o que não perderam.

Existem certas raças de gatos mais propensas a certas doenças, por isso eu aconselho, antes de adotar, analise seu orçamento.



Quando adotamos a Tossa (siamesa) desconhecíamos que eles tem maior probabilidade de ter doenças no trato urinário, por isso precisam comer rações especiais (muito mais cara) e a Tossa já teve problemas, que tivemos que tratar com antibióticos, e remédios para tirar a dor.

Quando o animal começa envelhecer, começa ter problemas digestivos, dificuldade em defecar, gatos tomam pouca água , o que agrava o problema, além de dar laxantes como, óleo mineral, azeite de oliva, Lactulona , damos rações batidas com água misturado com peixe em lata.


Imagens: Pinterest

Dar remédios para gatos é a parte mais difícil, afinal quem não tem medo daquelas unhas e daqueles dentes?

Outro dia assisti um vídeo e uma moça ensinava um jeito mais fácil, tão fácil que não acreditei, mas como tinha que vermifugar meus gatos, fiz o teste, e me surpreendi, deu certo, dei os remédios sem esforço, sem arranhões  e mordidas.

Por isso estou indicando dois vídeo para vocês , tem vários vídeos no youtube, coloquei esses dois porque eles tem informações relevantes.



Esse outro vídeo é mais longo, mas ela explica sobre o peso dos bichanos.




Quando o remédio é liquido, prefiro dar na colher de chá, tem pessoas que acham mais fácil  usar seringa.

Se você tem gatos e sabe de alguma coisa interessante sobre eles, deixe nos comentários, talvez essa informação possa salvar a vida de algum bichano.


Vou me despedindo de vocês

Obrigada pelo carinho e Atenção ..

muitos beijos ..


Meu carinho para vocês:


Tchau,Vi

9 comentários:

  1. Oi meninas!!Bah Vi eu só tive gatos quando criança mas pretendo convencer a cachorrada lá de casa a ter gato novamente.Sei que os gatos são independentes mas o ideal é sempre te-los em casa/apto telados.Evita atropelamentos e brigas.Isso minhas amigas me falam direto.

    Beijão

    ResponderExcluir
  2. Pepa, que texto interessante sobre gatos e cuidados... Gosto deles e tive muitos... Depois, os anos passaram e ficamos com cachorras apenas. Hoje, todos se foram e só nós restamos( por enquanto,rs)

    Gostei também de como te inspiraste no blog! Valeu! bjs, chica

    ResponderExcluir
  3. Ué... volta e meia acontece isso. Estou comentando aqui e meu comentário some...
    Mas vamos de novo...
    Como eu ia dizendo (rererere), cheguei a ter quase trinta gatos de uma só vez e nunca aprendi a dar compridos para os bichanos.
    Assiti o vídeo da moça que ensina a técnica com os filhotes, junto com o Leonardo, e ele comentou que os filhotes dela eram todos Joãozinhos. Joãozinho é um dos nossos quatro gatos hoje, que é a vergonha da gatolândia, de tão meigo e dócil! O Leonardo vira ele de cabeça para baixo e ele adora! Nunca vi um gato gostar que mexam nele! É uma figura!
    Já a Silene Seagal... bem capaz que vai abrir a boquinha assim, tão fácil.
    Um truque que aprendi, e dá certo de vez em quando, é pegar o bichano pelo cangote, como ela pegou no vídeo, e pressioná-lo contra a parede. Assim, ele não mexe as patas mesmo.
    Adorei a postagem!
    Um feliz final de semana para vocês, meninas, cães, gatinhos...
    Bjinho!

    ResponderExcluir
  4. Eu reduzi o passeio dos meus gatinhos. Eles saem por 20 min e só...nem dá tempo de pensarem em ir pra rua. Quando acabam de cheirar todas as plantas já está na hora de entrar,rsrs. Se não for por bem jogo água,rsrs.
    Aqui são todos castrados pois ficam mais caseiros, não demarcam território e evita algumas doenças.
    Meu gato macho é novo e tem problemas de estômago, o resultado é uma ração carésima. Como vc disse são coisas pra se pensar antes de criar animais, pois todos dão algum tipo de trabalho e implicam em custo. No meu caso não tenho arrependimento...amoooo!!!
    Por fim a questão dos remédios (suspiro,rsrs)...aqui não rola essas técnicas para todos. No meu gato tenho que usar aquele vermífugo que aplica no dorso se não quiser parar na emergência :D Nem dá pra segurar pela nuca pois ele é grande e pesado...e morde que é uma beleza!! Mas vou continuar tentando...uma hora dá certo!!
    Ah, amei essa primeira figura, acho que vou fazer um quadrinho!!
    Beijão Vi.

    ResponderExcluir
  5. Oi Vi……lendo a sua publicação fiquei tristinha…..lembrei da minha Thifanny….minha gatinha persa.

    Ela viveu conosco 17 anos………

    Mas nada é para sempre…..nem nós somos…..

    A raça persa tbm tem tendência a ter problemas no trato urinário.

    Apesar da recordação tristonha……foi bom lembrar dela.

    Bjks

    Sonia

    ResponderExcluir
  6. Oi Vi, gostei muito do post apesar de não ter gatos, tenho parentes que têm muitos, vou compartilhar, muito útil!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Interessante , nunca fui de gatos, apenas cachorrinhos ( pequenos)

    Mas tenho uma cunhada que adora eles ..vou repassar! bjssss

    ResponderExcluir
  8. Oi Vi, bt!
    Eu já tive diversos gatinhos, agora não tenho mais. P/quem tem essas fofurinhas as dicas são perfeitas. Parabéns!
    Bjssss meninas e feliz semana p/vcs

    ResponderExcluir
  9. Girls, eu tenho 2 gatos sendo que o macho age feito um dog, anda atras de mim, age feito criança carente, sempre está choramingando, Ó vida. E... ele é o mala quando o assunto é dar remedios. Já a gata é uma santa. Embora ela seja uma cascavel, aceita banhos e remedios sem matar ninguem.

    Bjs

    ResponderExcluir

Se você soubesse o quanto nos deixa feliz com suas palavras ,falaria mooooito mais !!!

Se você deixou um comentário e nós ainda não respondemos, não fique chateado, ás vezes demora, mas a gente chega lá !!!
Bjus 1000.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Voltar ao topo